Matérias » Personagem

Aposentado aos 14 anos: Macaulay Culkin, um dos atores mirins mais famosos de Hollywood

Após o sucesso de Esqueceram de Mim, o astro, que teve uma infância turbulenta, voltou aos holofotes diante do seu vício em álcool e drogas

Daniela Bazi Publicado em 12/10/2020, às 08h00

Macaulay Culkin para o filme Esqueceram de Mim (1990)
Macaulay Culkin para o filme Esqueceram de Mim (1990) - Divulgação/FOX

Nos anos 90, o ator mirim Macaulay Culkin era uma das crianças mais famosas e ricas de todo o mundo. Em um período de cinco anos, o protagonista de Esqueceram de Mim conseguiu acumular um valor que equivale a 200 milhões de reais apenas com sua sequência de sucessos nos cinemas, conseguindo se aposentar com apenas 14 anos.

No entanto, com o passar dos anos, a doce imagem do inocente garoto loiro de Hollywood foi perdida para o jovem-adulto dos anos 2000 dependente de álcool e drogas que frequentemente encarava problemas com a polícia.

Apesar das recentes controvérsias, o astro parece estar disposto a voltar as suas origens, estando entre um dos possíveis nomes para o remake do filme no qual lhe deixou famoso, que será produzido pela plataforma de streaming Disney+.

O início

Culkin nasceu em 26 de agosto de 1980, sendo terceiro mais velho de sete filhos frutos do relacionamento entre ex-ator da Broadway Christopher Cornelius "Kit" Culkin com uma mulher chamada Patricia Brentrup, onde todas as crianças dividiam o mesmo quarto na casa em que moravam em Nova York.

Por causa de seu pai, Macaulay e seus irmãos sempre tiveram contato com o teatro e faziam audições para peças locais frequentemente, na maioria das vezes sendo acompanhados pelo progenitor. No entanto, o futuro astro foi o único a conseguir sucesso em seus testes.

Seu primeiro trabalho foi com apenas quatro anos, numa produção chamada Bach Babies. Em 1985 fez sua estreia nos filmes, com uma pequena participação no longa de TV The Midnight Hour. Ao longo dos anos 80, fez pequenos trabalhos tanto na televisão, quanto no cinema, até conseguir o papel que mudaria completamente o rumo de sua vida.

Esqueceram de Mim

Em 1990, Culkin estreou no filme de natal Esqueceram de Mim, com a direção de Chris Columbus, recebendo 1,1 milhão de dólares para dar vida a Kevin McCallister, segundo o El País.

O longa se tornou o terceiro com a maior bilheteria da época, e levou o pequeno garoto para o tapete vermelho de algumas das mais importantes premiações do entretenimento, como o Globo de Ouro e o Young Artist Award, rendendo também uma sequência com o ator em 1992.

Macauley Culkin e Jim no Baile do Governador, após o Emmy Awards de 1991 / Crédito: Wikimedia Commons

 

Com o sucesso de Macaulay, seu pai abandonou o trabalho na igreja católica que a família costumava frequentar e se tornou empresário do próprio filho, conseguindo entrar para a lista da revista Premiere das 50 pessoas mais poderosas de Hollywood, em 1993.

Kit era um homem bastante frio quando se tratava de negócios, e não tinha medo de ameaçar diretores e estúdios para conseguir grandes papeis para Culkin e seus outros filhos. Em casa, costumava obrigar o garoto a dormir no sofá da mansão, como uma forma de evitar que a fama lhe desvirtuasse, era viciado em álcool, além de trair e agredir Patricia com frequência.

Em 1994, Macaulay estrelou seu último filme, Riquinho, antes de decidir se aposentar com apenas 14 anos. Na mesma época, o ator vivia com fortes desentendimentos com seu pai, que estava se separando de sua mãe, e decidiu tirar os pais do testamento.

Culkin para o filme Riquinho (1994) / Crédito: Divulgação/Warner Bros. Pictures

 

Anos depois, em entrevista a revista Time, Culkin disse: “Meu pai era um homem abusivo. não tanto de modo físico, embora tenha havido um pouco disso, mas de modo mental. Eu lhe pedia um descanso, queria sair de férias pela primeira vez na vida, e ele não parava de assinar contratos para mais filmes. Meu pai tinha uma cama tamanho gigante e uma televisão enorme e me fazia dormir com meu irmão no sofá. Fazia isso para quebrar meu espírito. Então, eu me retirei para desaparecer da face da Terra. Mas seis anos depois compreendi que nunca iria poder me livrar da minha fama”.

Anos 2000

A chegada dos anos 2000 marcou também o início dos problemas daquele que foi uma das crianças mais famosas do mundo. Passou a se envolver com álcool e drogas, sendo preso em 2004 por posse ilegal de maconha e tranquilizantes.

Por ter sido um grande amigo de Michael Jackson quando pequeno, o ator também se tornou um dos principais focos da mídia quando as acusações de abuso sexual vieram à tona.

Com esses problemas, Macaulay passou a ser reconhecido pelo público como mais uma estrela de Hollywood que se perdeu nas drogas. Felizmente, já se encontra livre dos vícios, porém, sem realizar mais nenhum trabalho de grande relevância. Com 40 anos, ele faz campanhas publicitárias e é noivo da ex-atriz da Disney, Brenda Song.


+Saiba mais sobre Hollywood por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Hollywood: 131, de Charles Bukowski (1998) - https://amzn.to/2UXDWKe

Cenas de uma revolução: o nascimento da nova Hollywood, de Mark Harris (2011) - https://amzn.to/3c6gqAr

O pacto entre Hollywood e o nazismo: Como o cinema americano colaborou com a Alemanha de Hitler, de Ben Urwand (2019) - https://amzn.to/2ViwOqO

Hollywood Babylon: The Legendary Underground Classic of Hollywood's Darkest and Best Kept Secrets (Edição Inglês), de Kenneth Anger (1981) - https://amzn.to/2RurMWU

O livro do cinema, de Vários autores (2017) - https://amzn.to/2VeOS52

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W