Matérias » Curiosidade

Enganou até a imprensa: A verdade por trás da foto da ratazana gigante de Londres

Em 2016, a fotografia tirada na capital inglesa chamou a atenção de portais de notícias do mundo inteiro — que tiveram de se retratar por um erro bobo

Wallacy Ferrari Publicado em 22/09/2020, às 08h59

Eletricista segura rato gordo com pinça mecânica
Eletricista segura rato gordo com pinça mecânica - Divulgação

Em março de 2016, uma fotografia amplamente compartilhada pela internet — e posteriormente por diversos portais de notícias — revelou um suposto fenômeno biológico nas ruas de Londres. Enquanto encerrava uma jornada de trabalho, um eletricista se deparou com um animal peludo, grande e gordo, fazendo questão de se aproximar.

Ao chegar, teve certeza de que se tratava de uma ratazana, mas com características nunca antes vistas na história da ciência moderna. Com o auxílio de uma pinça mecânica de manutenção, o homem agarrou o animal e, junto ao amigo Tony Smith, realizou um registro fotográfico do roedor pendurado.

Quando compartilhada nas redes sócias, a foto viralizou em poucas horas, rendendo entrevistas e a procura pelo animal nas ruas da capital inglesa. Em entrevista ao jornal Standart, Tony afirmou que iria jogar o animal no lixo, mas registrou os momentos finais: “Pensamos que antes deveríamos tirar uma foto, porque ninguém ia acreditar que era verdade”.

Fotografia registra proporções de ratazana tentando embasar explicação ciêntifica / Crédito: Divulgação / Twitter

 

Desconfiança científica

Na mesma entrevista do fotógrafo amador, a altura do animal foi atribuída a mais de um metro de altura, sendo descrita como maior que "sua gata e seu cachorro da raça Jack Russel juntos". Com isso, seu peso proporcional também seria algo próximo aos animais domésticos citados, com cerca de 10 quilos. Tais medidas foram suficientes para levantar dúvidas.

Na área da biologia, seria um achado impressionante, visto que a maior ratazana já vista, originária da Zâmbia, pesa aproximadamente 1,5 quilos e não mede nem um metro de comprimento. Com isso, a possibilidade de ser uma montagem ou uma fotografia contruída foi levantada por diversos pesquisadores.

Em entrevista à BBC, a professora, Jane Hurst, do Instituto de Biologia Integrativa da Universidade de Liverpool, chegou a explicar a impossibilidade presente na fotografia: "É impossível que uma ratazana marrom seja tão grande ou que um ser humano seja capaz de segurar um animal de 11 quilos com uma pequena pinça". Com isso, foi possível a conclusão da desconfiança como um simples truque fotográfico.

Outros exemplos de perspectiva forçada que podem simular um tamanho maior / Crédito: Divulgação

 

Simples truque de imagem

Dispondo um rato grande — porém bem menor do que o atribuído — em direção a lente do aparelho fotográfico, o eletricista conseguiu produzir uma ilusão de ótica que dá a impressão de que o roedor possui um comprimento e peso muito maiores do que qualquer outro da espécie, manipulando sem auxílio de ferramentas de edição.

Essa técnica é chamada no ramo da fotografia de “perspectiva forçada”, ou seja, quando é possível produzir uma outra proporção que distorce o tamanho original de algo. Um exemplo bastante comum são turistas que se apoiam em prédios ou agarram construções com o advento das fotografias.

Os eletricistas que enganaram a imprensa não apenas deixaram de falar sobre o assunto, como não apresentaram provas ou indicaram onde os restos mortais dos roedores ficavam. O episódio, porém, possibilitou uma foto bastante engraçada.


++Saiba mais sobre o reino animal por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Ocean: A Visual Encyclopedia, de DK Publishing (2015) - https://amzn.to/31L941I

Animals: A Visual Encyclopedia, de DK Publishing (2012) - https://amzn.to/33TNk6r

Life Lessons from the Heart of Horses: How Horses Teach Us About Relationships and Healing, de Kathy Pike (2021) - https://amzn.to/31JdYMA

Animal Kingdom: A Collection of Portraits, de Randal Ford (2018) - https://amzn.to/33QdKWN

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W