Matérias » Egito Antigo

De teste para descobrir sexo do bebê a métodos de contracepção: 5 práticas bizarras do Egito Antigo

Alguns costumes da civilização se sobressaem e demonstram o peculiar cotidiano da civilização

Isabela Barreiros Publicado em 16/04/2020, às 13h00 - Atualizado em 17/04/2020, às 13h00

Representação de uma pesagem do Livro dos Mortos
Representação de uma pesagem do Livro dos Mortos - Wikimedia Commons

1. Teste para descobrir o sexo do bebê

Essa questão provavelmente nunca passou por sua mente: como será que as mulheres descobriam o sexo de seus bebês em épocas antigas? Sem a tecnologia possível para realizar isso de maneira rápida, os métodos variavam conforme a localidade e suas tradições.

No Egito Antigo, por exemplo, isso acontecia de uma maneira muito peculiar: o teste consistia em urinar em sementes de trigo e cevada. Se a urina da grávida fizesse com que o trigo crescesse, era uma menina. Caso isso mal ocorresse na semente, seria um menino. Essa era uma prática muito comum durante o período.


2. Mumificação

A múmia Dama Jovem, possível mãe de Tutancâmon / Crédito: Wikimedia Commons

 

É muito comum que se associe a prática de mumificação de mortos com o Egito Antigo. Isso, no entanto, não diminui a estranheza da própria técnica utilizada para preservar corpos de pessoas que tiveram posições de poder durante o período. Como acreditavam em uma espécie de vida após a morte, fazia sentido que eles tivessem de permanecer reconhecíveis.

O procedimento envolvia uma lavagem geral do corpo, remoção dos órgãos, — exceto o coração —, desidratação, aplicação de substâncias aromáticas e óleos, preenchimento do cadáver com serragem e plantas secas, até que, enfim, ele fosse enfaixado com ao menos 20 tiras de linho engomado.


3. Contracepção

Seguindo o mesmo raciocínio, a tecnologia utilizada para a prevenção de gravidez utilizada nos dias de hoje não surgiu faz muito tempo. Durante muitos séculos, as mulheres tiveram de criar suas próprias maneiras de contracepção.

Excrementos de crocodilos e, por vezes, elefantes, eram misturados com mel e ervas e tinham como intuito evitar gravidezes no Egito Antigo. Esse composto era colocado nos órgãos sexuais durante a prática sexual.


4. Incesto

Faraó Aquenáton / Crédito: Wikimedia Commons 

 

O incesto era uma prática muito comum no Antigo Egito, principalmente nas famílias faraônicas. Egiptólogos acreditam que isso acontecia dentro da dinastia real para manter a “pureza” de seu sangue, além de perpetuar o controle da própria família no poder.

Os pais de Tutancâmon, por exemplo, eram irmãos, o que provavelmente fez com que ele desenvolvesse doenças envolvendo desequilíbrios hormonais, falhas congênitas e, ainda, deformidades físicas. Cleópatra, outra figura importante do período, também manteve relacionamentos incestuosos com dois de seus irmãos.


5. Penas de morte

No Egito Antigo, a prática da pena de morte era muito utilizada para punir crimes cometidos na região. Implementadas pelos mais diversos faraós, as punições poderiam ser tanto fatais quanto não fatais, — neste caso, envolvendo tortura.

Quanto às condenações letais, as mais comuns eram o empalamento, que consiste em atravessar uma estaca no corpo da vítima, e, ainda, queimar a pessoa viva. As punições eram muito cruéis e não poupavam o dito “criminoso”.


+Saiba mais sobre o Egito antigo por meio das obras disponíveis na Amazon

História do Egito Antigo, Nicolas Grimal (2012) - https://amzn.to/2TlfWQi

As Dinastias do Antigo Egito: A História e o Legado dos Faraós desde o Início da Civilização Egípcia até a Ascensão de Roma, Charles River (2019) - https://amzn.to/2Tlggyu

Egito Antigo, de Stewart Ross (2005) - https://amzn.to/2vzQa1b

Desvendando O Egito, de Sergio Pereira Couto (2008) - https://amzn.to/3aZcz8l

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du