Matérias » Bizarro

A história por trás da cadeira amaldiçoada de Thomas Busby

No início do século 18, um assassino lançou uma maldição em seu objeto preferido; desde então mais de 60 pessoas que se sentaram na cadeira tiveram mortes misteriosas

Alana Sousa Publicado em 20/09/2020, às 12h00

Imagem meramente ilustrativa do filme Inovação do Mal (2013)
Imagem meramente ilustrativa do filme Inovação do Mal (2013) - Divulgação/Warner Bros. Pictures

Ao adentrar o Museu Thirsk, no Reino Unido, um objeto em particular atrai a atenção dos visitantes, uma cadeira antiga está pendurada no teto, ao invés de ficar no chão como qualquer outra peça em exposição. O motivo por trás disso é ainda mais bizarro do que se poderia imaginar: o objeto foi amaldiçoado por um assassino no início do século 18 e, supostamente, quem sentar nela está com a morte traçada.

Thomas Busby, o assassino

No condado inglês de North Yorkshire, vivia Thomas Busby. O homem se casou com a filha de Daniel Awety, Elizabeth, e juntos decidiram investir um negócio. Busby era o dono de uma pousada próximo a Danotty Hall, aonde o sogro havia comprado uma propriedade.

Ambicioso, Thomas não recusou o convite de Daniel de trabalharem como parceiros em atividades ilegais. Por um tempo, a cooperação entre eles estava funcionando. Até que o problema de Busby com o álcool começou a irritar o pai de sua esposa.

Os detalhes sobre a relação entre sogro e genro são nebulosos, tanto por ter acontecido há quatro séculos, quanto à falta de documentos sobre o caso. Tudo que se sabe é resultado da história oral, passada entre gerações através dos anos.

Crime e maldição

Em 1702 — o dia exato é desconhecido —, Thomas e Awety se envolveram em uma acalorada discussão, acredita-se que ela pode ter sido provocada tanto pelos trabalhos ilegais entre os dois, quando a insatisfação de Daniel com o casamento de Elizabeth com Busby.

Mais tarde naquele dia, Thomas retornou para sua pousada depois de um dia de bebedeira. Para sua surpresa, o sogro estava esperando por ele, sentado em sua cadeira favorita. Irritado e bêbado, ele ordenou que Daniel se retirasse.

Busby Stoop Inn / Crédito: wikimedia Commons

 

Horas mais tarde, Busby invadiu a propriedade em Danotty Hall e assassinou Awety com um martelo; em seguida, levou o corpo para uma floresta. Ao amanhecer, as autoridades começaram a procurar pelo homem, que havia sido reportado como desaparecido.

Rapidamente localizaram o cadáver e, com pouca investigação chegaram ao responsável pelo cruel homicídio. O criminoso foi capturado em sua pousada e acusado de assassinato. Ainda naquele ano foi julgado e condenado à forca.

No dia de sua execução, Thomas Busby fez um pedido: queria tomar uma bebida pela última vez, sentado em sua cadeira tão amada. Ao ser retirado pelos oficiais para ser dirigido ao local de enforcamento, o assassino teria amaldiçoado a cadeira, dizendo que para qualquer um que sentasse nela a morte viria brevemente.

A lenda possui uma variação, em outra versão é relatado que o pedido dele foi negado, e a caminho da forca ele gritou a maldição da cadeira. Fato é que mortes misteriosas aconteceram para aqueles que não seguiram a ordem do homicida.

A cadeira amaldiçoada

A reputação da cadeira amaldiçoada causou tanto medo quanto curiosidade nos moradores da região. A história oral conta que foram mais de 60 vítimas que sentaram no item e morreram repentinamente. Acredita-se que a primeira vítima tenha sido a de um limpador de chaminés, em 1894.

Em uma noite qualquer, o homem sentou-se na cadeira e bebeu na pousada — que teve seu nome trocado para Busby Stoop Inn. Do dia seguinte, foi encontrado morto, perto do local que Busby fora enforcado. A polícia pensou que era um caso de suicídio, mas o amigo, que acompanhava o trabalhador em sua última noite, admitiu que era o culpado pela morte.

A cadeira amaldiçoada / Crédito: Divulgação/Museu Thirsk

 

Durante a Segunda Guerra, o lugar se tornou popular entre os soldados, uma das brincadeiras entre eles era desafiar um ao outro a se sentar da cadeira maldita. Quem aceitava morria nas missões ou em acidente ainda mais macabros. Como foi o caso de dois aviadores que se sentaram no objeto, sobreviveram a guerra, mas morreram em uma batida de carro.

Séculos depois, já na década de 1970, outras pessoas vieram à óbito e a causa foi atribuída à maldição fatal. Vários motoristas perdiam a vida em rodovias, uma mulher foi diagnosticada com câncer e, o caso mais bizarro, foi de um homem que teve um ataque cardíaco ainda na Busby Stoop Inn, logo após se sentar na infame cadeira.

A série de mortes foi interrompida quando um novo dono da pousada decidiu doá-la para o Museu Thirsk, em 1978, onde permanece até os dias de hoje presa ao teto para que ninguém consiga alcança-la. A pousada fechou de vez no ano de 2012, e a maldição parece ter tido, finalmente, um fim.

O mistério, porém, continua: aquelas pessoas realmente foram acometidas por uma praga lançada pelo espírito de Busby ou apenas tiveram azar? Mais de 300 anos depois daquele brutal assassinato que deu origem a tudo, estamos mais longe que nunca de descobrir a verdade.


+Saiba mais sobre histórias sobrenaturais por meio das obras disponíveis na Amazon:

Invocadores do Mal, de Cheryl A. Wicks, de Ed e Lorraine Warren (2016) - https://amzn.to/2XhZ67l

Amityville, de Jan Anson (2016) - https://amzn.to/2Xpm64a

A Maldição da Casa Winchester (Filme-2018) - https://amzn.to/3e3FY32

Exorcismo: A história real que inspirou o clássico o exorcista, de Thomas B. Allen (2016) - https://amzn.to/39Sfazk

1977 - Enfield: Real e sobrenatural, de Guy Lyon Playfair (2017) - https://amzn.to/2V8MTPO

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W