Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Matérias / Texas

Crianças e professora mortas por um atirador: o que foi divulgado sobre o massacre

Episódio ocorreu na última terça-feira, 24, no Texas, EUA

Redação Publicado em 25/05/2022, às 10h09

Registro feito no local do massacre - Getty Images
Registro feito no local do massacre - Getty Images

Um ataque ocorrido em uma escola localizada em Uvalde, Texas, resultou na morte de, pelo menos, 19 crianças e dois adultos na última terça-feira, 24. Durante o brutal episódio, um homem de 18 anos entrou na escola armado e vitimou as crianças e os adultos, resultado num massacre.

O responsável pelo episódio é Salvador Ramos. Segundo Greg Abbot, governador do Texas, o autor dos ataques teria morrido após uma troca de disparos com as autoridades enquanto estava na escola. 

Além disso, o governador também informou que dois policiais envolvidos no episódio foram baleados, contudo, se encontram em situação estável até o momento. 

Getty Images

Vítimas tinham entre sete e 10 anos

A instituição de ensino, conforme repercutido pelo New York Times, conta com aproximadamente 500 alunos. No massacre, as vítimas correspondem a estudantes do segundo, terceiro e quarto ano, e tinham entre sete e 10 anos. O autor do episódio também foi responsável por tirar a vida de dois professores.

Outro dado relevante sobre a escola, é que 95% dos estudantes tem origem latino-americana. Além disso, 87% vem de famílias humildes.

Conforme apurado pela redação do site Aventuras na História, até o momento, o que teria motivado o ato não foi revelado pelas autoridades. Os policiais envolvidos no caso também acreditam que Salvador não contou com ajuda para realizar o massacre. 

Getty Images

Como foi o ataque

Antes de chegar na Robb Elementary School, Salvador Ramos conduzia uma caminhonete. O veículo caiu numa vala próxima da instituição de ensino. Em seguida, ele saiu da caminhonete e iniciou os disparos contra as vítimas.

Além disso, a BBC Brasil repercute que antes de deixar a sua residência, Salvador teria feito outra vítima: a própria avó. A senhora fora levada até um hospital e se encontra em estado grave.

Em entrevista à CNN, Erick Estrada, sargento que trabalha no Departamento de Segurança Pública do Texas explicou que as autoridades presenciaram como Salvador iniciou o ataque: ele saiu do veículo com um colete a prova de balas e carregava um rifle. Além disso, ele também contou com um revólver, um rifle AR-15 e carregadores potentes.

Getty Images

A AFP também relatou que um dos oficiais que trabalham na Patrulha de Fronteira dos Estados Unidos se encontrava próximo da escola e presenciou o tiroteio. Ele entrou na instituição e matou o autor do massacre.