Matérias » Segunda Guerra

Amor em meio ao caos: as misteriosas cartas da Segunda Guerra

Em uma loja dos Estados Unidos, duas mulheres encontraram em 2019 correspondências valiosas datadas entre 1944 a 1946 — e resolveram investigar

Alana Sousa Publicado em 10/02/2021, às 10h00

O casal que protagonizou a história de amor por meio de cartas durante a Segunda Guerra
O casal que protagonizou a história de amor por meio de cartas durante a Segunda Guerra - Divulgação

Detalhes quase esquecidos da Segunda Guerra ainda hoje estão sendo encontrados e desvendados. Desde os mais perigosos, como as bombas perdidas, até as evidências arqueológicas, o conflito mundial deixou marcas que vão muito além de todo o terror e vidas perdidas.

Um dos aspectos mais intrigantes são as cartas escritas durante um dos períodos mais difíceis da humanidade. Casais homossexuais que escondiam seu amor e só se comunicavam entre pequenos textos e, até mesmo, pares românticos que estavam separados por conta das batalhas.

Assim foi o caso de Elias Maxwell e Ilaine Murray. Vivendo uma relação à distância, enquanto o soldado estava no Japão, sua amada o esperava nos Estados Unidos, mais precisamente em Blackwood, Nova Jersey. Foi lá que a saga romântica foi descoberta por duas mulheres em 2019, anos depois do fim do conflito.

As cartas misteriosas

Voltando de uma viagem comum, as amigas Megan Grant e Lindsy Wolke fizeram uma parada com o intuito de visitar uma loja de relíquias no Tennessee, chamada Smoky Mountain Knife Works.

As cartas encontras em uma loja de relíquias / Crédito: Divulgação/Lindsy Wolke

 

No local, a dupla localizou uma coleção de cartas, datadas entre 1944 a 1946, contemplando os últimos momentos da Segunda Guerra. Impressionadas com o conteúdo rico dos textos, elas chamaram um funcionário do estabelecimento, que se mostrou emocionado com as declarações.

Pensando em investigar mais a fundo aquela história de amor em pleno caos mundial, as mulheres compraram o conjunto que contava com 21 cartas. “Ficamos sentados lá pelo que pareceu uma eternidade. [...] Mas não conseguimos lê-los rápido o suficiente”, afirmou Megan em entrevista ao The Washington Post, no mesmo ano.

Analisando as cartas, Wolke e Grant coletaram informações essenciais para compreender a realidade do casal. Com apenas 18 anos, os textos abordam momentos em que Maxwell serviu no exército em lugares como Havaí e Japão. Por outro lado, Murray, de 19 anos, torcia para que o amado retornasse para casa são e salvo.

Em uma das escritas, Elias redigiu: “Agora são 18h50. Estou há exatamente 30 minutos escrevendo esta carta”. E continuou, “Bem, querida, acho que vou encerrar por agora, este é o seu namorado da marinha dizendo: Até logo e Deus abençoe. Para sempre teu. OS. Por favor, pense em mim enquanto eu estiver fora”.

Ao que Ilaine respondeu: “Oi, querido. Como você está? Recebi duas cartas hoje de você, querido, e você pode imaginar como me sinto bem”. As americanas contaram que ler as cartas era como ler um livro, repleto de afeto, saudade e amor.

As amigas Megan Grant e Lindsy Wolke / Crédito: Divulgação

 

No entanto, diferentemente de uma obra literária, as correspondências não mostravam qual havia sido o destino do casal apaixonado. Lindsy e Megan não conseguiam parar de pensar naquela história de amor e guerra. E se eles não tivessem terminado juntos? Teria Elias voltado vivo da guerra?

Amor, guerra e cartas apaixonadas

Com as redes sociais, encontrar uma pessoa se tornou uma tarefa bem mais fácil nos dias atuais. Com uma pesquisa breve, as amigas localizaram dois filhos de Murray e Maxwell. Afinal, eles haviam se casado e formado uma família com quatro filhos.

Embora as mulheres tenham tentando entrar em contato com os parentes do casal, nenhuma resposta foi obtida. A única coisa que se sabia era que tanto Elias quanto Ilaine já haviam falecido há anos.

Megan resolveu investir mais ainda em seu objetivo e postou em um grupo do Facebook uma foto das cartas encontradas por acaso. A publicação recebeu milhares de comentários e, finalmente, chamou atenção de um dos filhos do antigo casal.

Uma das cartas encontras em uma loja de relíquias / Crédito: Divulgação/Lindsy Wolke

 

Aos 65 anos, Barbara Murray se emocionou ao ver a letra da mãe em uma carta que estava na posse de uma pessoa desconhecida. Em uma ligação que durou quase duas horas, a mulher contou que os pais de casaram em 1948, mas Elias veio a óbito em 1993.

Com uma vida pós-guerra tranquila, o casal trabalhou em uma fábrica de meias, até que Maxwell virou maquinista e Murray foi contratada por uma fabrica de roupas. “Foi como um vínculo instantâneo”, confessou Barbara sobre a chamada de voz.

Os filhos de Ilaine não faziam ideia das cartas perdidas, Megan e Lindsy, então, decidiram levar pessoalmente a coleção para a família. O encontro foi repleto de momentos inesquecíveis, com as amigas conhecendo os lugares mais importantes para a família. “Estar na casa que eles construíram e criaram uma família foi simplesmente incrível”, disse Wolke.

Por fim, a história se encerrou, começando em uma loja comum e chegando ao palco dos protagonistas dessa intensa saga. Com uma forte sensação de nostalgia, Grant mal podia acreditar no que estava vivendo: “Sentimos que conhecíamos Ilaine e Elias, mesmo antes de eles terem filhos ou se casarem. Sentimos que deveríamos estar lá”.


+Saiba mais sobre a Segunda Guerra em grandes obras disponíveis na Amazon:

Box Memórias da Segunda Guerra Mundial, de Winston Churchill (2019) - https://amzn.to/2JWtKex

A Segunda Guerra Mundial, de Antony Beevor (2015) - https://amzn.to/2Rr2xFa

A Segunda Guerra Mundial: Os 2.174 dias que mudaram o mundo, de Martin Gilbert (2014) - https://amzn.to/34DnO3T

Os mitos da Segunda Guerra Mundial, de Vários Autores (2020) - https://amzn.to/2VdiMXa

Continente selvagem: O caos na Europa depois da Segunda Guerra Mundial, de Keith Lowe (2017) - https://amzn.to/2RqF32D

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W