Matérias » Personagem

Amor até a morte: a carta que a princesa Diana deixou para Harry e William

Anos depois do óbito da Princesa do Povo, Paul Burrell, ex-mordomo revelou as emocionantes palavras que Lady Di escreveu para seus dois filhos

Giovanna Gomes Publicado em 21/11/2020, às 13h00 - Atualizado em 07/05/2021, às 22h29

Princesa Diana com seus filhos, Harry e William
Princesa Diana com seus filhos, Harry e William - Getty Images

No início de 2020, o ex-mordomo da princesa Diana, Paul Burrell, publicou em sua conta no Instagram uma carta que ela escreveu dirigindo-se aos filhos. A carta escrita nos anos 90 foi entregue a Burrell à época e somente veio a público em janeiro.

"Quando Harry, Meghan e Archie embarcam em uma nova vida, lembrei-me de algumas palavras comoventes que a princesa Diana me escreveu há muitos anos", disse Burrell no início do post.

A decisão do príncipe

O ex-mordomo se referia à decisão do príncipe e sua esposa de se mudarem com Archie, o mais novo membro da família, para a América do Norte.

Desde que Harry e Meghan se casaram, em maio de 2018, muitas foram as críticas sofridas pelo casal. No dia 8 de janeiro, quase dois anos após a cerimônia, o casal anunciou, por meio de uma conta no Instagram, que ambos iriam deixar o Reino Unido.

Harry e Meghan em entrevista com Oprah / Crédito: Divulgação/NBC News

 

A morte de Diana

William e Harry perderam a mãe em agosto de 1997, quando tinham 15 e 12 anos, respectivamente. A princesa e o namorado Dodi Al-Fayed estavam sendo perseguidos por paparazzis franceses que, incansavelmente, tentavam tirar fotos do casal. Com a confusão, o motorista de Diana, Henri, acabou batendo o carro no pilar do túnel da Ponte de l’Alma, de modo que os dois homens morreram na hora.

A princesa foi levada às pressas para o hospital, mas também acabou por falecer durante a madrugada. Ela tinha apenas 36 anos.

Quando souberam da morte da mãe, os dois príncipes ficaram extremamente abalados. "É como um terremoto que acabou de atravessar a casa e a sua vida e tudo mais. Sua mente está completamente dividida”, disse William na época.

No entanto, ambos reprimiram as lembranças da mãe por muitos anos como uma forma de não ter que lidar com a dor da perda. Hoje, mais de 20 anos depois, eles não mais têm problemas com as memórias e constantemente falam sobre a princesa em entrevistas. 

"A primeira vez que chorei foi no funeral da ilha ... e só desde então, talvez uma vez", declarou Harry em uma entrevista. "Então, você sabe, ainda há muita dor que ainda precisa ser deixada sair.”

A carta

A carta que Diana escreveu emociona pelas belas palavras direcionadas aos príncipes. “Amo meus filhos até a morte e espero que as sementes que plantei cresçam e tragam a força, o conhecimento e a estabilidade necessários", diz a princesa no trecho publicado. 

Diana com Charles e os filhos/ Crédito: Getty Images

 

"São as palavras de amor incondicional de uma mãe que são tão apropriadas hoje quanto eram quando ela as escreveu há mais de 24 anos", declarou o ex-mordomo, o qual também publicou um retrato em preto e branco de Diana com os filhos.


+Saiba mais sobre a família real britânica por meio das obras disponíveis na Amazon:

Diana. O Último Amor de Uma Princesa, de Kate Snell (2013) - https://amzn.to/2TgHgPO

The Queen: The Life and Times of Elizabeth II (Edição Inglês), de Catherine Ryan (2018) - https://amzn.to/2RhgNA7

God save the queen - O imaginário da realeza britânica na mídia, de Almeida Vieira e Silva Renato (2015) - https://amzn.to/2xTkiGd

Diana. O Último Amor de Uma Princesa, de Kate Snell (2013) - https://amzn.to/2TgHgPO

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7