Matérias » Música

Clássico dos Beatles: 5 curiosidades sobre a sessão de fotos do disco 'Abbey Road'

O lendário álbum do conjunto resultou em uma marca na cultura pop, mas foi bem menos planejado do que parece

Wallacy Ferrari Publicado em 17/03/2021, às 12h09

Capa do disco "Abbey Road"
Capa do disco "Abbey Road" - Divulgação / Apple Corps

Na última vez em que os Beatles se reuniram para produzir material inédito em um estúdio, o fruto gerado desse esforço conjunto foi o lendário disco Abbey Road; com as lendárias faixas “Oh Darling!” e “Come Together”, o décimo segundo álbum de inéditas do grupo serviu para consolidar George Harrison como poderoso compositor, graças aos sucessor de "Here Comes the Sun" e "Something".

Tal trabalho não apenas rendeu um Grammy e milhões em vendas, mas apresentou uma identidade visual responsável por tornar uma rua mundialmente famosa, tanto no nome do lançamento, quanto na capa, estampando os quatro membros em uma faixa de pedestre de Abbey Road.

Confira 5 curiosidades sobre a sessão de fotos do álbum Abbey Road.

1. Da rua ao estúdio

O nome do álbum não se deve apenas ao Abbey Road Studios; o próprio endereço do ponto de gravações é na rua Abbey Road — que na Inglaterra, possui a interpretação de vias, sendo esta a Via Abbey. O código postal do estúdio, NW8 9AY, também permaneceu o mesmo desde o lançamento.

Os estúdios também continuam sendo prestigiados, posteriormente usados em gravações premiadas de Pink Floyd, Oasis e Adele. As bandas Roupa Nova, Skank e Cachorro Grande, juntamente de Roberto Carlos e Júpiter Maça, foram alguns dos brasileiros que puderam trabalhar na Abbey Road, como informou reportagem do portal UOL.


2. Por pouco!

O álbum eternizou a via britânica, mas quase foi responsável por promover uma marca de cigarro; em homenagem ao consumo excessivo do engenheiro de som Geoff Emerick durante as gravações, os membros cogitaram nomear o álbum de "Everest", a marca de cigarro que ele fumava, como informou a Rolling Stone. 

Os membros se preparando para atravessar a rua durante o ensaio / Crédito: Divulgação / Apple Corps

 

Porém, para fotografar no famoso monte gelado, gastaria tempo, grandes recursos financeiros e, por fim, ainda não teria a pegada progressiva do álbum. De maneira simples, homenagearam o local onde foram recebidos.


3. Tentativas perfeitas

Apesar da impressão de estar indo em direção ao estúdio, o estabelecimento ficava à esquerda da foto, atrás da mureta de tijolo. A data exata do registro é atribuída a 20 de agosto de 1969, sendo escolhida pela exatidão dos membros na sincronia dos passos. As tentativas foram repetidas várias vezes e em ambas as direções, como revelou o perfil do Instagram dos estúdios.


4. Paul is Dead?

Uma das evidências da quimérica teoria de que Paul McCartneymorreu e foi substituído por um sósia seria a representação de seus pés na capa; além de ser o único cujo a ordem das pernas está invertida, ele é o único descalço — sendo relacionado aos enterros britânicos onde os mortos são enterrados sem calçados. 

A Abbey Road atualmente, com os riscos de aviso zebrados antes da faixa / Crédito: Wikimedia Commons

 

De acordo com a rádio norte-americana RadioX, o motivo foi apontado por John Kosh, designer do conjunto, e era simplesmente pelo fato de que os sapatos estavam "muito apertados" e já incomodavam durante as tentativas.


5. Na grife

Os ternos de três dos membros — John Lennon, Paul McCartney e Ringo Starr — foram confeccionados pelo designer de moda galês Tommy Nutter, responsável por uma grife de roupas high-class. George Harrison foi o único que não aceitou a oferta; preferiu se vestir com uma camisa e calça jeans.


+Saiba mais sobre os Beatles em grandes obras disponíveis na Amazon:

The Beatles - A Biografia, de Bob Spitz (2006) - https://amzn.to/2CAWf1x

John Lennon Por Tras Da Fama E Da Vida Publica, de Cynthia Lennon (2009) - https://amzn.to/2WR2HrU

Beatles 1966: o ano Revolucionário, de Steve Turner (2018) - https://amzn.to/2DRxQl0

John Lennon: A Vida, de Philip Norman (2009) - https://amzn.to/2YomyhL

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W