Matérias » Personagem

Cacique Seattle: o indígena que idealizou uma sociedade pacífica entre brancos e nativos

O líder indígena foi uma das mais famosas figuras da história dos EUA

Giovanna Gomes Publicado em 14/02/2021, às 12h01

Cacique Seattle em 1860
Cacique Seattle em 1860 - Wikimedia Commons

O caciqueSeattle, ou Sealth, como muitas vezes é chamado, representou uma das lideranças mais importantes da história dos EUA.

Com 1,8 metro de altura, era considerado um homem belo e forte, além de ser um grande guerreiro indígena. Com o passar do tempo, o chefe das tribos Duwamish e Suquamish, tornou-se uma figura lendária.

Há ainda um famoso texto, muito difundido nos dias de hoje, cuja autoria costuma ser atribuída ao chefe: a carta do cacique Seattle ao presidenteFranklin Pierce, que é tida como um manifesto em defesa da natureza. Contudo, sua autenticidade é controversa, uma vez que há diversas versões documento.

Alguns historiadores afirmam que há evidências de que a carta como conhecemos hoje em dia foi escrita muito depois de 1855, período em que dizem ter sido elaborada.

Outros consideram que o verdadeiro discurso tratava-se apenas de um agradecimento ao presidente, que teria comprado terras dos indígenas.

Franklin Pierce / Crédito: Wikimedia Commons

 

Independente da real versão do documento, não há dúvidas de que o líder existiu. Nascido por volta de 1790 no local onde hoje fica o estado de Washington, ele exerceu um papel de destaque na história do país.

Gande personalidade

De acordo com o historiador David Buerge, em texto publicado no site da Humanities Washington, o final do século 18 foi um período extremamente sombrio para as populações indígenas que viviam nos EUA.

Isso porque, ao menos 50% dos nativos perderam suas vidas devido a inúmeras doenças levadas pelos brancos ao território, em especial a varíola.

Estátua em homenagem ao líder indígena, em Seattle / Crédito: Divulgação

 

Por ter crescido em meio a tamanha mortandade, Seattle logo se tornou um grande guerreiro que defendia seu povo das invasões dos euro-americanos.

Contudo, por volta dos seus 50 anos de idade, o cacique começou a mudar de ideia em relação aos brancos. Foi nesse período que ele passou a idealizar uma sociedade birracial, na qual brancos e indígenas poderiam viver em paz.

Terras nativas

Conforme repercutido pelo History EUA, logo no início da década 1950, um grande número de colonos se mudou para o território dos nativos para criar uma nova cidade. Pelo fato do líder ter sido tão amigável com os brancos, estes decidiram nomear o novo assentamento em sua homenagem.

Com o tempo, o chefe indígena passou a adotar costumes dos colonos, tendo até mesmo se tornado cristão, de modo que praticou a nova religião até sua morte, em 1866.

Hoje a cidade de Seattle é a maior do estado de Washington / Crédito: Wikimedia Commons

 

Contudo, muitos nativos eram contrários a essa aproximação, de modo que, no ano de 1855, um grupo atacou a vila dos colonos.

Seattle logo os convenceu de que a violência não era a melhor saída, já que, dessa maneira, os brancos se irritariam e acabariam por extinguir a população nativa. 

De início, a sociedade birracial parecia ter futuro e houve casamentos entre brancos e nativos. Porém, segundo Buerge, não demorou muito para que os euro-americanos passassem a ver os nativos como "selvagens" e a levá-los para reservas distantes, de modo que o ideal de Seattle logo foi esquecido. Em contrapartida, seu nome é lembrado até os dias de hoje.


+ Saiba mais sobre povos nativos americanos com os livros abaixo

Histórias indígenas dos tempos antigos, Pedro Cesarino (2015) - https://amzn.to/35rR2Sv

Representações culturais da América indígena, Ana Raquel Portugal, Liliana Regalado de Hurtado (2015) (eBook) - https://amzn.to/2Ooxojc

História e Arqueologia da América Indígena, Cristiana Bertazoni (2016) - https://amzn.to/37otrnd

Breve História dos Incas, Patricia Temoche Cortez (2013) - https://amzn.to/2s0vyxt

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W