Matérias » Crimes

Dupla fatal: os brutais crimes do casal Charles Starkweather e Caril Ann Fugate

Em 1958, o casal foi acusado de ter matado ao menos 11 pessoas em Nebraska e Wyoming, nos Estados Unidos

Victória Gearini | @victoriagearini Publicado em 20/04/2021, às 17h05

Charles Starkweather e Caril Ann Fugate, respectivamente
Charles Starkweather e Caril Ann Fugate, respectivamente - Divulgação / Youtube / Freak TV

Em 1958, os estados de Nebraska e Wyoming, ambos localizados nos Estados Unidos, foram aterrorizados por matanças desenfreadas. As investigações da época apontaram Charles Starkweather, de 19 anos, e sua namorada Caril Ann Fugate, de 14 anos, como os responsáveis pelos crimes.

De acordo com o site All that's interesting, durante dois meses, o casal adolescente matou ao menos 11 pessoas em Nebraska e Wyoming. Acima de quaisquer suspeitas, os jovens escondiam uma face sombria. 

Turbulenta juventude 

Nascido em 24 de novembro de 1938, em Nebraska, Charles Starkweather tinha uma vida relativamente estável como um garoto de classe média. Contudo, após seu pai enfrentar problemas de saúde e ficar desempregado, sua mãe passou a trabalhar como garçonete, para ajudar na renda familiar, durante o período de crise.

Charles Starkweather, em 1958 / Crédito: Wikimedia Commons

 

Já no âmbito escolar, o garoto sofria bullying de seus colegas, devido às pernas ligeiramente arqueadas e problemas na fala. Para extravasar sua raiva, ele encontrou nas aulas de ginástica uma válvula de escape.

Na adolescência, abandonou os estudos. Nesta mesma época, o rapaz foi contratado para trabalhar em um jornal, onde conheceu sua futura namorada, Caril Ann Fugate.

O casal foi apresentado pela ex-companheira de Starkweather, que era a irmã mais velha de Fugate. Devido a diferença de idade, qualquer relacionamento entre eles seria considerado estupro perante a lei — mesmo consensual. 

Logo os adolescentes se apaixonaram um pelo outro. Contudo, o relacionamento não foi aprovado pelos pais da garota, que proibiram o namoro. 

Natureza criminosa 

Pouco tempo depois, Starkweather começou a trabalhar com coleta de lixo. No entanto, durante o trabalho, ele passou a cometer assaltos nas casas da região. Em seguida, a natureza criminosa do rapaz foi revelada ao cometer seu primeiro homicídio.

De acordo com o All that's interesting, no dia 30 de novembro de 1957, o jovem tentou comprar um bicho de pelúcia. Após ter a compra negada, ele assaltou o atendente e o levou para a floresta, onde o matou.

Charles Starkweather e Caril Ann Fugate, respectivamente / Crédito: Divulgação / Youtube / Freak TV

 

Um ano depois, ele decidiu visitar a sua grande paixão, Caril Ann Fugate. Contudo, após ser confrontado pela família da namorada, o serial killer assassinou os parentes da jovem — nem a meia-irmã de dois anos da garota escapou, sendo estrangulada e esfaqueada até a morte pelo cunhado.  

Nos dias seguintes, o casal permaneceu na casa e colocou placas em volta da residência afirmando que toda a família Fugate estava gripada, portanto, ninguém deveria se aproximar do local. 

A insólita fuga 

Conforme noticiou o All that's interesting, Starkweather estava apreensível de levantar suspeitas. Portanto, decidiu se abrigar na casa de um amigo da família, August Meyer, de 70 anos. Na ocasião, o idoso e o seu cachorro foram mortos com tiros de espingarda. 

Em seguida, o serial killer sentiu que deveria fugir novamente. Contudo, durante a fuga estratégica, o carro ficou preso na lama. Dois jovens que andavam pela região, Robert Jensen e Carol King, ofereceram ajuda. 

Starkweather, por sua vez, atirou no rapaz e tentou estuprar a outra jovem. Sem obter resultados, ele finalizou o brutal crime com um disparo que atingiu a vítima. 

Charles Starkweather e Caril Ann Fugate, em retrato / Crédito: Divulgação / Youtube / Freak TV

 

Na próxima parada, eles esfaquearam a empregada do industrial C. Lauer Ward, chamada Lillian Fencl. Em seguida, o assassino matou o cachorro da família, esfaqueou a esposa do proprietário, Clara, e, por fim, atirou em Ward

Durante mais uma fuga, eles encontraram Merle Collison. Para roubar o carro da vítima, eles atiraram contra ela. De acordo com o All that's interesting, Starkweather revelou, mais tarde, que Fugate foi a responsável pelo disparo. Contudo, a jovem negou esta e outras acusações.

Já em Wyoming, o carro da última vítima parou de funcionar. Neste momento, Joe Sprinkle, um motorista que passava pelo local, ofereceu ajuda. O assassino, por sua vez, o ameaçou. Entretanto, o assistente do xerife, William Romer, interveio no crime. Após uma longa perseguição, o casal foi detido pelas autoridades.

O julgamento 

Ao longo das investigações, o serial killer mudou o seu depoimento por diversas vezes. Os advogados de defesa do criminoso tentaram alegar, ainda, que ele tinha insanidade mental e por isso teria cometido os assassinatos.

No entanto, o júri o condenou pela morte de pelo menos 11 pessoas, o setenciando a pena de morte. No dia 25 de junho de 1959, Charles Starkweather foi executado na cadeira elétrica.

Caril Ann Fugate, sempre negou a sua participação na série de assassinatos. A jovem afirmou que foi feita de refém pelo namorado. No entanto, o juiz a contestou, alegando que ela teve várias chances de fugir, mas não fez isso. Portanto, no dia 21 de novembro de 1958, ela foi condenada à prisão perpétua. 

Após 18 anos de prisão, a mulher foi libertada. Mais tarde, ela casou-se e mudou seu sobrenome. Já em 2020, aos 76 anos, ela recorreu ao pedido de perdão do estado de Nebraska, no entanto, teve o recurso negado pelas autoridades. 


+Saiba mais sobre serial killers por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Psicopata Americano, de Bret Easton Ellis (2020) - https://amzn.to/34yE1t1

Serial Killers - Anatomia do Mal: Entre na mente dos psicopatas, de Harold Schrechter (2019) - https://amzn.to/39YVlGK

De frente com o serial killer, de Mark Olshaker e John E. Douglas (2019) - https://amzn.to/2UX47R4

Lady Killers: As mulheres mais letais da história, de Tori Telfer (2019) - https://amzn.to/3c7BoPb

Mindhunter: O Primeiro Caçador de Serial Killers, de John Douglas e Olshaker Mark (2017) - https://amzn.to/2xccb7L

Ted Bundy: Um Estranho ao Meu Lado, de Ann Rule (2019) - https://amzn.to/3cauuc9

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W