Matérias » EUA

Acumuladora compulsiva: Edith Bouvier a não tão conhecida prima de Jacqueline Kennedy

Vivendo isolada ao lado da mãe em Nova York, Bouvier era rodeada por lixo

André Nogueira Publicado em 07/09/2020, às 09h00

Edith Bouvier
Edith Bouvier - Wikimedia Commons

Caroline Lee Radziwill instigou dois cineastas (Albert e David Maysles) quando os chamou na mansão onde vivia para a realização de um documentário. Ela, que era irmã mais nova da ex-primeira dama Jacqueline Kennedy, queria divulgar a realidade das socialites da família Bouvier.

Os cineastas amaram a oportunidade. Entretanto, ao chegarem no local das gravações, se depararam com um cenário bizarro: longe de ser puro luxo, a Grey Gardens, uma mansão de 28 quartos em Nova York, frequentada pela família nos fins de semana, estava deteriorada, repleta de animais, como gambás e ratos, latas vazias e muito lixo. Era como uma montanha de entulhos. 

Mãe e filha /Crédito: Wikimedia Commons

 

Entre as socialites, estavam Edith Bouvier e sua filha, que eram respectivamente tia e prima de Jackie Kennedy, que foi esposa de John F. Kennedy. As duas moças decidiram se isolar definitivamente do mundo. Como consequência, ficaram 10 anos trancadas em casa. Assim, passaram a acumular muitos objetos, de maneira compulsiva.

Essa situação deplorável rendeu imagens para o documentário Gray Gardens, de 1975, e a história das socialites reclusas vivendo no lixo tornou-se sensação. 

O casarão nem sempre foi um reduto de acúmulos. A Grey Gardens, na década de 1920, era um espaço onde a dona organizava reuniões de elite das socialites da cidade, enquanto o marido Phelan Beale entretia empresários. 

Edith queria ser cantora, mas nunca teve apoio, o high society se cansou da excentricidade da anfitriã e passou a realizar reuniões sem a sua presença. Quando se divorciou, a casa passou a estar em seu nome.

A mansão abandonada / Credito: Getty Images

 

Isolamento total

Com a família distante e sem atenção de suas antigas amigas, Big Edie entrou em depressão. Cada vez mais sem dinheiro, ela não conseguia manter a manutenção da mansão. Assim, chegou num nível que ela teve que implorar para a filha voltar a morar com ela. Realmente aconteceu.

Mãe e filha viveram por 20 anos isoladas na montanha de lixo. Nenhuma das duas conseguia gerar uma renda suficiente para manter a casa, obrigando-as a vender toda a prataria.

Em 1971, o Departamento de Saúde local foi chamado e invadiu a casa para uma averiguação: as condições do lugar eram insalubres e a construção violava vários regulamentos. A quantidade de lixo e fezes no lugar também surpreendeu os agentes de saúde, que obrigaram mãe e filha a limpar e consertar a casa para não serem despejadas.

Interior deteriorado da casa / Crédito: Getty Images

 

A mãe gastou uma fortuna, que era praticamente inexistente, na restauração da mansão. O dinheiro só seria recuperado após a filmagem de mais um documentário no fim dos anos 1970, que rendeu 5 mil dólares para cada uma. Em 1977, a mãe morreu e a filha conseguiu voltar à sociedade.

A filha de Edith abandonou a enorme mansão e tentou seguir a vida no cabaré, ficando assim por dois anos. Então, ela vendeu a mansão e passou a viver sem luxo em Southampton. Mas não era permanente. Passou por diversos outros lugares dos EUA e do Canadá, antes de se estabelecer na Flórida, onde passou os seus anos finais escrevendo poesias. Viveu tranquilamente até 2002, quando morreu aos 84 anos.


++Saiba mais sobre os Kennedy através de grandes obras disponíveis na Amazon Brasil:

Os últimos dias de John F. Kennedy, por Martin Dugard- https://amzn.to/35dWDfo

John F. Kennedy, por Hourly History (2017) - https://amzn.to/2PAtBjx

Marilyn e JFK, por François Forestier (2009) - https://amzn.to/2Pc440T

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W