Matérias » Arqueologia

A impressionante vila submersa de 3 mil anos encontrada em um lago da Suiça

Descobertos em abril de 2021, os restos do povoado pré-histórico provaram que o local era habitado muito antes do que se pensava anteriormente

Ingredi Brunato, sob supervisão de Alana Sousa Publicado em 07/05/2021, às 07h00

Arqueólogo investiga vila no fundo de lago suíço
Arqueólogo investiga vila no fundo de lago suíço - Divulgação/Unterwasserarchäologie UWAD Zürich - Canton Lucerne

No último mês de abril, uma descoberta impressionante foi feita na cidadezinha de Lucerna, localizada na Suíça. O simpático local europeu, que atrai turistas por conta de sua arquitetura medieval surpreendentemente preservada, tem diversas lacunas em sua trajetória histórica até se tornar o que é hoje. 

Embora a cidade em si tenha sido fundada há 800 anos, por exemplo, o que ocorreu, portanto, no século 13, contém diversas construções que são muito mais antigas, datando do século 10 ou até do 8, como é o caso da Igreja de São Leodegar. 

Nesse ano, uma dessas lacunas históricas foi finalmente preenchida quando foram encontradas evidências de um assentamento humano anterior à fundação de Lucerna na bacia do lago que banha o povoado. A informação foi divulgada por um porta-voz da equipe arqueológica de Lucerna através de um comunicado, e repercutida pelo site Ati. 

Fotografia de Lucerna nos dias atuais / Crédito: Wikimedia Commons 

 

Aldeia submersa 

Os vestígios de povos antigos foram avistados por arqueólogos mergulhadores que eram parte da equipe que estava construindo um oleoduto embaixo d’água. Eles descobriram a princípio diversas pilhas de madeira semi-afundadas na lama do fundo do lago, e após maiores escavações subaquáticas revelaram uma aldeia de casas de palafitas que existiu durante a Idade do Bronze, e ainda alguns fragmentos de cerâmica. 

Os especialistas esclareceram ainda que o vilarejo teria sido submerso pois antigamente (isto é, do século 15 para trás) o nível da água do lago era bem mais baixo. 

O aumento gradual foi causado por uma mistura de fatores naturais e interferências humanas, com a ocorrência de tempestades sendo um exemplo do primeiro caso, e a construção da barragem da usina hidrelétrica presente na cidade sueca sendo o exemplo mais evidente da segunda situação. 

“Essas novas descobertas na bacia do lago Lucerna confirmam que as pessoas se estabeleceram aqui há cerca de 3.000 anos. Assim, a cidade de Lucerna repentinamente se torna cerca de 2.000 anos mais velha do que foi comprovado anteriormente”, escreveu o porta-voz do grupo de arqueólogos. 

Madeira usada em casa de palafitas encontrada no lago / Crédito: Divulgação/Keystone - Urs Flueeler

 

Esse elo perdido da História da cidade ajuda a elucidar a grande pergunta de quando exatamente a região passou a ser habitada. Vale dizer que a exploração dessa aldeia perdida está apenas no início, de forma que podem ser feitas ainda outras descobertas instigantes no local à medida que a pesquisa continua. 

Sítios arqueológicos alagados 

Fotografia do lago de Lucerna / Crédito: Wikimedia Commons

 

Uma coincidência encantadora é que em 2021 a UNESCO está comemorando dez anos desde que classificou 111 lugares onde existem construções pré-históricas nas margens de lagos em Patrimônios Mundiais. 56 desses, inclusive, estão localizados na própria Suíça. 

Assim, a descoberta de um outro assentamento antigo em uma zona alagada é sintonizada com a exaltação desses sítios arqueológicos, que costumam ser “excepcionalmente bem preservados e culturalmente ricos”, segundo afirma a própria UNESCO em seu site, aspecto esse que confere a esses locais históricos um grande potencial de estudo das sociedades que viveram neles. 


+Saiba mais sobre arqueologia por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Arqueologia, de Pedro Paulo Funari (2003) - https://amzn.to/36N44tI

Uma breve história da arqueologia, de Brian Fagan (2019) - https://amzn.to/2GHGaWg

Descobrindo a arqueologia: o que os mortos podem nos contar sobre a vida?, de Alecsandra Fernandes (2014) - https://amzn.to/36QkWjD

Manual de Arqueologia Pré-histórica, de Nuno Ferreira Bicho (2011) - https://amzn.to/2S58oPL

História do Pensamento Arqueológico, de Bruce G. Trigger (2011) - https://amzn.to/34tKEeb

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp