Matérias » Curiosidades

Neste dia, em 1903, uma elefanta era eletrocutada em praça pública

Topsy foi “condenada” pela morte de tratadores e morta num espetáculo grotesco; aviso: imagens (e vídeo) perturbadores

Mariana Ribas Publicado em 04/01/2019, às 09h00 - Atualizado às 14h06

Entenda
Getty Images

No dia 4 de janeiro de 1903, uma elefanta que foi eletrocutada brutalmente até a morte era o centro das atenções em um circo em Coney Island, Nova York. O acontecimento que se tornou uma história popular muito conhecida,e muitos ainda acreditam que tudo foi causado pela guerra das correntes, uma guerra entre a corrente contínua de Thomas Edison - conhecido hoje pela invenção da lâmpada elétrica incandescente - e a corrente alternada de Nikola Tesla.

Mas os historiadores afirmam que não foi bem isso que aconteceu. A elefanta que se chamava Topsy, logo após nascer, em mais ou menos 1875, foi levada para a manada que participava dos espetáculos de um circo chamado Forepaugh. O circo, como a maioria, sempre deu um jeitinho de fazer com que tudo fosse especial, e contavam histórias inventadas, como a de que Topsy era a primeira elefanta a nascer na América, o que fez com que o animal ficasse reconhecido pela população.

Topsy sendo eletrocutada Wikimedia Commons

Topsy nasceu para ser livre, não admitia ser domada e tinha uma personalidade forte que a fez matar três de seus domadores, um deles era um bêbado que á alimentava com cigarros acesos.  Em 1902, a rebeldia da elefanta fez com que ela matasse um espectador que foi assistir seu espetáculo, e assim se gerou uma reputação de maldição sobre o animal, e fez com que seus donos tomassem uma atitude.

O video algo perturbador de 1903

Diferente do que dizem, não foi Thomas Edison que matou o pobre animal –até porque a guerra das correntes aconteceu dez anos depois da execução de Topsy-  e sim dois empresários que haviam se tornado donos da elefanta, Frederick Thopmson e Elmer Dundy. No mesmo ano, os dois planejaram uma morte por enforcamento lento e doloroso em forma de um grande espetáculo, afinal, eram dois grandes publicitários que sabiam fazer isso muito bem. Mas graças a Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade a Animais o evento foi barrado.

Só que um ano depois, os dois empresários fizeram um pequeno espetáculo - restrito apenas para a imprensa e espectadores importantes – onde a elefanta foi executada do modo mais cruel: Inicialmente foi envenenada, depois eletrocutada e estrangulada. A história ficou esquecida por mais de 70 anos, e só agora que vem sendo desvendado alguns mitos sobre a morte de Topsy. As imagens e videos que foram captados pela imprensa da época são faceis de encontrar.