Matérias » Personagem

Aborto, vingança e execução brutal: o triângulo amoroso de Pablo Escobar que acabou em tragédia

Quando o próprio capanga se envolveu com uma ex-amante, Escobar não pensou duas vezes

Caio Tortamano Publicado em 11/06/2020, às 19h33

Pablo Escobar em mugshot
Pablo Escobar em mugshot - Wikimedia Commons

Wendy Chavarriaga Gil era uma modelo de 32 anos de uma beleza exuberante, com certeza uma das mais charmosas e apaixonantes pessoas da Colômbia. Uma bela mulher como essa não passaria despercebida pelo homem mais poderoso do país durante a década de 1980, Pablo Emilio Escobar Gaviria.

Escobar, mesmo casado, não recusou a oportunidade de se relacionar com a modelo, uma mulher intensa, encantadora, mas que — na visão do traficante — cometeu um grande erro: engravidou de El Patrón. Em uma visão insólita, o matrimônio do narcotraficante era sagrado para ele. Embora colecionado amantes ao longo do tempo, não poderia conceber uma criança fora do casamento.

De acordo com o jornal El Clarín, ao saber da novidade, Escobar tentou convencer a amante a realizar um aborto, tudo custeado pela fortuna bilionária, é claro. Porém, Wendy se recusou a ceder a pressão do mais perigoso homem da América Latina.

Como era de se imaginar, o resultado foi o pior possível para a mulher: os capangas de Pablo foram ordenados a realizar um aborto à força na mulher. Em uma cena de horror, a mulher foi operada por médicos profissionais contra a sua própria vontade.

Wendy não esqueceu o episódio. Com o tempo que passou com o criminoso sabia de grande parte de seus contatos e algumas operações. Esse foi um dos maiores problemas do império do traficante: o poder e o dinheiro davam quase total imunidade para passar impune da maioria dos problemas, o que resultava em alguns deslizes.

Decidida a se vingar, Wendy virou informante da polícia. Mas iria muito além. Cooperando com os policiais, a jovem também seduziu John Jairo Velásquez Vásquez, o Popeye, que era um dos maiores capangas de Escobar, que faleceu após uma luta contra o câncer no ano passado. 

Isca fácil

Com a queda do império do cartel de Medellín, John foi um dos únicos ajudantes de El Patrón que escaparam com vida. O homem executou, confessadamente, cerca de 300 pessoas a mando do cartel, e participou de episódios que resultaram na morte de outras 3 mil.

Por mais perigoso que tenha sido, sua crueldade não impediu a sede de vingança Wendy. Enquanto estava num bar sofisticado da Colômbia, o capanga conheceu a bela mulher e logo ficou encantado, assim como seu antigo patrão.

Wendy e Popeye, um romance interrompido / Crédito: Divulgação

 

Segundo o capaganga numa entrevista de 2015, os dois engataram em um relacionamento que, como era de se esperar, teria tido uma intercessão de Pablo Escobar. Na época, Popeye não fazia ideia de que os dois teriam sido amantes em outra época.

Ao suspeitar das intenções da ex-amante, permitiu que Wendy e o capanga continuassem se vendo, no entanto, grampeou o telefone da moça e descobriu que ela tinha contato com agentes do exército, da polícia, da CIA e até mesmo do DEA.

A tragédia

Quando as gravações foram reveladas para John, ele sabia que não haveria alternativa: teria que matar a própria namorada. Sem nem pensar duas vezes, Velásquez chamou Chavarriaga para um almoço, ao que ela prontamente aceitou.

O restaurante em questão tinha sido amplamente estudado pelo assassino. Ele conhecia os locais que poderiam possibilitar uma fuga e, principalmente, por onde ele mesmo escaparia depois de terminada a execução. Porém, por mais sangrenta que fosse sua saga, ele não conseguiria matar a mulher com as próprias mãos e logo pediu para que outros três capangas cuidassem da jovem.

Wendy chegou no horário estipulado ao restaurante, mas nada de Popeye. De repente, o telefone do restaurante tocou e o garçom avisou que a ligação era para a senhorita Chavarriaga, não deu nem tempo de falar com o namorado — que estava do outro lado da linha.

Três homens armados de pistolas e revólveres começaram os disparos, e somente pararam quando a mulher estava completamente imóvel, deitada sob uma poça de seu próprio sangue. Por ordem de Escobar, era dado fim da aventura entre John e Wendy.


+Saiba mais sobre Pablo Escobar por meio de grandes obras abaixo disponíveis na Amazon:

Sra. Escobar: Minha vida com Pablo, Victoria Eugenia Henao (2019) - https://amzn.to/3dlc75A

Amando Pablo, odiando Escobar, de Virginia Vallejo (2017) - https://amzn.to/37VEWlK

Minha Vida com Pablo Escobar, Jhon Jairo Velásquez e Maritza Neila Wills Fontecha (2017) - https://amzn.to/2tgBgvK

Pablo Escobar: meu pai, Juan Pablo Escobar (2015) - https://amzn.to/2QeEaKk

Pablo Escobar: O Narcotraficante: A história por trás do homem que matou mais de 5 mil pessoas (Mentes Criminosas Livro 1) - https://amzn.to/36bejsA

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W