Matérias » Música

Criatividade e royalties: A bizarra briga interna entre os membros do Queen

O episódio, iniciado por uma reação infantil do baterista, conseguiu dividir o grupo a ponte de quase causar a separação do conjunto

Wallacy Ferrari Publicado em 19/11/2020, às 13h41

Retrato do grupo Queen durante sessão fotográfica para o single 'Bohemian Rhapsody'
Retrato do grupo Queen durante sessão fotográfica para o single 'Bohemian Rhapsody' - Divulgação

Uma das maiores bandas do mundo contou com um conjunto de músicos de personalidade forte; Freddie Mercury, de presença enérgica nos vocais, Brian May, símbolo da guitarra, John Deacon, baixista e compositor de hits, e Roger Taylor, multi-instrumentista responsável pela percussão do Queen.

Juntos, escreveram sucessos para a notória banda formada na década de 1970 — mas se engana quem acredita que os membros tinham uma sintonia constante. Assim como os Beatles, as principais brigas dos membros da banda iniciaram no âmbito criativo, buscando maior projeção individual nos músicos.

Um dos primeiros embates internos relatados pelos membros era sobre o single de 'Bohemian Rhapsody', composta por Freddie para o disco 'A Night at the Opera'. Com o tamanho da faixa, os músicos tiveram de ser meticulosos para selecionar o lado B do vinil, iniciando um embate bizarro entre dois músicos.

Retrato do grupo Queen durante sessão fotográfica durante a década de 1970 / Crédito: Divulgação

 

Reação infantil

O labo B do lançamento teve a decisão inicial de ter a música 'The Prophet's Song', composta por Brian May. Roger Taylor, no entanto, odiou a escolha, solicitando que a faixa fosse substituída pela música "I'm In Love With My Car" — composta, arranjada e cantada pelo baterista.

Dada a importância que o grupo deu para a faixa de Brian, a sugestão de Taylor foi descartada, resultando em uma ação inusitada; o multi-instrumentista se trancou em um armário de cozinha e afirmou que não sairia até que a música fosse substituída, como noticia a Rolling Stone.

O grupo então se reunião em volta do móvel de louça onde o membro estava trancado e solicitou sua saída, que foi recusada até a promessa de que “I’m In Love With My Car” estaria no lado B do single. A promessa acabou sendo cumprida e, devido ao sucesso da faixa principal, a música de Taylor conseguiu pegar carona para alcançar novos ouvintes — resultando em uma briga ainda mais séria.

Roger Taylor e Freddie Mercury após concluir show do Rock in Rio / Crédito: Flickr / Comunità Queeniana

 

Conversa de gente grande

O LP contendo as duas faixas conseguiu uma vendagem recorde na época, rendendo uma quantia impressionante de royalties para os compositores das faixas. No entanto, May manifestou indignação e se uniu a Deacon, alegando que era injusto a distribuição de lucros pela ausência de uma composição deles.

Em entrevista à revista Guitar World, em 2019, o guitarrista teve a oportunidade de explicar como a rixa financeira quase encurtou a trajetória de sucesso do Queen. De acordo com ele a banda estava "sempre próxima de acabar" em decorrência ao estresse dos membros — mas enfatizou que, como uma família, cada um buscava o melhor do outro.

“Houve muitas discussões sobre quanta contribuição todos tiveram. Éramos como quatro pintores com um pincel cada um, mas apenas uma tela. Houve conflito, mas chegamos lá. Tínhamos um relacionamento familiar. Nem sempre foi legal, porque as famílias nem sempre são legais. Às vezes dizíamos coisas terríveis, mas tiramos o melhor de cada um”, concluiu.


+Saiba mais sobre o tema em grandes obras disponíveis na Amazon:

Freddie Mercury: A biografia definitiva, Lesley-Ann Jones (2013) - https://amzn.to/2RGcM9q

Queen nos bastidores, Peter Hince (2012) - https://amzn.to/2slRCm9

Queen, Phil Sutcliffe (2011) - https://amzn.to/2Pat1tC

A Verdadeira História do Queen, Mark Blake (2015) - https://amzn.to/2EaAjaE

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W