Matérias » Brasil

Conheça Zé Trovão, o caminhoneiro foragido que incitou os bloqueios de rodovias

O youtuber pró-Bolsonaro é foragido e foi localizado no México, mesmo pedindo que Alexandre de Moraes o buscasse em passeata

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 11/09/2021, às 05h00

Youtuber durante vídeo
Youtuber durante vídeo - Divulgação / Zé Trovão

Durante a tentativa de paralisar rodovias pelo Brasil em prol das manifestações pró-governo e contra o Supremo Tribunal Federal (STF), um líder caminhoneiro emergiu como um 'comunicador de massas', chamando atenção de diversos veículos de imprensa que cobrem a política nacional.

Com o apelido 'Zé Trovão', o youtuber Marcos Antônio Pereira Gomes deu voz a convocação dos atos antidemocráticos.

O codinome é relacionado com um antigo personagem do imaginário popular brasileiro. De acordo com a UOL, Marcos costuma se apresentar trajando um chapéu de vaqueiro, botas e ostentando um cinto de fivela grande como fez o personagem Zé Trovão, interpretado por Almir Sater na novela "A História de Ana Raio e Zé Trovão", sucesso da Rede Manchete em 1991.

Porém, o Zé Trovão bolsonarista não foi projetado nacionalmente pela TV, mas pela internet, onde acumulou mais de 40 mil seguidores no YouTube com o canal ‘Zé Trovão a voz das estradas” — pelo menos, até o canal ser retirado da plataforma de vídeo após diversas apurações da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Zé Trovão durante vídeo / Crédito: Divulgação / Youtube / Zé Trovão

 

Inimigos em comum

O canal, que começou mostrando a rotina das estradas brasileiras, foi rapidamente tomado por comentários do apresentador exigindo a exoneração de todos os ministros do STF, além de críticas à CPI da Covid e das Fake News, sempre estimulando a intimidação em prejuízos de escala nacional, como revelou o jornal O Globo.

Entre os ministros, dois alvos eram constantemente criticados nas publicações do caminhoneiro; o presidente do STF, Luiz Fux, e o ministro Alexandre de Moraes, constantemente desafiados em lives junto a outros blogueiros apoiadores do presidente, realizando ataques pessoais com ofensas e ameaças.

As tentativas resultaram no pedido de prisão do paulista, sendo autorizado pelo próprio Alexandre de Moraes no dia 3 de setembro, passando a ser foragido da Justiça Brasileira e impedido de continuar publicando coisas pela internet até cooperar com as investigações sobre os pedidos antidemocráticos.

Trovão foragido

Mesmo proibido de publicar novos vídeos, Zé Trovão driblou a queda de seu canal e participou de lives convocando a população aos protestos de 7 de setembro junto ao bloqueio de rodovias pelo país.

Ao ministro Alexandre, direcionou uma mensagem provocativa: “Que tal você mesmo vir à Paulista no dia 7 de setembro e me prender?”.

Apesar do pedido, o caminhoneiro sequer participou de algum dos protestos fisicamente. Enquanto eram realizados no feriado nacional, ele fugia das buscas no país, se direcionando ao México, onde ficou hospedado em um hotel na capital até ser avistado pelas autoridades locais após um contato da embaixada brasileira no país.

Após a localização, mudou o tom ameaçador para uma feição de desespero e desconforto, pedindo ajuda aos motoqueiros do país para novas motociatas a favor de sua futura libertação.

"Em alguns momentos, eu devo ser preso. Eu não vou mais fugir, chega. Eu tô cansado disso, tá. [...] Então em alguns momentos, provavelmente, a polícia vem aqui me recolher e vai me levar preso", completou em vídeo. 


+Conheça a política por meio de grandes obra disponíveis na Amazon:

Dias de Tormenta, de Branco di Fátima (2019) - https://amzn.to/3dPyJ0K

Notas sobre o anarquismo, de Noam Chomsky (2015) - https://amzn.to/3dpsoqc

Fogo e fúria: Por dentro da Casa Branca de Trump (eBook Kindle), de Michael Wolff (2018) - https://amzn.to/39i0ucy

Os bestializados: O Rio de Janeiro e a República que não foi (eBook Kindle), de José Murilo de Carvalho (2019) - https://amzn.to/3drezru

O lulismo em crise: Um quebra-cabeça do período Dilma (2011-2016) (eBook Kindle), de André Singer (2018) - https://amzn.to/2Uhw0ms

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W