Matérias » Política

79 anos de mortes e tragédias: 5 curiosidades sobre a maldição dos Kennedy

Uma das famílias mais importantes da política estadunidense também é alvo de episódios macabros que vitimaram membros de todas as idades

Wallacy Ferrari Publicado em 06/09/2020, às 09h00

Parte da família Kennedy reunida em fotografia oficial
Parte da família Kennedy reunida em fotografia oficial - Getty Images

Ao lado dos Roosevelt, a família Kennedy é conhecida como uma das principais instituições políticas da história dos Estados Unidos. Com diplomatas, senadores, deputados e até mesmo um dos mais populares presidentes da história, os Kennedy são relacionados a uma série de tragédias familiares que intrigam até mesmo os próprios membros.

Conheça cinco curiosidades sobre a 'maldição' da família Kennedy.


1. Vítimas fatais

A maldição dos Kennedy já foi relacionada a morte de 12 membros da família, sendo 5 mulheres e 7 homens pelos mais variados motivos. O mais recorrente são quedas de aeronaves, em três casos, e overdose, que fez duas vítimas.

Além dos parentes, quatro pessoas que não pertenciam a família também foram acometidas; em 1955, os pais de Ethel Kennedy, Ann e George, morreram em um acidente durante um voo, e no acidente de John F. Kennedy, em 1999, que matou sua esposa e cunhada — presentes no avião junto ao filho do ex-presidente.


2. Incidentes trágicos

Além das mortes, diversos episódios macabros vitimaram a família política. Rosemary Kennedy foi a primeira vítima, em 1941, sendo submetida a uma lobotomia para tratar um déficit de aprendizagem. Joseph P. Kennedy II conseguiu deixar sua namorada tetraplégica após capotar seu jipe, em 1973. No mesmo ano, Edward M. Kennedy Jr. teve a perna amputada após um câncer ósseo. 


3. O osso duro de roer

Um dos membros da família chegou a ser relacionado a maldição, mas mostrou que seu santo é forte em duas ocasiões bizarras; o ex-senador Ted Kennedy sobreviveu a um acidente de avião em junho de 1964, matando o assessor e o piloto. Outro senador sobreviveu e conseguiu retirar Ted das ferragens. O político teve uma fratura nas costas, um pulmão perfurado, costelas quebradas e hemorragia interna, mas se recuperou em cinco meses.

Ted Kennedy em fotografia oficial durante seu último mandato / Crédito: Wikimedia Commons

 

Cinco anos depois, em julho de 1969, o senador perdeu o controle do carro que dirigia e atirou o carro para fora de uma ponte em Massachussetts. A passageira Mary Jo Kopechne não conseguiu sair do carro e foi ancorada até o fundo do mar, falecendo aos 28 anos por afogamento.

Ted conseguiu se salvar, e na semana seguinte, veio a desconfiança sobre a tal maldição. Apesar dos riscos, Ted morreu apenas em 2009, vítima de um câncer no cérebro, aos 77 anos de idade.


4. Pagando pelo pai

Se por um lado Ted conseguiu escapar dos acidentes da maldição, dois de seus três filhos foram acometidos no século 21; o primeiro foi Patrick J. Kennedy, em 2006, que bateu seu carro em uma barricada numa rodovia. O congressista perdeu o controle do automóvel após sofrer uma intoxicação com os remédios prescritos, sofrendo diversas lesões.

Em 2011 foi a vez de Kara Kennedy, a única filha mulher do senador. A produtora de televisão saía da academia após uma rotina de exercícios diários e sofreu uma parada cardíaca, morrendo aos 55 anos de idade.


5. Casos recentes

Os dois últimos casos relacionados a maldição também registram as mortes mais jovens; em agosto de 2019, Saoirse Roisin Kennedy Hill, neta de Robert F. Kennedy, faleceu vítima de uma overdose acidental de drogas, dentro do condomínio da família. A garota tinha apenas 22 anos de idade e, até então, era a mais jovem a figurar a lista de mortos.

Maeve Kennedy e Gideon Joseph Kennedy em fotografia pessoal / Crédito: Divulgação

 

O recorde foi batido em abril de 2020, quando Maeve Kennedy McKean, de 40 anos, foi encontrada morta junto ao filho Gideon, de apenas oito. A dupla desapareceu durante uma viagem de canoa e tiveram os corpos encontrados após quatro e seis dias de buscas, respectivamente, vítimas de um afogamento acidental.


++Saiba mais sobre os Kennedy através de grandes obras disponíveis na Amazon Brasil:

Os últimos dias de John F. Kennedy, por Martin Dugard- https://amzn.to/35dWDfo

John F. Kennedy, por Hourly History (2017) - https://amzn.to/2PAtBjx

Marilyn e JFK, por François Forestier (2009) - https://amzn.to/2Pc440T

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W