Matérias » Brasil

Camargo e Camarguinho: A comovente história da dupla que faz parte da história de Zezé di Camargo

Formada em 1970, a dupla sertaneja teve a trajetória interrompida por uma perda precoce

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 11/07/2021, às 08h00

Camargo e Camarguinho em apresentação
Camargo e Camarguinho em apresentação - Divulgação / Facebook / Zezé di Camargo & Luciano

Quando o jovem Mirosmar José de Camargo, posteriormente conhecido por todo o Brasil como Zezé di Camargo, nasceu em 17 de agosto de 1962, seu pai fez questão de completar a família com um irmãozinho. 

Dessa maneira, no ano seguinte, nascia o irmão Emival, conforme retratado na cinebiografia 'Dois Filhos de Francisco', lançada em 2005.

O interesse do pai em criar um conjunto musical reverberou em uma criação artística; durante a infância, Seu Francisco presenteou os dois pequenos com uma gaita de boca e, posteriormente, com um violão e um acordeão, de maneira que reproduzissem músicas sertanejas das quais era fã. 

Trabalhando como lavrador em Pirenópolis, no interior de Goiás, o talento desenvolvido nos pequenos pôde auxiliar na fonte de renda da casa.

Eles realizaram apresentações em circos e rodoviárias, ajudando os pais na mudança para a capital Goiânia e, posteriormente, conseguiu um empresário para a dupla e os nomeando como “Camargo e Camarguinho”, realizando excursões pelo municípios do estado.

Foto pessoal da dupla Camargo e Camarguinho restaurada / Crédito: Divulgação / Instagram / zezedicamargo

 

A perda de Emival

O primeiro projeto musical de Zezé, junto ao irmão, acabou sendo interrompido por uma tragédia; agenciados por um empresário identificado como Miranda, a dupla passou a realizar apresentações a partir de 1973, contudo, dois anos depois, ao retornarem de um show em Imperatriz, no Maranhão, a lotação onde a dupla estava trafegando colidiu com um veículo durante a madrugada.

Zezé sofreu um ferimento ao lado do olho, mas Emival, o Camarguinho da dupla, faleceu aos 11 anos de idade. O corpo foi levado pelo agente da dupla até Goiás para os pais, encerrando o contrato.

Aos 13 anos, o irmão mais velho tentou retomar a cantoria com um amigo local, formando a dupla Zazá e Zezé. No entanto, posteriormente assumiu a cantoria sozinho, mudando-se para São Paulo.

No final da década de 1980, seu irmão Welson David, dez anos mais novo, manifestou ao irmão que tinha interesse em cantar e se transferiu para a capital paulista, formando a dupla sob os nomes artísticos Zezé di Camargo & Luciano, ganhando fama nacional com o hit 'É o Amor' em 1991.

Camargo e Camarguinho retratados no filme "Dois Filhos de Francisco" / Crédito: Divulgação / Fox Film do Brasil

 

Legado da perda

Em 1998, a dupla participou do programa Note e Anote, de Ana Maria Braga, onde a apresentadora perguntou o que foi tirado de lição após Zezé ter presenciado a morte do irmão com apenas 12 anos de idade.

O cantor replicou comparando sua ligação fraternal com a da dupla sertaneja Leandro e Leonardo, onde o primeiro ainda estava em tratamento contra um câncer na época.

Foi talvez o momento mais difícil da minha vida, porque nós éramos irmãos e, além de irmãos de sangue, crescemos juntos, cantamos juntos, buscamos nossos sonhos juntos. [...] Irmão é uma coisa muito especial para a gente; a gente quebra pau, briga, tudo, mas é um pedaço da gente". 

Em março de 2019, Zezé se comoveu ao reencontrar uma antiga fotografia do irmão, publicando em uma rede social uma mensagem comovente direcionada a Emival, que nunca pôde acompanhar seu sucesso: "Hoje me bateu uma saudade de você meu irmão... É uma ferida que fica na alma e não cicatriza nunca!".


+Saiba mais sobre música por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

O livro da música clássica, de Vários Autores (2019) - https://amzn.to/2UXEqQy

Como Ouvir e Entender Música, de Aaron Copland (2017) - https://amzn.to/3c8V7ht

Falando de música, de Leandro Oliveira (2020) - https://amzn.to/2xkz6O5

Uma história da música popular brasileira: das Origens à Modernidade, de Jairo Severiano (2013) - https://amzn.to/34wM1sj

Uma breve história da música, de Roy Bennett (1986) - https://amzn.to/3a35ylg

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W