Matérias » Brasil

Apartamento de Dilma Rousseff no Leblon é alvo de arrombamento

O imóvel pertence a ex-presidente desde o falecimento de sua mãe, em 2019

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 31/08/2021, às 11h58

Dilma em evento oficial em 2012
Dilma em evento oficial em 2012 - Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

O apartamento da ex-presidenteDilma Rousseffem Ipanema, no Rio de Janeiro, teria sido arrombado e vasculhado durante o último sábado, 28, após a denúncia de vizinhos ao notarem que a porta da residência apresentava evidências de abertura forçada, como informou a CNN Brasil.

Apesar de não residir integralmente no local, o apartamento abrigou a mãe da política, Dilma Jane, durante décadas. Após a morte da antecessora aos 95 anos, em julho de 2019, o imóvel permanece como uma residência provisória da petista durante seus compromissos no estado. No momento da invasão, não havia ninguém no local.

Apesar de antigo, o imóvel de três dormitórios tem a supervisão de um porteiro durante 24 horas diariamente e fica localizado a 200 metros da praia, que conta com circulação de policiais. As circunstâncias estão sendo apuradas pelo Departamento-Geral de Polícia Civil da Capital, como informou o diretor Antenor Martins.

Por parte da ex-presidente, um advogado registrou uma notícia-crime no 14ª Distrito Policial, no Leblon, de furto, sem manifestar publicamente se algum item teria sido levado por invasores até o momento desta publicação.