Matérias » Europa

Acrobata seria uma das filhas 'secretas' de Putin

O presidente da Rússia nunca revelou a verdadeira identidade de suas filhas

Paola Orlovas, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 05/03/2022, às 09h00

Putin com sua ex-eposa e filhas em 2002
Putin com sua ex-eposa e filhas em 2002 - kremlin.ru

Vladimir Putin, que hoje atua como presidente da Rússia, também é um antigo agente da KGB, uma organização de serviços secretos que pertencia à União Soviética. Como um antigo agente secreto, Putin tenta deixar sua vida privada o mais longe possível da atenção do público, e esse esforço também se estende quanto à verdadeira identidade de suas filhas, Maria e Katerina.

Muito já se especulou sobre a vida e identidade de uma delas, Katerina, a sua filha mais nova, tanto dentro quanto fora da Rússia. A teoria mais famosa até então é que a caçula do presidente russo seria, na verdade, Katerina Tikhonova, uma dançarina de rock acrobático russa, mas, sua identidade nunca foi confirmada pelo Kremlin ou por seus representantes.

Vladimir Putin /Crédito: Getty Images

Para dificultar a busca por suas filhas e quem elas poderiam ser, Vladimir Putin nunca divulgou seus sobrenomes, e também não deixou com que seus rostos fossem divulgados formalmente, evitando tirar fotos onde eles aparecessem. Mas, o esforço pode não ter adiantado tanto, já que, de tempos em tempos, especulações são levantadas sobre a identidade de Katerina. As informações são do portal de notícias O Globo, em reportagem de 2017.

Durante o ano de 2015, o então vice-presidente do conselho de administração do credor russo Gazprombank, Andrey Akimov, disse, por meio de um comunicado para a Reuters, que Katerina Tikhonova era, de fato, uma das filhas de Putin. Outras duas fontes, que pediram anonimato, também confirmaram a identidade da caçula na época.

Pressionada

Ainda no mesmo ano, a própria Gazprombank acabou sendo pressionada pelo governo russo para dizer que Andrey Akimov, na verdade, estava "surpreso e confuso" com a afirmação que lhe foi atribuída, e então, o próprio empresário negou a possibilidade de ter falado sobre o assunto com a agência.

Katerina Tikhonova, a dançarina de rock acrobático russa, usa um sobrenome que teria herdado de sua avó, e, hoje, com 35 anos de idade, é conhecida como uma das principais figuras do rock acrobático, onde já competiu bastante, e agora, executa projetos financiados publicamente na Universidade Estadual de Moscou, ajudando a gerenciar a organização deles. 

A modalidade de dança praticada por Tikhonova, apesar de famosa dentro do leste da Europa, continua sendo pouco conhecida pelo público.

Katerina Tikhonova foi casada, até o ano de 2018, com Kirill Shamalov, filho de Nikolay Shamalov, um amigo próximo de Vladimir Putin, que acabou fazendo uma fortuna grande, de ao menos, 1 bilhão de dólares, negociando dentro de uma das maiores empresas de petroquímica da Rússia. 

Em dezembro de 2016, buscando mais a fundo sobre a ligação entre o financiamento de esportes e o governo russo, a Reuters reportou que Moscou estava erguendo um complexo de 30 bilhões de dólares utilizando dinheiro público.

A estrutura abrigaria competições de rock acrobático, e recebeu um investimento maior do que outros esportes recebem dentro do país e até mesmo no mundo.