Matérias » Personagem

James Irwin, o astronauta que pisou na lua e largou tudo para caçar a Arca de Noé

A impressionante história do homem que foi o oitavo a pisar no satélite natural e mudou radicalmente sua vida

Paula Lepinski Publicado em 24/07/2020, às 12h00

James Irwin em seu uniforme de astronauta
James Irwin em seu uniforme de astronauta - Wikimedia Commons

Ao final do primeiro dia de exploração da Lua, o astronauta americano James Irwin, integrante da missão Apollo 15, disse estar com algo na cabeça.

Ele deixou vazar o conteúdo de sua mente pelo rádio com o Centro de Controle de Missão em Houston: “Levantarei os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro?” Esse é o primeiro versículo de Salmos 121, que continua com: "O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra".

Uma passagem bíblica não exatamente adequada para uma missão que transcorria sem qualquer transtorno. Irwin então achou um jeito de quebrar a tensão: “Mas, é claro, recebemos um pouco de socorro* de Houston também”.

Irwin disse que teve um epifania no espaço. A partir dali, ele se dedicou apenas a Deus. Onze anos depois, o oitavo humano a pisar na superfície da Lua estava em uma aventura bem diferente, no Monte Ararat, na Turquia.

James Irwin em sua missão na lua / Crédito: Wikimedia Commons

 

Uma aventura que, segundo Irwin, era muito mais importante que a primeira: encontrar a Arca de Noé. Um barco de madeira gigante capaz de carregar um casal de cada espécie terrestre do planeta, dos elefantes aos pinguins e carrapatos, para protegê-los de uma enchente que cobriria o topo do Everest.

A Arca de Noé

A história da Arca não é exatamente amigável ao pensamento científico. Sabemos hoje que existem espécies demais para algo assim ser possível, que a água no planeta é constante, e que um dilúvio assim seria facilmente visível no registro geológico - o que não é. A dinâmica de populações também tornaria impossível o mundo ser reabitado em tão pouco tempo. Por fim, madeira é biodegradável e desaparece do registro arqueológico, salvo em condições muito especiais.

São razões para a maioria dos cristãos encararem a Arca como uma alegoria, não algo que aconteceu realmente, ou que aconteceu, mas não exatamente como está na Bíblia. Porém, Irwin não era um cristão como a maioria.

A busca de Irwin

O monte Ararat, na Turquia, é o local mencionado tanto na Bíblia quanto no Alcorão como o ponto de "pouso" da Arca. Apesar de não ser particularmente alto nem exigir um nível técnico elevado para ser escalado, ainda assim possui seus perigos: encostas íngremes e grande quantidade de gelo e pedras.

Irwin foi à Turquia acompanhado de Bob Cornuke, ex-membro da SWAT. Chegaram a ser detidos pelas autoridades turcas sob acusação de espionagem - partes do Ararat são zonas militares e é preciso uma permissão especial para escalá-lo. Cornuke admite que eles tinham altas expectativas em encontrar a Arca. “Sempre existia a chance de encontrarmos o velho barco escondido no gelo no topo do Monte Ararat”, ele disse. “E quando existe uma chance, vale a pena o esforço.”

James Irwin após ser ferido durante uma das expedições para o Monte Ararat, em 1982 / Crédito: Wikimedia Commons

 

O ex-astronauta terminaria por quase morrer na empreitada. Em uma das tentativas de escalar o Monte Ararat, em 1982. ele foi gravemente ferido por uma queda de rochas e sofreu inúmeras lacerações no rosto e nas pernas. No ano seguinte, ele ainda sobrevoou o Monte Ararat com um helicóptero para tentar encontrar pistas. Novamente, falhou. “É mais fácil caminhar sobre a Lua”, ele terminaria por constatar.

Caçada sem fim

Sem nunca desistir, o astronauta morreria relativamente cedo, em 1991, aos 61 anos, por problemas cardíacos.

Irwin e sua equipe se prepara escalar o Monte Ararat, 1982 / Crédito: Wikimedia Commons

 

Sua história não dissuadiu outros caçadores da Arca. Em setembro 2011, o pedreiro escocês Donald Mackenzie foi pego por uma nevasca brutal a quase 4 mil metros. Seu corpo nunca foi encontrado.

A última “descoberta” relacionada a ela foi divulgada em outubro passado, quando o "especialista" americano Paul Esprante anunciou que havia encontrado no Monte Ararat uma estranha colina em formato de barco. Essas aspas todas são porque nenhum dos meios que abordou o achado - começando pela agência estatal turca - citou qualquer filiação acadêmica. Uma pesquisa por seu nome só traz a própria notícia, nenhum site pessoal, nem de universidades.

"É altamente improvável que a arca exista”, afirma Bob Cargill, professor-assistente de religião na Universidade de Iowa. “A história bíblica do dilúvio é adaptada de histórias anteriores sobre inundações na Mesopotâmia, como as epopeias de Atrahasis e de Gilgamesh. Os estudiosos mais críticos entendem que a história da inundação bíblica é uma reformulação desses mitos, recriados para refletir a identidade, ideologia e teologia judaica.”


* (A tradução é para manter a piada. "Ajuda" e "socorro" em inglês são a mesma palavra, help)


++Saiba mais sobre o tema através de grandes obras disponíveis na Amazon 

Picturing Apollo 11: Rare Views and Undiscovered Moments (Edição Inglês), de J. L. Pickering e John Bisney (2019) - https://amzn.to/2UcNKiD

NASA Mission AS-506 Apollo 11 Owners' Workshop Manual: 50th Anniversary of 1st Moon Landing (Edição Inglês), de Christopher Riley e Philip Dolling (2019) - https://amzn.to/2AEMRbO

Moonshot: The Flight of Apollo 11 (Edição Inglês), de Brian Floca (2019) - https://amzn.to/2XA5LK0

Moonfire - the epic journey of apollo 11 (Edição Inglês), de Colum Mccann (2020) - https://amzn.to/3ePsCqA

Moonbound: Apollo 11 and the Dream of Spaceflight (Edição Inglês), de Jonathan Fetter-Vorm (2019) - https://amzn.to/2Ue8iHo

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W