Matérias » Monarquia

Conto de fadas que virou pesadelo: Como Diana e Charles se conheceram?

O Príncipe de Gales e Lady Di tiveram um dos relacionamentos mais polêmicos da história, que começou após um curioso reencontro

Isabela Barreiros, sob supervisão de Pamela Malva Publicado em 09/03/2021, às 18h00

Charles e Diana no dia de seu casamento
Charles e Diana no dia de seu casamento - Getty Images

Quase o oposto de um conto de fadas da vida real, o casamento entre o Príncipe Charles e Lady Di foi extremamente conturbado. Ao longo do relacionamento, pessoas ao redor do mundo se inspiravam na relação que parecia mais sonho que realidade. A verdade, porém, mostrou-se anos depois, com o divórcio e as revelações feitas pela própria Diana.

A história dos dois é contada até hoje, retratada inclusive na série “The Crown”, cuja quarta temporada introduziu a personagem da princesa e sua vida nem tão encantada. Lançada em novembro do ano passado, a etapa da produção tem como foco o casamento de Diana com Charlese a inclusão de Lady Di na realeza.

Por mais que já saibamos o final dessa narrativa, que contou com a morte da conhecida Princesa do Povo em 31 de agosto de 1997, existe muita curiosidade sobre como esse relacionamento começou. Afinal, como Diana e Charles se conheceram?

O casal real no anúncio do noivado, em 1981 / Crédito: Getty Images

 

Cupido do conto de fadas

Antes de namorar Diana, o Príncipe Charles, na verdade, teve um relacionamento com a irmã mais velha da futura princesa, Lady Sarah McCorquodale. Eles se conheceram em 1977, quando a jovem tinha 22 anos, e tiveram uma curta relação. 

Pouco se sabe sobre o caso entre eles, mas, conforme repercutido pela revista CLAUDIA, o membro da realeza teria terminado o relacionamento depois que Sarah espalhou “fofocas” sobre o casal para a mídia. Segundo a revista Harper's Bazaar, antes de o namoro terminar de fato, a mulher demonstrou à imprensa que a relação não iria durar.

No entanto, Sarah foi responsável por mudar o rumo da Família Real ao introduzir Charles para sua irmã mais nova, a jovem e deslumbrante Diana. Ela foi o cupido da relação, apresentando os dois ainda naquele ano, durante uma visita que o príncipe fazia a Althorp, casa ancestral da família Spencer. 

Na época, Diana tinha apenas 16 anos, enquanto o príncipe já estava quase na casa dos 30. De acordo com o jornal The Independent, Sarah inclusive teria afirmado, mais tarde, que não estava apaixonada por Charles — por isso ela não viu nenhum problema ao introduzir a irmã e o ex-namorado um ao outro. 

Para o príncipe, Diana era uma “jovem de 16 anos muito alegre, divertida e atraente”, além de “saltitante e cheia de vida”. Lady Di, por sua vez, lembrou sua primeira impressão durante uma entrevista feita em 1981. Na época, ela afirmou que, no momento em que se conheceram, achou o futuro marido “incrível”.

Charles e Diana no dia de seu casamento / Crédito: Getty Images

 

Anos depois

Embora o primeiro encontro tenha ocorrido em 1977, os dois não engataram um relacionamento logo após se conhecerem. Eles voltariam a conviver apenas três anos mais tarde, em meados de 1980, quando, enfim, começaram a ter um caso.

O membro da Família Real e Diana se reencontraram em 1980, na casa de um amigo do príncipe Philip, pai de Charles, pouco tempo depois do assassinato de Lord Mountbatten, uma pessoa próxima de Charles. Ele também tinha terminado um relacionamento há alguns meses.

A futura princesa, na época, sentia que o príncipe estava “solitário”, conforme é possível ouvir em uma fita privada lançada no documentário Diana: In Her Own Words (Diana: Em suas próprias palavras, em tradução livre). Ela simpatizava com a situação de Charles e, mais tarde, a princesa afirmou que eles continuaram conversando pelo resto da noite. 

Desde então, os dois começaram a se aproximar cada vez mais. Eles, inclusive, passaram um final de semana juntos em Sandringham, em novembro de 1980, o que já indicava que o relacionamento estava ficando mais sério. Um mês depois, Diana também viajou com o príncipe para uma fazenda da rainha em Norfolk.

O jornal The Age, na época, publicou um artigo em que dizia como esses encontros estavam “alimentando especulações de que planejavam se casar”. O que não era um problema para a família real, já que todos apoiavam o casal e incentivavam a união.

Foi assim que, em fevereiro de 1981, Charles pediu a mão de Diana em casamento, quando ela tinha apenas 19 anos. O dois se casaram no dia 29 de julho de 1981, na Catedral de São Pedro, contando com mais de 3.500 convidados. A magia, porém, não durou: em 1996, o casal se divorciou, após inúmeros conflitos e desentendimentos.


+Saiba mais sobre a família real britânica por meio das obras disponíveis na Amazon:

Diana. O Último Amor de Uma Princesa, de Kate Snell (2013) - https://amzn.to/2TgHgPO

The Queen: The Life and Times of Elizabeth II (Edição Inglês), de Catherine Ryan (2018) - https://amzn.to/2RhgNA7

God save the queen - O imaginário da realeza britânica na mídia, de Almeida Vieira e Silva Renato (2015) - https://amzn.to/2xTkiGd

Diana. O Último Amor de Uma Princesa, de Kate Snell (2013) - https://amzn.to/2TgHgPO

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7