Matérias » Brasil

Decreto 34: Há 82 anos, Getúlio Vargas extinguia todos os partidos

A existência de um regime em que governava sem nenhum partido foi a peça final para estabelecer o Estado Novo

André Nogueira Publicado em 02/12/2019, às 12h49 - Atualizado às 12h50

Getúlio Vargas foi o mais próximo que tivemos do fascismo
Getúlio Vargas foi o mais próximo que tivemos do fascismo - Getty Images

Os anos 1930 foram marcados, no mundo inteiro, pelas ditaduras ultranacionalistas e militarizadas. No Brasil, não foi diferente. Ao contrário do fascismo europeu, em que o Partido Único era essencial no incentivo ao totalitarismo, na mão de Getúlio, isso não aconteceu. Afinal, sequer um partido Vargas tinha para governar.

Getúlio em Porto Velho / Crédito: Wikimedia Commons

 

Em novembro de 1937, o revolucionário gaudério deu um golpe de Estado e estabeleceu o Estado Novo e, em algumas semanas, acomodou o necessário para uma ditadura estruturada. 

Em 2 de dezembro, através do Decreto número 34, Vargas extinguiu todos os partidos políticos do país. Depois de fechar o congresso, estabeleceu uma estrutura de governo em que ele comandava o país sem um partido, mas baseado na sua figura pessoal. 

Chegada de Vargas em Recife, 1940 / Crédito: Wikimedia Commons

 

Depois que foi anunciado o Plano Cohen e a tomada de poder por Vargas, com a outorgação de uma nova Constituição, foi estabelecido que o presidente teria controle total sobre o Poder Executivo, mas que ainda haveria o Legislativo autônomo. Entretanto, o encerramento do Congresso e a extinção dos partidos foram em contramão a essa promessa.

Assim, a lógica geral do Estado Novo já estava implementada, e o governo Vargas só teria sua primeira queda em 1945, ano em que os partidos voltaram a existir.


+ Saiba mais sobre o Estado Novo pelas obras abaixo:

1 Diário, de Getúlio Vargas, em 2 volumes - https://amzn.to/2qKdYNK

2 Getúlio (1930-1945): do governo provisório à ditadura do Estado Novo, de Lira Neto - https://amzn.to/36SwTX8

3 Gilberto Freyre e o Estado Novo: Região, Nação e Modernidade, de Gustavo Mesquita - https://amzn.to/2q4XS15

4 1937: o Golpe que mudou o Brasil, de Natonio L. Araújo - https://amzn.to/34QFUy8

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.