Matérias » Crimes

Casa que inspirou filme Invocação do Mal tem novos donos — e eles afirmam que o local ainda é amaldiçoado

Victória Gearini Publicado em 03/10/2019, às 18h37

None
- Reprodução

A casa que inspirou a franquia de filmes Invocação do Mal tem novos proprietários que afirmam que o local permanece assombrado. Localizada no subúrbio de Rhode Island, nos Estados Unidos a residência já foi palco para diversas mortes.

O casal Cory e Jennifer Heinzen são investigadores de atividades paranormais e compraram a misteriosa propriedade. Em entrevista ao Sun Journal, Cory Heinzen disse ter visto portas se abrindo e escutou estranhos passos e batidas.

Cory e Jennifer Heinzen / Crédito: Reprodução Facebook

 

“Tive dificuldade em ficar lá sozinho. Não sinto nada de mal, mas está muito ocupado. Você pode dizer que muitas coisas estão acontecendo”, disse o novo proprietário ao jornal.

O filme Invocação do Mal aborda a história da família Perron, durante a década de 1970, quando o casal passa a relatar eventos sobrenaturais ​​dentro da propriedade. As crianças alegaram terem testemunhado a presença de espíritos. A trama retrata a figura de um espírito principal, chamado Bathsheba.

Baseado em fatos reais, Bathsheba Sherman trata-se de uma mulher que morou na propriedade por volta do século 19. Dizem que ela teria praticado bruxaria e assassinato com uma criança durante um ritual satânico. O corpo da mulher foi enterrado próximo de sua casa.

Lápide de Bathsheba Sherman / Crédito: Reprodução Youtube

 

"Quem quer que fosse o espírito, ela se considerava dona da casa e se ressentia da competição que minha mãe fazia por essa posição", disse Andrea Perron, a filha mais velha.

Na época, o casal convidou os especialistas Ed e Lorraine Warren para investigar o local e erradicar esta presença. Eles chegaram a realizar sessões espíritas e em uma delas Carolyn Perron parecia estar possuída.

“Minha mãe começou a falar uma língua que não é deste mundo, com uma voz que não é dela. A cadeira dela levitou e ela foi jogada do outro lado da sala”, disse Andrea Perron.

Em 1980, a família se mudou e alega que os espíritos pararam de importuná-los. “A casa é um portal inteligentemente disfarçado de casa de fazenda. São múltiplas dimensões, interagindo simultaneamente”, finaliza a filha do casal.

Crédito: Reprodução

 

Ao descobrir a intrigante história paranormal, a Warner Brothers lançou o filme Invocação do Mal inspirado nos relatos. Na época, o diretor da trama, James Wan foi convidado a visitar o local, mas recusou.

“Só porque eu faço filmes no mundo assustador, não significa que quero visitar mundos assustadores. Eu acredito nesses filmes, acredito em fantasmas, no mundo sobrenatural e espiritual. Mas não quero ir lá”, disse o cineasta.

Já o casal Heinzens disse ter ficado entusiasmado ao saber sobre o local. "Nós imediatamente nos apaixonamos por isso. Oito hectares e meio, um rio nos fundos e um lago, é tão sereno lá em baixo, não importa a história por trás da casa, é uma bela casa", disse Cory ao New York Post.

Cory e Jennifer Heinzen em frente a casal misteriosa / Crédito: Reprodução Facebook

 

Embora tenham presenciado fenômenos sobrenaturais, como portas se abrindo, vozes e fortes odores, os Heinzen planejam reparar a casa para abrir o local para passeios paranormais e possivelmente gravar um documentário.

Andrea Perron disse em entrevista a um jornal local que confia nos novos proprietários. "Eles são adultos responsáveis ​​e maduros e não vão transformá-la em um circo".

Confira o trailer do filme Invocação do Mal.