Matérias » Catástrofes

A impossível jornada da família Belón durante o terceiro maior terremoto da História

Em 2004, a família estava de férias na Tailândia, quando foi surpreendida com uma catástrofe

Paola Churchill Publicado em 25/04/2020, às 09h00

Cena do filme O impossível (2012)
Cena do filme O impossível (2012) - Divulgação

Em 2004, os membros da família Belón chegou conclusão de que precisava de férias. Os dias eram tão cheios de compromissos que eles viviam no piloto automático em boa parte do tempo. A mãe, Maria Belón, encontrou uma solução: eles iriam até um lugar paradisíaco para relaxar e curtir o tempo em paz. Assim, o destino escolhido foi a Tailândia. Todavia, o que parecia o início de um sonho logo se tornou um enorme pesadelo.

Em 26 de dezembro, Maria dormia tranquilamente em uma rede da varanda, ao lado de seu filho mais velho, Lucas. Seu marido Enrique Alfonso e as outras crianças, Thomas e Simão brincavam na piscina do luxuoso resort bem a beira do mar. Parecia uma tarde tranquila.

O que eles não esperavam é que naquela tarde, aconteceria o terceiro maior terremoto submarino da história da humanidade. O desastre foi causado por conta de um convergência das placas tectônicas que desencadeou uma série de tsunamis pelos continentes banhados pelo Oceano Índico. O tsunami causou a morte de mais de 230 mil pessoas em 14 países diferentes e inundou cidades costeiras com ondas que chegavam até 30 metros de altura.  

Maria foi pega de surpresa, acordou sendo arrastada sozinha pelas violentas águas. Naquele momento, só pensava que iria morrer sem conseguir se despedir do seu marido e das crianças. A sua lógica fazia sentido: a fúria do mar separou os familiares durante dois longos dias.

Família Belón e o elenco do filme O impossível/Crédito: Divulgação/Wikimedia Commons

 

Após conseguir se agarrar a uma árvore, começou a chorar compulsivamente por não conseguir imaginar como estaria livre daquele pesadelo. Depois de horas, a médica avistou Lucas flutuando na água e não pensou duas vezes até resgatá-lo. Aquela foi a fagulha de esperança que ela tanto precisava.

Eles começaram a procurar um lugar alto para se protegerem, mas a mulher perdia muito sangue, e o filho teve que ajudar ela a caminhar. No meio do caminho, escutaram o choro de uma criança embaixo dos destroços. Eles logo foram ajudar o pequeno que estava sozinho e assustado. 

Lucas encontrou uma árvore para que eles pudessem escalar e ficarem seguros de possíveis novas ondas. Com muita dor, Maria, que mal conseguia andar, não conseguiu subir a árvore sozinha. Assim, seu filho teve que carregá-la até o topo. 

Foram horas de espera, até que os três foram resgatados por moradores de uma vila próxima que foram até a região para ver os estragos. Belón foi levada até o hospital, acompanhada das crianças.

O menininho resgatado, como tinha poucos ferimentos, ficou em outra parte do hospital e todos estavam esperançosos que ele encontrasse seus pais. Lucas continuou ao lado de sua mãe, que então internada, apresentava feridas por todo o corpo, especialmente um grande corte em sua perna. 

Apesar da situação delicada, pediu para Lucas, que não tinha nenhum ferimento, ajudar alguém que precisasse mais que ela naquele momento trágico. O garotinho então ajudou familiares perdidos das pessoas que pediam por ajuda, e conseguiu que um pai reencontrasse o filho.

No entanto, o filho mais velho da família Belón, apesar de saber que estava fazendo a coisa certa, não conseguia parar de pensar no destino dos seus outros parentes e odiava pensar na possibilidade de que eles tivessem sido levados pela enxurrada, sem chance de sobrevivência.

Todavia, o que ele não sabia é que Alfonso - e as duas outras crianças - estavam vivas, e também procuravam a mãe e o irmão. Eles passavam por todos os hospitais, centros de acolhimento e esperavam conseguir reencontrar toda a família. 

Após dois dias e meio de procura, Simon avistou o menino mais velho e correu ao seu encontro. Depois de uma série de abraços e lágrimas, Lucas os levou até a mãe, que não acreditava no milagre que acabara de acontecer: sua família estava reunida e bem.

Uma semana após o reencontro e com a melhora do estado de saúde de Maria, eles foram transferidos para um hospital em Cingapura antes de voltarem para casa. A família ainda promove palestras contando sobre a traumática experiência de como foi sobreviver a um tsunami. Ao mesmo tempo, também é reforçada a importância da família e da perseveranças durante os momentos mais difíceis.

Os estragos causados pelo Tsunami na Tailândia/Crédito: Wikimedia Commons 

 

A fascinante história dos Belón virou filme, em 2012. O aclamado longa O impossível (The Impossible) foi dirigido por Juan Antonio Bayona e rendeu uma indicação ao Oscar de melhor atriz para Naomi Watts. Essa foi uma maneira encontrada de homenagear as mais de 230 mil vítimas do desastre natural.

Após ter sobrevivo ao acidente, Maria vê a vida com outros olhos e passou a agradecer todos os dias por estar viva.

"O tsunami foi um presente incrível. Eu abraço a vida. Minha vida inteira é tempo extra. Não há diferença entre mim - uma espanhola chamada María que está viva - e milhares de mães que estão no fundo do mar. Não mereço estar viva, mas a vida não é justa", afirmou a mulher durante entrevista para a televisão. "Sinto dor e compaixão por tantos outros que não voltaram ou perderam aqueles que amam. Toda a minha história está no meu corpo. É maravilhoso porque significa que estou viva".


+Saiba mais sobre outros desastres naturais através das obras abaixo, disponíveis na Amazon

Riscos, desastres e eventos naturais perigosos - Volume 1, de Lazaro Zuquette (2017) - https://amzn.to/3cbY696

Riscos, desastres e eventos naturais perigosos - Volume 2, de Lazaro Zuquette (2018) - https://amzn.to/2yasDpa

Desastres Naturales, de Tony Medeiros (eBook) - https://amzn.to/2xosRIZ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W