Matérias » Crimes

Caso Irina Cornici: o "exorcismo" que tirou a vida de uma freira

O crime foi executado por um padre e quatro outras freiras, em 2005, no monastério Santa Trinidad

Victória Gearini Publicado em 19/07/2020, às 09h00

Imagem meramente ilustrativa
Imagem meramente ilustrativa - Divulgação / Pixabay

Em junho de 2005 um crime brutal escandalizou a sociedade romena: a freira Maricica Irina Cornici foi encontrada morta com requintes de tortura. Segunda às autoridades da época, a jovem de 23 anos teria sido morta durante um rito de exorcismo

O crime

Maricica Irina Cornici vivia num orfanato e claustro do monastério Santa Trinidad, em Tanacu, ao nordeste da Romênia. Antes de ser brutalmente assassinada, a jovem passou seis dias sem água e sem comida, sendo torturada e mantida como refém. 

No dia 10 de junho de 2005, Cornici foi sequestrada pelo padre Daniel Corogeanu, na época com 29 anos. O sacerdote obteve ajuda de outras quatro freiras, que amarraram as mãos e pernas da jovem e colocaram uma toalha em sua boca. Segundo Corogeanu, Cornici estaria possuída por espíritos demoníacos, pois constantemente demonstrava comportamentos violentos, espumava pela boca e rejeitava a água benta. 

Após insultar a igreja durante uma missa, Cornici foi amordaçada pelo sacerdote, que alegou ser um método de salvação aprovado pela comunidade religiosa de Santa Trinidad.

Na época, Daniel Corogeanu disse em entrevista ao jornal Evenimentul Zilei que a comunidade religiosa optou em curá-la por meio de orações, ao invés de consultar os médicos. "Os demônios não podem ser curados com pílulas. Se tratava do diabo e não de um distúrbio psíquico”, disse Corogeanu ao Evenimentul Zilei, em 2005.

Embora Corogeanu tenha desmentido que Cornici foi amarrada com correntes a uma cruz feita de madeira, o padre confirmou que imobilizaram suas mãos em uma tábua transversal. De acordo com o padre, assim que se acalmou a freira foi desamarrada e alimentada, no entanto, teria desmaiado e, posteriormente, sofrido um infarto. Cornici veio a falecer no dia 15 de junho de 2005, aos 23 anos.

O desfecho 

De acordo com a autópsia, a morte da jovem foi causada por uma insuficiência aguda cardiorrespiratória e por asfixia mecânica, atrelados aos traumas físicos e desidratação. Os médicos disseram, ainda, que estes fatores somados a um ataque de esquizofrenia, levaram a freira a morte. 

Segundo o redator chefe do jornal Lumea Credintei (Mundo da fé, em tradução livre), Razvan Codrescu, este assassinato não foi um caso isolado. "O exorcismo é praticado em ampla escala nas igrejas da Romênia", disse Razvan Codrescu à imprensa local, em 2005.

Irina Cornici foi enterrada em sua cidade natal de Perieni, na Romênia e somente em 2007, Daniel Corogeanu foi condenado a 14 anos de prisão pelo brutal assassinato da jovem freira.


+Saiba mais sobre temas relacionados por meio de obras disponíveis na Amazon:

Exorcismo: O Ritual Romano, de El Torres (2019) - https://amzn.to/2WtIoR8

Exorcismo: A história real que inspirou o clássico o exorcista, de Thomas B. Allen (2016) - https://amzn.to/3fGqeTZ

1977 - Enfield: Real e sobrenatural, de Guy Lyon Playfair (2017) - https://amzn.to/2V8MTPO

Mindhunter: O Primeiro Caçador de Serial Killers, de John Douglas e Olshaker Mark (2017) - https://amzn.to/2xccb7L

As grandes mentiras sobre a igreja católica, de Alexandre Varela e Viviane Varela (2016) - https://amzn.to/3aVN07T

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W