Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Matérias / Curiosidades

Derinkuyu, a cidade subterrânea da Turquia em 5 curiosidades

Descoberta ao acaso em meio à reforma de uma residência na Capadócia, a gigantesca urbe do submundo surpreende

Redação Publicado em 12/06/2022, às 08h00

A cidade de Derinkuyu, na Turquia - Nevit Dilmen via Wikimedia Commons
A cidade de Derinkuyu, na Turquia - Nevit Dilmen via Wikimedia Commons

Já imaginou descobrir uma cidade inteira dentro da sua casa? Isso aconteceu com um morador da Capadócia, na Turquia, que, em 1963, decidiu derrubar uma mureta no porão de sua residência durante uma reforma e não poderia ter sido mais surpreendido, conforme documenta a obra 'Lost Civilizations The Secret Histories and Suppressed Technologies of the Ancients', de Jim Willis, 2019.

O muro mostrou uma sala secreta, que levou até um túnel subterrâneo que parecia não ter fim. Na verdade, o fim era simplesmente a cidade subterrânea de Derinkuyu, uma das 40 regiões sob o solo conhecidas do país.

Pensando nisso, a equipe do Aventuras na História separou 5 curiosidades sobre Derinkuyu.

1. Estrutura da cidade

Lugar que era uma escola em Derinkuyu / Crédito: Martijn Munneke via Wikimedia Commons 

Após ter ficado escondida durante anos, a gigantesca urbe do submundo foi finalmente trazida à tona de novo, revelando seus oito quilômetros de comprimento construídos a 85 metros de profundidade.

Em vez de ser uma simples caverna, o local contava com condições que permitiam a habitação de famílias, como casas, água fresca, estábulos, locais de culto, escolas, vinícolas e prensas de óleo, sistema de ventilação, lojas de alimentos e muito mais.


2. Habitantes misteriosos

Acredita-se que a cidade tenha sido construída no século 7 a.C. e tenha abrigado cerca de 20 mil pessoas enquanto ainda era utilizada. No entanto, dizer quem habitou a caverna, de fato, é um pouco mais complicado do que parece.

Pesquisas apontam que os hititas, governantes da Península Turca, podem ter ocupado o local há mais de três milênios, e deixado a região após os frígios, de uma tribo da Trácia, dominarem a área logo em seguida. Ainda é possível que os frígios tenham construído Derinkuyu em primeiro lugar.


3. Fugindo de inimigos

Parte da cidade na Turquia / Crédito: Nevit Dilmen via Wikimedia Commons

Vivendo a 18 andares debaixo da terra, é possível que a cidade tenha sido construída com o propósito de proteção. Na época, os povos viviam fugindo de guerras e invasões, o que poderia explicar a configuração peculiar de labirinto da caverna a fim de confundir inimigos.

Além do arranjo complexo, a caverna de difícil rastreamento também era equipada com sistemas que visavam impedir a entrada de intrusos, como portas de pedra maciças e rolantes.


4. Era glacial

A cidade subterrânea de Derinkuyu, situada na província de Nevþehir, era uma verdadeira fortaleza — seria capaz de manter qualquer inimigo do lado de fora, sendo ele um povo ou, talvez, o próprio frio.

Uma hipótese pensada por cientistas é de que os moradores do local se protegeram ali contra alguma era glacial, visto que a temperatura dentro da caverna sempre está em por volta de 13º, independente do clima da superfície.


5. Não é a única

Cidade subterrânea na Capadócia / Crédito: Divulgação/Youtube/Bery Istanbul Tips

Além de Derinkuyu, existem mais cerca de 40 regiões subterrâneas conhecidas na Capadócia. A cidade é a mais profunda de todas elas e cerca de 10% dela pode ser conhecida por turistas que a visitam todos os anos.

As áreas construídas sob o solo da Turquia só foram possíveis em decorrência de erupções vulcânicas que ocorreram há milhões de anos, cujas camadas de cinzas acumularam, resultando em rochas estáveis que puderam ser esculpidas pelos moradores das regiões.