Matérias » Esportes

Douglas vs. Tyson: Há 29 anos, a queda do “Homem Mais Malvado do Planeta”

Tyson, o mais brutal e intimidante lutador, campeão invicto, tombou para um desconhecido. E depois tombou em outros sentidos

Alana Sousa e Letícia Yazbek Publicado em 10/02/2019, às 10h00

Mike Tyson é nocauteado por Buster Douglas
Mike Tyson é nocauteado por Buster Douglas - Reprodução

Era 11 de fevereiro de 1990 quando o público do Tokyo Dome, Japão, esperava ansiosamente pela entrada de Mike Tyson no ringue. Tyson era campeão invicto e indiscutível dos pesos pesados ​​do mundo, e considerado na época como o melhor lutador entre todas as categorias.

Seu oponente era Buster Douglas, até então desconhecido. Conquistou, após uma série de seis vitórias consecutivas, a oportunidade de lutar com Tyson.

A vitória de Tyson já era dada como certa. Grande parte das pessoas considerava esta luta como uma luta de aquecimento antes de enfrentar o também invicto Evander Holyfield. Sua equipe não estava preparada para uma possível derrota, deixando de levar até pacotes de gelo, geralmente equipamento padrão para uma briga.

Apesar da pressão pública e a perda da mãe 23 dias antes da luta, Douglas se mostrava confiante. Começou a luta atacando o oponente, se mostrando mais ágil e eficaz que Tyson. Ao fim do terceiro round, Jay Bright, co-treinador de Tyson gritou para ele: "Não fique aí parado olhando para ele, você tem se mexer!".

Nos rounds que seguiram houve uma melhora, e Tyson conseguiu encaixar alguns golpes em Douglas, equilibrando a luta. Ao fim do oitavo round, Tyson encaixou seu golpe mais eficiente: um belo soco de direita que levou Douglas ao chão. Depois de uma contagem de 9 segundos, Douglas ficou de pé e se mostrou pronto para enfrentar os dois rounds finais.

O décimo round foi marcado pelo cansaço dos dois lutadores, porém, Douglas conseguiu acertar uma série de golpes que desestabilizaram Tyson. Um soco acertou em cheio Tyson, que cambaleou. Antes que ele pudesse se recuperar, Douglas acertou mais quatro socos na cabeça, derrubando Tyson pela primeira vez em sua carreira. Mike Tyson tentou se levantar, mas o árbitro encerrou a luta, que se tornou uma das maiores surpresas da história do esporte.

Veja os melhores momentos da luta:

A derrota deu início a um período turbulento na carreira e vida do famoso lutador. Em 1992, Tyson foi condenado por estupro. De sua sentença de seis anos, cumpriu apenas três e foi liberado, dando continuidade à carreira. 

Tyson passou a ser conhecido por seu comportamento selvagem, e recebeu o título de "Homem Mais Malvado do Planeta". Em 2006, anunciou sua aposentadoria, mas manteve a atitude agressiva também fora dos ringues. Três anos depois, foi processado por agredir o fotógrafo Antonio Echevarria, no Aeroporto Internacional de Los Angeles. Tyson chegou a ser preso pela agressão, mas a promotoria o liberou, alegando provas insuficientes.