Matérias » Personagem

Atriz que viverá Ana Bolena em série fala sobre ataques: 'Não fiquei surpresa'

A britânica Jodie Turner-Smith recentemente deu uma entrevista ao The Guardian sobre o seu mais novo papel na televisão

Giovanna Gomes, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 25/05/2021, às 12h26 - Atualizado em 26/05/2021, às 12h41

Jodie Turner-Smith como Ana Bolena
Jodie Turner-Smith como Ana Bolena - Divulgação/Channel 5

Ana Bolena, quem foi rainha consorte da Inglaterra durante o curto período de três anos, foi uma importante personagem da história mundial. No entanto, teve uma vida extremamente conturbada, a começar pelas razões que a levaram a ser esposa de Henrique VIIIe, mais tarde, à sua morte cruel.

Retrato de Ana Bolena do século 16 / Crédito: Domínio Público/ Coleção da Galeria Nacional de Retratos

 

Conta a historiografia que o monarca queria muito um filho homem, mas sua primeira esposa Catarina de Aragão, deu-lhe apenas descendentes do sexo feminino. Assim, contrariando até mesmo a Igreja, dissolveu a união e casou-se, em 1533, com Ana Bolena.

No entanto, Ana também não lhe deu o filho que tanto desejava, mas uma menina, que mais tarde viria a ser a grande rainha Elizabeth I. A união dos dois era conturbada e Bolena foi acusada de adultério, incesto e alta traição, de modo que foi condenada à morte.

 

Últimos momentos

Acompanhada de suas damas de companhia, no dia 19 de maio de 1536, Ana Bolena deu seu último suspiro antes ser executada. Era o fim de sua saga como mulher de Henrique VIII, contudo, o começo do legado de Bolena, que até hoje intriga aqueles que são apaixonados pela história da monarquia britânica. 

Representação do século XX de Henrique VIII e Ana Bolena em uma caçada / Crédito: Domínio Público/William Powell Frith

 

Os desafios de uma atriz

485 anos após a morte de Ana, a atriz britânica Jodie Turner-Smith se viu no desafio de interpretar a rainha na série de televisão Anne Boleyn, realizada pelo Channel 5 e que deverá estrear no dia 1º de junho. Em entrevista ao The Guardian ela falou sore a experiência de interpretar a personagem histórica.

“Honestamente, parecia tão fácil. Acho que estava tão crua porque havia acabado de ter um bebê, então todas aquelas grandes emoções ressoaram em mim", declarou a artista. "Eu podia sentir o quão brava, apaixonada, desesperada e com o coração partido ela estava. Foi o primeiro trabalho que fiz depois de ter uma filha e estava redefinindo a mim mesma e à minha carreira com atriz", prosseguiu.

Dando vida à personagem

De acordo com Smith, não há registros feitos com as próprias palavras da rainha, como um diário ou uma carta e que, por esse motivo, foi necessário encontrar uma abordagem diferente.

"O historiador Dan Jones e eu criamos uma bíblia sobre a Ana Bolena com fatos de sua vida, como sua educação, e foi por meio dela que passei a entender o que motivava essa mulher a fazer as coisas que ela fez, a ser a pessoa que ela queria ser.”

A atriz Jodie Turner-Smith / Crédito: Getty Images

 

O racismo

Questionada sobre como ela lidou com as críticas à sua escolha para interpretar Ana Bolena, Jodie revelou não estar chocada ou surpresa.

Acontece que por Ana Bolena ter sido branca, muitos internautas não reagiram positivamente à escolha de uma atriz negra, despejando comentários crueis em distintas redes sociais. 

"Eu diria que, nos últimos quatro anos, existe uma forte onda de ideias de extrema direita e que os indivíduos estão muito expressivos nas redes sociais em suas formas limitadas de pensar. Não fiquei surpresa com as pessoas que ficaram incomodadas com isso," declarou a atriz.

"Além disso", prosseguiu Jodie, "quando alguém se preocupa com um personagem e é um grande fã de alguém na história, eles vão se sentir apaixonados e vão querer vê-lo da maneira que imaginaram em suas próprias mentes. Isso não é culpa deles, eu acho,” considerou ela.


+Saiba mais sobre o tema através das obras disponíveis na Amazon:

Os Ultimos Dias de Henrique VIII Conspirações, traições e heresias na corte do rei tirano, de Robert Hutchinson - https://amzn.to/2S4ZnYD

A herança de Ana Bolena, de Philippa Gregory - https://amzn.to/2Q0V3XY

As seis mulheres de Henrique VIII (edição de bolso), de Antonia Fraser - https://amzn.to/2PVKJjD

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W