Matérias » Personagem

Cú Chulainn: conheça o Incrível Hulk da mitologia irlandesa

Famoso por sofrer uma metamorfose quando irritado, esse personagem que também se associava à cor verde acabou tendo um fim trágico

Joseane Pereira Publicado em 22/08/2019, às 08h00

None
- Reprodução

Entre os vários seres da mitologia irlandesa, o poderoso Cú Chulainn nos é um tanto familiar. Suas batalhas, contadas no antigo conjunto de prosa e verso chamado Ciclo do Ulster, retratam um ser forte e poderoso, associado à cor verde e que se transformava completamente quando irritado.

A Lenda

Originalmente chamado de Sétanta, esse herói era filho de Lugh, o grande deus dos Céus. Quando criança, ele foi atacado pelo cão de guarda do ferreiro Culain durante um banquete em sua residência. Surpreendentemente, a criança conseguiu se defender e subjugar o cão. Como o anfitrião do banquete ficou arrasado pela morte do animal, Sétanta se ofereceu para tomar seu lugar. Assim, o herói recebeu o nome de Cú Chulainn, ou o Cão de Culain.

Cuchulain em Batalha, ilustração de JC Leyendecker /
Crédito: Reprodução

 

Segundo a “Invasão de gado de Cooley”, conto lendário da literatura irlandesa, aos 17 anos Cú Chulainn precisou defender o condado de Ulster sozinho. Em meio a difíceis batalhas, o herói adquiria uma feição medonha e disforme: “(...) Seu coração explodia alto no peito, como o latido de um cão raivoso ou o som de um leão entre os ursos. Névoa maligna e jorros de fogo cintilavam nas nuvens vaporosas que subiam fervendo acima de sua cabeça”.

Em uma ocasião, ele precisou lutar com seu irmão adotivo, Fer Díad, convocado pela rainha Maeve. Apesar de sofrer vários infortúnios, ele conseguiu sobreviver se transmutando no ser terrível e poderoso. Mas, sendo atacado pelo clã inimigo de um poderoso feiticeiro, o herói acabou não resistindo e teve sua cabeça removida.

"A morte de Cu Chulain", ilustração de Stephen Reid /
Crédito: Reprodução

 

Mas, mesmo tendo morrido na mitologia, seu legado durou – e dura – muito tempo. Representando a história Irlandesa, Cú Chulainn é um símbolo de liberdade e transmutação do humano em animal, sendo associado ao verde da mesma forma que o famoso São Patrício da Irlanda.

Atualmente, Cú Chulainn tem ressurgido em álbuns do grupo de inspiração celta Horslip e também em um personagem da Marvel Comics que lutou contra os Guardiões da Galáxia. Mais um motivo para associá-lo ao nosso tão conhecido Incrível Hulk.