Matérias » Bizarro

Descoberto em 2017 na Antártida: o bolo que permaneceu preservado mesmo após 106 anos

O alimento foi encontrado dentro de uma cabana antiga por um grupo que atua pela preservação do continente gelado

Giovanna Gomes, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 21/03/2021, às 09h00

O bolo foi encontrado dentro de um recipiente enferrujado
O bolo foi encontrado dentro de um recipiente enferrujado - Divulgação/Antarctic Heritage Trust

No ano de 2017, um grupo de ativistas membros do órgão neozelandês Antarctic Heritage Trust (AHT), que atua pela preservação da Antártida, estava no Polo Sul quando encontrou um item inusitado: um bolo de frutas secas de 106 anos de idade.

Conforme repercutido pela Superinteressante na época, o alimento, que logo chamou a atenção da equipe, estava dentro de um recipiente feito de estanho, em meio a cerca de outros 1,5 mil itens, os quais foram esquecidos por diversas pessoas que visitaram a região ao longo dos anos. Todos eles estavam dentro de uma antiga cabana.

A construção, localizada no cabo Adare, data de 1899, quando um grupo de noruegueses visitou o continente e criou o abrigo. Mais tarde, em 1911, o local foi utilizado pelo famoso explorador britânico Robert Scott e sua equipe.

Robert Scott teria levado o bolo para o local - Crédito: Domínio Público

 

Lá, os ativistas encontraram inúmeros alimentos como pedaços de carne e peixe em processo de decomposição, além de potes de geleia. Também foram localizados objetos diversos como ferramentas, roupas e pinturas retratando os animais locais.

Como o bolo foi parar na Antártida?

Acredita-se que a sobremesa tenha sido levada ao continente gelado por Scott durante sua expedição à Terra Nova. Infelizmente ele, que também era oficial da marinha, acabou por falecer na viagem de volta junto a outros três companheiros devido ao intenso frio que enfrentaram.

O bolo, no entanto, permaneceu preservado dentro da lancheira, que, por sua vez, não saiu imune a um processo de oxidação, apesar de ainda possuir parte da pintura centenária.

O bolo foi encontrado no ano de 2017 - Crédito: Divulgação/Antarctic Heritage Trust

 

Alimento bem preservado

“Tinha um cheiro de manteiga rançosa muito, muito leve; tirando isso, o bolo parecia comestível!”, afirmou em um comunicado, Lizzie Meek, quem administra os artefatos históricos da AHT. “Não há dúvidas de que o frio extremo da Antártida ajudou a preservá-lo,” prosseguiu.

“Dá quase para comer”, disseram outros pesquisadores.

Segundo Meek, a equipe teve de remover a ferrugem da lata em que estava a sobremesa e realizar um tratamento no objeto a fim de evitar que ele corroesse ainda mais. Apesar de a embalagem ter passado por procedimentos químicos, o alimento não foi submetido a qualquer processo.

Como a cabana é considerada um patrimônio histórico, o recipiente com o bolo, assim como os demais objetos históricos encontrados, foi devolvido ao local logo após a restauração.

O bolo foi encontrado preservado - Crédito: Divulgação/Antarctic Heritage Trust

 

Como sabemos que o bolo foi levado pelo aventureiro britânico?

Foi possível descobrir a origem da guloseima a partir de documentos dos preparativos da viagem de Scott e sua equipe, nos quais o alimento é citado. Assim ficamos sabendo que se trata de um uma sobremesa produzida pela empresa britânica Huntley & Palmers, a qual ainda permanece ativa e possui sede em Reading, cidade próxima à capital Londres.

Na época da descoberta, a própria companhia tinha a seguinte frase escrita em seu site: “Nossas latas aparecem nos lugares mais inesperados,” reconhecendo sua participação na história. Além disso, a marca ainda lembrou que, “em 1904, os primeiros europeus a visitarem a cidade sagrada de Lhasa, no Tibet, foram recebidos com biscoitos Huntley & Palmers.”


+ Saiba mais sobre expedições à Antártica por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

South: The Story of Shackleton's Last Expedition 1914-1917 (English Edition), Ernest Shackleton (2019) - https://amzn.to/2LSELyo

South: The Illustrated Story of Shackleton's Last Expedition 1914-1917, Vários Autores (2019) - https://amzn.to/3e89aoD

The Endurance: Shackleton's Legendary Antarctic Expedition, Vários Autores (1998) - https://amzn.to/2yoUL8g

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W