Matérias » Personagem

Ciumento, possessivo e traído por Sinatra: os tristes dias de Zeppo Marx

Mais novo entre os Marx Brothers, o talentoso ator se envolveu em polêmicas e teve um trágico fim

Fabio Previdelli Publicado em 05/05/2020, às 11h00

Foto do ator Zeppo Marx
Foto do ator Zeppo Marx - Wikimedia Commons

Nova iorquino nascido em Manhattan Herbert Manfred “Zeppo” Marx era o mais novo entre cinco irmão de uma família judia. Ator e comediante, participou dos cinco primeiros filmes do grupo Marx Brothers, de 1929 a 1933.

Como acontece com todos os irmãos, existem diversas teorias de como surgiu seu nome artístico de Zeppo. Grouncho, seu irmão, disse uma vez em seu show que a alcunha do caçula ela um derivado da palavra Zeppelin — o que é corroborado por sua ex-mulher, Barbara Sinatra, no livro Lady Blue Eyes: My Life with Sinatra.

Barbara Marx Sinatra nos anos 2000 / Crédito: Wikimedia Commons

 

Entretanto, seu outro irmão, Harpo, conta em sua biografia que havia um chimpanzé treinado que chamava Mr. Zippo e de que Herbert ganhou o nome após realizar peripécias e acrobacias iguais ao primata.

O que é fato é que Zeppo substituiu o irmão Gummo nos Marx Brothers quando o mesmo ingressou no exército, em 1918. Apesar de Barbara relatar na biografia que o caçula era considerado jovem demais para se apresentar com os irmãos, ele participou como substituto de última hora em um show no Texas e de lá em diante ganhou gosto pela tarefa.

Como cresceu observando bem os passos de seus irmãos, Zeppo podia imitá-los, o que facilitou substituir qualquer um deles nas apresentações. Além da desenvoltura teatral, ele também era muito bom mecânico, e era o grande responsável por manter o carro da família sempre apto para uso nas turnês.

Zeppo (mais novo) junto com os irmãos / Crédito: Wikimedia Commons

 

Em 12 de abril de 1927, o caçula se casou, pela primeira vez, com Marion Bimberg Benda. Juntos, o casal adotou dois filhos: Timothy e Thomas. Mas apesar dos planos, eles acabaram se separando em 1954.

Cinco anos depois, Zeppo volta ao altar e se casa com Barbara Blakeley. A relação dos dois era muito boa, e o ator considerava o filho da segunda esposa, Bobby Oliver, como sua cria, tanto que ele queria dar seu sobrenome ao garoto — mas o pai biológico da criança não permitiu. Porém, isso não impediu Bobby de começar a usar Marx no nome.

Herbert possuía uma casa em Helper Lake Drive e tinha como vizinho o astro Frank Sinatra. A relação dos dois era cada vez mais próxima, inclusive, o cantor autorizou que o filme que acabara de estrelar, Come Blow Your Horn, fosse exibido de última hora e de forma antecipada em um evento de caridade organizado por Bababara no local onde trabalhava, o Cedars-Sinai Medical Center.

O ator era um marido muito ciumento e possessivo e odiava quando a esposa conversava com outros homens. Blakeley afirmou que ele chegou a agarrar Victor Rothschild pela garganta quando viu os dois conversando. Após o incidente, o casal foi passar um tempo na Europa.

Ao retornarem, a relação com Sinatra ficava cada vez mais constante e eles eram convidados ao menos duas vezes por semana para irem a casa do cantor. Frank também lhes enviava, constantemente, uma garrafa de vinho ou champagne como uma demonstração de agrado e afeto.

Frank Sinatra / Crédito: Wikimedia Commons

 

Mas o que Zeppo não sabia é que a esposa e o músico começaram a ter um lance amoroso — que foi descoberto pela imprensa, que sempre que pudera bombardeava os dois com perguntas sobre o affair. Entretanto, os mesmos sempre negavam a união. Porém, em 1973, Zeppo e Barbara selaram o divórcio e ela se casou com Sinatra três anos depois.

Em 1978, o ator ficou doente e foi diagnosticado com câncer — passando seus momentos finais de vida junto à família de Blakeley. Zeppo Marx faleceu no dia 30 de novembro de 1979, aos 78 anos, por problemas no pulmão relativos à doença. O último sobrevivente do Marx Brothers foi cremado e teve suas cinzas espalhadas no Oceano Pacífico.  

Em seu testamento, ele deixou para Bobby Marx algumas posses e dinheiro suficiente para terminar a faculdade de Direito. Sua ex-eposa e Sinatra compareceram ao seu funeral para prestarem uma última homenagem.


+Saiba mais sobre Hollywood por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Hollywood: 131, de Charles Bukowski (1998) - https://amzn.to/2UXDWKe

Cenas de uma revolução: o nascimento da nova Hollywood, de Mark Harris (2011) - https://amzn.to/3c6gqAr

O pacto entre Hollywood e o nazismo: Como o cinema americano colaborou com a Alemanha de Hitler, de Ben Urwand (2019) - https://amzn.to/2ViwOqO

Hollywood Babylon: The Legendary Underground Classic of Hollywood's Darkest and Best Kept Secrets (Edição Inglês), de Kenneth Anger (1981) - https://amzn.to/2RurMWU

O livro do cinema, de Vários autores (2017) - https://amzn.to/2VeOS52

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W