Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Matérias / Rainha Elizabeth

A briga de casal da rainha Elizabeth II e Philip que foi flagrada pelas câmeras

Os 74 anos de casamento contaram com uma briga que chegou a ter par de sapatos e raquete de tênis arremessados

Redação Publicado em 10/07/2022, às 09h00

Elizabeth e Philip juntos em seu aniversário de 90 anos - Getty Images
Elizabeth e Philip juntos em seu aniversário de 90 anos - Getty Images

A então princesa Elizabeth e o oficial naval tenente Philip Mountbatten se casaram em 20 de novembro de 1947; ela seria coroada rainha da Inglaterra somente em 2 de junho de 1953 e seu marido se tornaria príncipe consorte.

Como em qualquer casamento, ainda que sejam da realeza, os dois brigavam — especialmente por estarem há tanto tempo juntos, mais especificamente 74 anos, até a morte de Philip, em abril do ano passado.

Uma dessas intrigas chegou, inclusive, a ser flagrada em câmera e foi revelada na obra “Prince Philip Revealed” (“Príncipe Philip Revelado”, em português), lançada em 2020 pela especialista real Ingrid Seward, editora-chefe da revista Majesty.

No inusitado episódio, Elizabeth teria se irritado com o marido a ponto de lançar um par de sapatos e uma raquete de tênis em direção da cabeça de Philip durante uma discussão que agitou seus nervos — tudo isso sob o olhar de câmeras ligadas.

Briga de casal

Casamento de Elizabeth e Philip em 1947 / Crédito: Anefo via Wikimedia Commons

Em entrevista à Fox News no ano do lançamento do livro, Seward contou detalhes do acontecimento curioso. Segundo a autora, os membros da família real estavam em turnê na Austrália em 1954 e acabaram tendo um raro final de semana de folga.

Embora não tivesse nenhum compromisso real, o casal estava gravando um documentário sobre sua visita naquele fim de semana em que estavam absolutamente exaustos e com os ânimos em alta, o que levou a uma briga no meio das filmagens.

Seus temperamentos estavam muito desgastados”, explicou a especialista. “Esta equipe de filmagem estava do lado de fora de sua pequena vila de férias. A próxima coisa que eles perceberam foi que o príncipe Philip apareceu na varanda, seguido por uma raquete de tênis e um par de tênis jogados em sua cabeça”.

Ela continuou: “A rainha saiu e gritou para ele voltar. Ela então agarrou [Philip] e o arrastou de volta para dentro. Claro, você pode imaginar como esse tipo de secretário de imprensa desajeitado na época estava absolutamente aterrorizado.”

O secretário de imprensa real teria, então, exigido que as câmeras fossem desligadas imediatamente ou que a equipe de filmagem seria presa. “Ele correu para a equipe e disse: 'Não podemos ter isso no filme Isso é um desastre. Dê-me o seu filme. Você não deveria estar filmando isso’”, contou Seward.

Como solicitado, o filme foi entregue à Elizabeth, que mais tarde teria saído para conhecer a equipe e, inclusive, falado sobre o ocorrido, pedindo desculpas por eles terem presenciado a briga com o marido.

“Sinto muito por esse pequeno interlúdio. Mas, como você sabe, isso acontece em todos os casamentos, não é?”, teria dito a rainha.

Segredo do casamento 

Rainha Elizabeth II e príncipe Philip em 2011 / Crédito: Getty Images

Segundo a especialista real, as brigas entre o casal não é segredo, mas que a dedicação de Philip ao apoiar a esposa no seu dever como rainha da Inglaterra provavelmente é o que mantinha o relacionamento duradouro dos dois.

"Ele [Philip] foi bastante afiado com a esposa", explicou. “Ele costumava dirigir em alta velocidade em todos os lugares, o que a deixava muito nervosa. Então ela começaria a respirar fundo. Ele então lhe dizia: 'Se você continuar respirando assim, eu vou te tirar do carro'. Houve um tempo em que uma pessoa sentada ao lado dela disse: 'Por que você não dá uma bronca nele?' Ela disse: 'Porque eu sei que ele vai parar o carro e me colocar para fora!'”

“Mas a rainha devolvia tanto quanto. Ele a chamava de idiota e a acusava de falar besteira. Ela então falava em enigmas enquanto ele tentava descobrir do que ela estava falando”, relatou Seward.

Sobre o segredo da longevidade do casamento, ela afirmou: “[...] Acho que para eles, ele decidiu que seu trabalho e seu dever são apoiá-la — é um trabalho abrangente. Philip decidiu que deveria apoiar a instituição da monarquia, o que significava cuidar da rainha em todos os momentos. Ele está ciente de que as pessoas só querem a realeza se puderem respeitá-la. Então isso se tornou muito importante para ele.”