Matérias » Brasil

Cantoria noturna: Galo é apreendido no Paraná após reclamação de vizinho

Ave gerou uma enorme confusão entre vizinhos da cidade de Ivaiporã. Entenda!

Fabio Previdelli Publicado em 09/06/2021, às 09h32

Galo apreendido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente
Galo apreendido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente - Divulgação/Lúcia Lima/Prefeitura de Ivaiporã

Com o peito inchado e a crista erguida, religiosamente todas as manhãs os galos cantam para marcar sua posição de autoridade em seu espaço físico, no caso seu próprio galinheiro.

Como explica o veterinário Herbert Ribeiro dos Santos à Superinteressante, “como uma ave de hábitos diurnos, que dorme e acorda cedo, ele canta a plenos pulmões ao raiar do dia, para avisar o galinheiro que continua vivo e no comando”. 

Isso corrobora com uma pesquisa divulgada no site da Universidade Federal de Lavras (UFLA), o professor do Departamento de Zootecnia (DZO) Édison José Fassani, chegou à conclusão que o canto matinal dos galináceos acontecem por causa de seu relógio biológico, que controla o ritmo da ave durante o dia.  

“A primeira atividade diária dos galos é a de cantar. Eles cantam não para nos acordar, mas para demarcar território e indicar que quem manda naquele espaço é ele”, explica. 

“Mesmo livres ou presos em um galinheiro, eles continuam cantando nas madrugadas, pois nesse horário, sem os barulhos do dia, o som de seu canto vai mais longe, fazendo outros galos saberem que existe um adversário logo ali”, conclui.  

Apesar de, biologicamente falando, o cantar da espécie seja algo mais instintivo e incontrolado, nem sempre os vizinhos das aves aceitam isso como uma desculpa para a interrupção em sua hora de sono, fazendo com que alguns entreveiros possam ocorrer entre eles e os donos dos animais. Pelo menos foi isso que aconteceu na cidade de Ivaiporã, no Paraná. Entenda! 

Có...  có... có... cofunsão 

Na madrugada da última segunda-feira, 7, a Polícia Militar de Ivaiporã, no norte do Paraná, foi acionada para averiguar uma ocorrência de perturbação de sossego. Quando as autoridades chegaram no local da denúncia, se depararam com uma cena inusitada: um galo cantando. 

Os policiais relataram que um vizinho ligou por volta das 2 horas da manhã dizendo que uma casa nos arredores abrigava um galinheiro na parte dos fundos. De acordo com informações da RPC, filiada da TV Globo no estado, a reclamação já vinha de algum tempo. 

Porém, o dono do galináceo dizia que daria um jeito na cantoria. Entretanto, como nada foi feito, os vizinhos acharam que o melhor a se fazer seria relatar a algazarra para as autoridades.  

Imagem ilustrativa de um galo / Crédito: Divulgação/ Pexels / Pixabay

 

Com a situação, o dono do animal teve que assinar um termo circunstanciado. Já a ave foi apreendida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. De acordo com o UOL, as autoridades ainda estudam o que farão com o galo.  

A Polícia Militar de Ivaiporã informou que metade das denúncias registradas no estado do Paraná são pelo mesmo motivo desta ocorrência: a perturbação de sossego.


++Saiba mais sobre animais por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Titanoboa: Journey To The Amazon, de P.K. Hawkins (2017) - https://amzn.to/2BUDvcK

A expressão das emoções no homem e nos animais, de Charles Darwin (2009) - https://amzn.to/2HC1Ljl

O terceiro chimpanzé: A evolução e o futuro do ser humano, de Jared Diamond e Cristina Cavalcanti (2011) - https://amzn.to/39SNoEB

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W