Matérias » Espaço

De briga com astronauta a desventura no mar: Episódios inacreditáveis envolvendo terraplanistas

Apesar de ser um fato comprovado cientificamente, muitos ainda acreditam que a Terra é plana. Assim, muito já foi feito para tentar provar a falsa teoria

Fabio Previdelli Publicado em 24/10/2020, às 09h00

Ilustração da Terra na visão de um terraplanistas
Ilustração da Terra na visão de um terraplanistas - Divulgação

Por mais que seja um fato comprovado cientificamente há anos, ainda existem inúmeras pessoas que acreditam que a Terra é plana. Para o grupo, a Terra em formato de globo não passa de uma conspiração promovida por governos, agências espaciais e empresas privadas - sim, em pleno século 21.   

Nos últimos anos, diversos defensores da Terra Plana se dedicaram com afinco para provar seu ponto de vista. Mas, apesar disso, tudo que conseguiram foram breves minutos de atenção. Mas afinal, até onde alguém já foi para provar que nosso planeta é achatado?  

Pensando nisso, separamos quatro  casos bizarros envolvendo terraplanistas. Confira abaixo.

1. Aventura em alto-mar 

O grupo afirma que, nas extremidades da Terra Plana, existe uma imensa barreira de gelo que impede as pessoas de caírem pelas beiradas. Sim, a afirmação é bizarra, mas vamos prosseguir. Assim, em agosto desse ano, na Itália, um casal decidiu viajar de barco em alto-mar em busca da “borda da Terra”.  

Porto de onde o casal teria saído / Crédito: Pixabay

 

Pois bem, parece que a ideia não deu muito certo, já que o casal, que saiu da Ilha de Lampedusa, no Mar Mediterrâneo, se perdeu no meio da viagem e teve que chamar o resgate dias depois.

“O engraçado nisso é que eles usaram uma bússola, que funciona de acordo com o magnetismo da Terra, um conceito que eles, como pessoas que acreditam na terra plana, deveriam rejeitar”, disse Salvatore Zichichi, médico que trabalha no Ministério da Saúde na Itália, que foi responsável por resgatar a dupla.


2. A discussão no Twitter 

Em janeiro, uma postagem da astronauta Jessia Meir causou uma imensa confusão nas redes sociais. Tudo começou quando ela publicou uma foto da visão do planeta Terra visto da Estação Espacial Internacional (ISS).  

Tweet de Jessica Meir / Créditos: Reprodução/Twitter

 

Como se pode imaginar, alguns terraplanistas a acusaram de mentir para bilhões de pessoas sobre o formato de nosso planeta, dizendo que ela editou a imagem. "Imagine mentir para bilhões de pessoas e fingir ser um astronauta. Sua vida deve ser péssima", disse um comentário.  

As respostas na publicação de Jéssica /Crédito: Twitter

 

Já outros acusavam Jéssica de utilizar uma lente curva, popularmente conhecida como olho de peixe. "Sim. São lentes olho de peixe. Faz a terra parecer redonda. Na verdade, a terra é plana!".


3. O cruzeiro da Terra plana 

O casal italiano citado anteriormente não foi o único que quis chegar até a borda da Terra. Isso porque, desde o ano passado, a Conferência Internacional da Terra Plana (FEIC, na sigla em inglês) planeja realizar um cruzeiro para constatar tal afirmação.  

O ponto mais controverso dessa missão é que o navio que irão usar utiliza um sistema de navegação baseado no fato de que a Terra é redonda: o GPS. “Se a Terra fosse plana, um total de três satélites já seria o suficiente para prover esse tipo de informação para todos. Mas não é, porque a Terra é redonda”, diz Henk Keijer, ex-capitão de navios de cruzeiros que viajou todo o globo por 23 anos. 


4. A morte de Mike Hughes 

Mike Hughes tentava, desde 2016, voar em um foguete feito por ele mesmo para provar que a Terra é plana. Sendo assim, muitos o alertavam que ele estaria arriscando a própria vida para tentar provar algo impossível. 

Terraplanista Mike Hughes ao lado de seu foguete / Crédito: Divulgação/ Facebook/ Mike Hughes

 

Ele ignorou, até que uma tragédia aconteceu. Em 22 de fevereiro desse ano, em mais uma de suas missões, Mike 'maluco', como era conhecido, se preparava para mais um voo, que tinha como objetivo chegar a uma altura de 1,5 quilômetros - a curvatura da Terra só pode ser vista a uma altura de 11 quilômetros.  

Porém, segundo o jornalista Justin Chapman, que observou o acidente junto à esposa, o foguete construído pelo terraplanista pareceu esfregar no aparelho que lançou o equipamento. Isso pode ter rasgado o paraquedas que aliviaria o impacto e podia ter impedido a morte de Hughes, que se espatifou no chão. 


++Saiba mais sobre a verdadeira relação do homem com o espaço através de grandes obras disponíveis na Amazon Brasil:

Neil Armstrong: A biografia essencial do primeiro homem a pisar na Lua, Jay Barbree, 2018 - https://amzn.to/2sI1sPS

100 passos até uma pegada: A incrível jornada cósmica do ser humano desde a antiguidade rumo à conquista da Lua, Lauro Henriques Jr., 2019 - https://amzn.to/2ZQbx9v

O Primeiro Homem: A vida de Neil Armstrong, James R. Hansen (Autor), Donaldson M. Garschagen (Tradutor), Renata Guerra (Tradutor), 2018 - https://amzn.to/2uiRp4x

Nenhum sonho está longe demais: Lições de vida de um homem que andou na lua, Ken Abraham (Autor), Buzz Aldrin (Autor), 2018 - https://amzn.to/2sJjAsM

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W