Matérias » Bizarro

A curiosa história da mãe que tentou se passar pela filha de 13 anos em uma escola

Casey Garcia queria provar que o sistema de segurança do colégio era falho e trazer mais atenção para a facilidade de ocorrer tiroteios escolares

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Alana Sousa Publicado em 08/06/2021, às 13h00

Casey mostra a prova da filha preenchida
Casey mostra a prova da filha preenchida - Divulgação / YouTube / Casey Garcia

Em meio ao um histórico lamentável de casos de tiroteios escolares, os Estados Unidos têm como uma de suas principais pautas a segurança nas escolas e o armamento, visando buscar uma solução para evitar novas ocorrências. De acordo com a revista EducationWeek, entre os anos de 2018 e 2020, 59 tiroteios vitimaram alunos estadunidenses dentro de instituições de ensino.

Buscando demonstrar a insegurança dos colégios norte-americanos, Casey Garcia, uma mãe de 30 anos residente do condado de El Paso, no estado do Texas, decidiu provar que não teria empecilhos em se passar pela própria filha, Julie, ao entrar no colégio Garcia-Enriquez Middle School, onde a garota de 13 anos estuda.

Sua missão ainda teria de retratar a tentativa em vídeo, se disfarçando com roupas da filha, tingindo o cabelo e usando uma máscara facial. A mãe, no entanto, não sabia que a passagem seria tão fácil e despercebida pelas autoridades da instituição, como registrou o portal UOL.

Dentro da escola

Logo ao entrar pela porta principal, ela circulou livremente nos corredores, filmando toda a ação. Uma professora rapidamente notou sua presença, mas sequer desconfiou de que não era uma de suas alunas, ordenando apenas para que a garota guardasse o celular.

Ao se orientar para a sala correta, conseguiu sentar em uma das carteiras e acompanhar as aulas. Sem empecilhos, realizou uma prova de matemática com um gorro e chegou a tirar a máscara para se alimentar.

Ainda conseguiu passear pelo pátio, usar os banheiros, abordar uma amiga da filha que já havia a visitado em casa e realizar algumas outras atividades. Casey só foi notada na última aula por outra aluna, antes de qualquer professor perceber.

Com o início dos burburinhos entre alunos, a diretoria foi avisada, conduzindo a mãe para a direção e, ao constatar a entrada, registrando a ocorrência. Contudo, não sabiam como proceder pela invasão, apenas liberaram a moça e suspenderam Julie.

Fotografia de Casey Garcia após ser detida / Crédito: Divulgação / El Paso County Sheriff's Office

 

Consequências da tentativa

A publicação viralizou na comunidade local, com Casey gravando um segundo vídeo de 12 minutos com explicações, rebatendo críticas de que havia sido inconsequente com o cadastro da filha e agradecendo apoiadores por demonstrar a falha no sistema de segurança: "A escola estava tão preocupada com o fato de meu telefone estar desligado que eles nem prestaram atenção em quem eu era".

Um terceiro vídeo, postado dois dias após a entrada, reportou a ida de policiais em sua residência. Na ocasião, ela foi detida por invasão criminosa pela entrada, adulteração de registros do governo ao responder a prova e a chamada pelo nome de outra pessoa, e também por uma infração de transito não especificada pelas autoridades.

A emissora norte-americana WYMT acrescentou que autuação pelas acusações acumuladas resultou na prisão de Casey, possibilitando a liberdade sob pagamento de fiança no valor de US$ 8 mil (cerca de R$ 40 mil).


+Saiba mais sobre histórias bizarras através das obras abaixo, disponíveis na Amazon:

Bizarre World (Edição em Inglês), de E. Reid Ross (2019) - https://amzn.to/3l7L9Bt

Os Ladrões Mais Idiotas do Mundo, de Simon Vigar (2008) - https://amzn.to/3cPQ2wj

30 histórias insólitas que fizeram a medicina, de Jean-Noël Fabiani (2019) - https://amzn.to/3cUfh0d

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W