Matérias » Entretenimento

Da pré-história ao século 21: “História da Amazônia” resgata processos sociais e históricos no seio da floresta

O livro de Márcio Sousa é um registro amplo dos eventos ocorridos na Amazônia, geralmente contados de forma fragmentária

Joseane Pereira Publicado em 29/07/2019, às 12h22

None
- Reprodução

Escrito pelo sociólogo, historiador e crítico literário Márcio Sousa, o livro História da Amazônia: do Período pré-colombiano aos desafios do século 21 apresenta uma síntese dos eventos ocorridos no território desde a época pré-colonial até a atualidade. Com linguagem agradável, o autor apresenta ao público uma síntese que revela a complexidade do processo histórico da região, e das relações sociais lá desenvolvidas.

O autor desloca a crença de que o início da história Amazônica se dá com a chegada dos europeus ao local, construindo uma ampla temporalidade em torno do território. Vistas em seu passado, presente e futuro, as centenas de etnias indígenas são colocadas em perspectiva com a história da dominação do território, das invasões europeias do século 16 até a economia extrativista e políticas de degradação ambiental da atualidade.

A capa do livro / Crédito: Editora Record

 

Confira abaixo um trecho do livro:

“Inventando a Amazônia

Entre a chegada dos primeiros europeus e o fim do sistema colonial, 250 anos se passaram. Foram tempos de conflito e de muito sangue derramado, em que o mundo acabou em horror e outro começou a ser construído em meio ao assombro. A Amazônia foi inventada nesse tempo, porque antes era a terra do verão constante, a terra em que se ia jovem e voltava velho, a terra do sem-fim, o mundo primevo da selva tropical e suas sociedades tribais densamente povoando a várzea e espalhando-se pela terra firme.

Em 250 anos, os europeus se mostraram extremamente repetitivos. Chegaram em busca de riqueza e se deram conta da falta de mão de obra. Assaltaram as populações indígenas, apresaram escravos, mas a carência de mão de obra persistiu. Esse ciclo começou muitas vezes com as populações indígenas pagando um preço elevado. Os colonizadores pensaram em construir uma unidade produtiva, mas só lograram demarcar uma fronteira econômica.”


História da Amazônia: do Período pré-colombiano aos desafios do século 21, Márcio Sousa, Editora Record, 391 páginas, R$ 54,90.