Matérias » Crimes

Assassinato, suicídio ou queima de arquivo? O bizarro caso JoAnn Romain

Retratado na série Mistérios sem Solução, da Netflix, o episódio intriga muitas pessoas até hoje, já que tratou da procura por uma mulher que nunca foi dada como desaparecida

Pamela Malva Publicado em 20/10/2020, às 20h30

Fotografia de JoAnn Matouk Romain em comemoração
Fotografia de JoAnn Matouk Romain em comemoração - Divulgação/Netflix

O desenrolar da noite de 12 de janeiro de 2010 não poderia ter sido mais trágico para as irmãs Kellie e Michelle Romain. A história teve tantas pontas soltas que tornou-se um dos episódios do segundo volume da série documental Mistérios sem Solução, da Netflix.

Tudo começou quando, sozinhas em casa com seu irmão, Michael, as jovens escutaram alguém em sua porta. Quando foram atender, deram de cara com a polícia de Grosse Pointe Farms. Preocupados, os oficiais perguntavam onde estava a mãe das garotas.

Sabendo que JoAnn Matouk Romain havia saído apenas para ir até a igreja, as duas irmãs não ficaram tão alarmadas quanto os policiais e ligaram para o celular da mulher. Todas as múltiplas chamadas feitas pelas meninas, todavia, caíram na caixa postal.

JoAnn Matouk Romain com as duas filhas, Kellie (à esquerda) e Michelle (á direita) / Crédito: Divulgação/Netflix

 

Carro abandonado

Alguns minutos mais cedo, nos arredores da Igreja Católica de St. Paul, o policial Andrew Rogers notou um carro estacionado que chamou sua atenção. O culto daquela tarde já havia terminado e o veículo continuava estacionado, apesar da intensa neve.

Às 20h58, Andrew chegou a investigar o carro, mas não imaginou que precisaria tomar outras providências, então continuou sua rota. Cerca de uma hora mais tarde, contudo, o oficial Keith Columbo decidiu verificar o veículo mais uma vez.

Segundo os testemunhos dos agentes, já faziam 2h30min que o carro estava estacionado, mesmo após o fim das orações na igreja. Em seu depoimento, entretanto, Keith disse que outra coisa além do carro chamou sua atenção.

JoAnn com seus três filhos, Michelle, Michael e Kellie / Crédito: Divulgação/Netflix

 

Longe dalí

Enquanto os oficiais não encontraram nada de suspeito no carro estacionado, Keith Columbo notou um rastro esquisito a pouco mais de 20 metros do local. Ele, então, decidiu investigar o caminho na neve, que levava até o Lago St. Clair.

Ainda em seu testemunho, o policial disse ter estranhado o fato de que nenhum rastro saía da água — o que indicava que quem entrou no lago não saiu. Foi então que, após identificar o carro como sendo de JoAnn Matouk, a polícia procurou pela mulher.

Não demorou até que os oficiais encontrassem o endereço dela e, então, abordassem as duas filhas de JoAnn na casa da família, na região metropolitana de Detroit, Estados Unidos. Desse momento em diante, as coisas começam a ficar muito mais confusas.

JoAnn com seu ex-marido em comemoração / Crédito: Divulgação/Netflix

 

Escolhas e mistérios

Segundo as próprias filhas da mulher, elas não se sentiram alarmadas quando receberam a visita dos policiais. Ao invés de reportar o suposto desaparecimento da mãe, por exemplo, elas decidiram dirigir até a Igreja de St. Paul.

Chegando no endereço, todavia, as irmãs encontraram uma verdadeira cena de filme policial. A área estava isolada com faixas amarelas, viaturas cercavam o carro da mãe das jovens e um helicóptero podia ser escutado de longe, com um enorme holofote.

A operação em busca de JoAnn estava à todo vapor — só que ninguém da família dela chegou a, de fato, chamar a polícia. "Não havíamos relatado seu desaparecimento, ela não estava desaparecida para nós, então como tudo aquilo estava acontecendo?”, questionou Michelle Romain, mais tarde.

Fotografia de JoAnn / Crédito: Divulgação/Netflix

 

Longe de casa

Se o caso tivesse acabado por aí, o desaparecimento de JoAnn já seria o suficiente para criar o enredo de um filme de suspense. Mas um suposto suicídio, a teoria de um assassinato e a confusa investigação da polícia deixaram tudo ainda mais complexo.

Segundo Solomon Radner, o advogado da família de Michelle e Kellie, toda a atitude dos policiais foi questionável, a começar pelo achado da trilha na neve. Ainda mais considerando que, para JoAnn, aquele caminho até o lago parecia impossível.

“Eles veem um carro estacionado em uma igreja, sem pegadas indo do carro para a água, mas algo lhes dá o ímpeto de olhar a 20 metros de distância em um banco de neve perto do lago?”, questionou Solomon. “Chegar à essa conclusão em 5 minutos é absurdo.”

JoAnn com seus três filhos em comemoração / Crédito: Divulgação/Netflix

 

Mistério sem desfecho

Enquanto muitos acreditavam que JoAnn havia cometido suicídio — dirigindo até a igreja, andando pela neve de salto alto e caminhando por uma trilha sinuosa até o lago —, muitos enxergam o caso como um assassinato. “Este é um homicídio e precisa ser tratado como tal”, protestou o jornalista Scott Burnstein.

Para piorar, a polícia da região registrou todas as informações da investigação com horários errados entre às 21h e 22h daquele dia. Em muitos momentos, as informações oficias entravam em contradição com os depoimentos das próprias filhas da mulher.

Setenta dias depois do desaparecimento, o corpo de JoAnn foi encontrado na costa do Canadá. Suas roupas, no entanto, não estavam no estado que deveriam estar após mais de um mês à deriva e, para a surpresa de todos, ela morreu sem uma gota de água nos pulmões. O que, então, realmente aconteceu naquele dia? Ninguém sabe.


+Saiba mais sobre temas relacionados através das obras abaixo, disponíveis na Amazon:

Serial Killers - Anatomia do Mal: Entre na mente dos psicopatas, de Harold Schrechter (2019) - https://amzn.to/39YVlGK

De frente com o serial killer, de Mark Olshaker e John E. Douglas (2019) - https://amzn.to/2UX47R4

Lady Killers: As mulheres mais letais da história, de Tori Telfer (2019) - https://amzn.to/3c7BoPb

Mindhunter: O Primeiro Caçador de Serial Killers, de John Douglas e Olshaker Mark (2017) - https://amzn.to/2xccb7L

Ted Bundy: Um Estranho ao Meu Lado, de Ann Rule (2019) - https://amzn.to/3cauuc9

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W