Matérias » Curiosidades

A peculiar cidade galesa que carrega um nome com 58 letras e intriga turistas

cidade galesa tem um dos nomes mais longos de todo o mundo

Fabio Previdelli Publicado em 15/05/2022, às 00h00

Placa com o nome completo de Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch
Placa com o nome completo de Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch - Getty Images

O Reino Unido está cheio de lugares peculiares e que atraem diversos turistas anualmente, como os tradicionais Palácio de Buckingham e o Castelo de Windsor, ou até mesmo os que envolvem um certo ar de mistério, como Stonehenge ou o Lago Ness

Mas nenhum deles é tão peculiar quanto a cidade galesa Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch. Uma piada local, inclusive, diz que o nome da cidade é tão grande que uma passagem de trem para lá chega a ser tão larga que não passa nem da porta do vagão. Enfim…

Conheça Llanfairpwllgwyngyll

Situada na ilha de Anglesey, no noroeste do País de Gales, um censo de 2011 mostra que sua população é composta por 3.107 habitantes, sendo que 71% sabem falar galês.  Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch, inclusive, tem origem galesa — sendo que o alfabeto galês torna as junções ‘ll’ e ‘ch’ como letras únicas; o que fariam seu nome ser composto por 51 letras. Ou 58 em inglês. 

A cidade de Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch /Crédito: Robin Drayton via Wikimedia Commons

Isso a coloca como a segunda cidade no mundo no que diz respeito ao tamanho do nome em uma única palavra, perdendo só para a colina neo-zelandesa que tem o nome maori de ‘taumatawhakatangihangakoauauotamateaturipukakapikimaungahoronukupokaiwhenuakitanatahu’.

A grande pergunta que vem à mente com tudo isso é o significado do nome. Em inglês, seria algo como “St Mary's church in the hollow of the white hazel near a rapid whirlpool and the church of St Tysilio of the red cave” (ou, ‘Igreja de Santa Maria no vale da avelaneira branca próximo a um redemoinho rápido e da Igreja de São Tisílio da gruta vermelha’, em tradução livre).

Nos sinais das estradas, porém, a localidade apresenta o nome de Llanfairpwllgwyngyll. Já nos mapas ela é identificada como Llanfair Pwllgwyngyll e seus habitantes tratam-na por Llanfairpwll ou apenas Llanfair.

Mas o clube de futebol local não optou pela facilidade e escolheu a alcunha de Clwb Pêl Droed Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch Football Club.

A origem do nome

Conhecendo um pouco mais sobre a cidade de nome interminável, você deve estar se perguntando de onde ele surgiu. Segundo o History Extra, site oficial da BBC History Magazine e BBC History Revealed, a alcunha vem de meados de 1860. 

À época, novas ferrovias estavam sendo instaladas por todo o país, principalmente nas cidades costeiras, para visitantes. Paralelo a isso era muito comum as chamadas Great British Seaside — o grande feriado britânico à beira-mar que atingiu seu auge nos anos do pós-guerra.

Ferrovia de Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch /Crédito: Getty Images

Assim, era natural que as cidades fizessem qualquer coisa para atrair visitantes. O History Extra diz que o nome longo foi um golpe publicitário para fazer o lugar se destacar — sendo que até hoje os visitantes têm suas fotos tiradas ao lado da placa da estação, que possui o nome todo da cidade

Apesar disso, não há certeza sobre quem cunhou o nome. Alguns especulam que trata-se de um sapateiro que morava nas proximidades ou, como afirmou o poeta e estudioso galês Sir John Morris Jones, um alfaiate local. Já a noção popular aponta para o excêntrico John Evans, um morador local. Mas isso parece mais implausível. 

Por fim, quem inventou o nome acabou criando uma ferramenta de marketing altamente eficaz. Embora não seja o lugar com o nome mais longo do mundo, site da cidade foi considerado pelo Guinness Book como o maior domínio já existente: www.llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch.co.uk

O turismo

Embora seu nome seja a coisa que mais chame a atenção por lá, a cidade também é conhecida por ‘abrigar’ a atividade humana desde a era neolítica (4000-2000 aC), com a agricultura de subsistência e a pesca sendo as ocupações mais comuns durante grande parte de sua história inicial.

Igreja de St. Mary em Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch/ Crédito: Necrothesp via Wikimedia Commons

Hoje, a atração mais popular é a estação ferroviária de Llanfairpwll que apresenta a placa com o nome completo da vila. Outros locais de interesse incluem o aquário e centro independente de pesquisa marinha de Anglesey Sea Zoo, o sítio pré-histórico de Bryn Celli Ddu, as Igrejas medievais de St Tysilio, Menai Bridge  e St. Mary; e os jardins de Plas Cadnant Hidden Gardens.