Matérias » Curiosidades

Enganou o Brasil: A saga da Grávida de Taubaté

Nove anos depois de comover o Brasil, a Internet ainda não esqueceu da mulher que fingiu esperar quadrigêmeas

Larissa Lopes, com supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 28/02/2021, às 09h00

Grávida de Taubaté virou meme graças ao caso de 2012
Grávida de Taubaté virou meme graças ao caso de 2012 - Arquivo Pessoal/Maria Verônica

“O brasileiro precisa ser estudado” é uma das frases favoritas dos internautas, especialmente quando algo viraliza. Isso porque desde que a tendência dos memes surgiu com força no Brasil, muitas situações cotidianas acabam fazendo um sucesso estrondoso e sendo objeto de piada.

Mas existe um meme que é quase um patrimônio histórico: a Grávida de Taubaté. Ninguém imaginava que a cidade do interior do estado de São Paulo, terra natal de Monteiro Lobato e Hebe Camargo, fosse dar origem a uma história pra lá de cômica.

Em janeiro de 2012, a pedagoga Maria Verônica Aparecida — até então desconhecida — surgiu em rede nacional mostrando sua gravidez ao lado do marido Kléber Eduardo Melo. Só que não era uma gravidez qualquer, tratava-se da espera de quadrigêmeas: Maria Klara, Maria Eduarda, Maria Fernanda e Maria Vitória.

Maria Verônica não demonstrava cansaço, mesmo com a barriga / Crédito: Divulgação/Youtube

 

Como morava em Taubaté, logo ficou conhecida como a “grávida de Taubaté” e, inclusive, chegou a aparecer por diversas vezes em programas da Record, desde o noticiário até o de entretenimento 'Hoje em Dia'. A reportagem, inclusive, acompanhou a rotina da mulher, que demonstrava grande esforço para subir escadas e andar na rua.

A 'gestação'

Como repercutido pelo G1, em matéria de 2014, Maria Verônica anunciou, inicialmente, que estava grávida de gêmeos. Mas, depois, descobriu que eram quatro meninas.

A família do casal teria comemorado a chegada das novas integrantes, ao mesmo tempo em que o país inteiro se comovia com a história. A reportagem também explica que muitas pessoas começaram a fazer doações para ajudar a nova mãe do pedaço.

A barriga falsa era extremamente grande / Crédito: Divulgação/Youtube

 

Fraldas, roupas, enxoval e até brinquedos foram presentes para as quatro ‘Marias’. Inclusive, uma cor foi escolhida para cada bebê que, segundo a 'mãe', era para evitar confusões. Contudo, a história teve uma reviravolta quando um médico — que atendeu Maria Verônica no segundo semestre de 2011 — afirmou que ela não estava grávida. A polícia decidiu intervir. 

Iniciou-se, então, uma investigação para solucionar o caso: ela estava ou não grávida?. Na época, quando questionada, Verônica dizia que o parto estava previsto para a segunda quinzena de janeiro daquele ano.

Sua barriga quase nunca era tocada por repórteres, apresentadores ou qualquer outra pessoa que a abordasse. O ventre que supostamente carregava as quatro meninas era praticamente intocável.

A farsa foi finalmente assumida na madrugada do dia 20 de janeiro de 2012. Quando o mistério foi revelado, o advogado da 'gestante de Taubaté' disse que o tempo todo ela estava usando “uma barriga de silicone” e também enchimentos. 

Processo

Segundo informações do G1, uma audiência na Justiça, em 2012, definiu que Maria Verônica e Kléber Melo teriam que cumprir um acordo com diversas exigências, em decorrência do processo de estelionato que fora aberto.

Já em 2014, o juiz Érico Di Prospero Gentil Leite, da 3ª Vara Criminal de Taubaté, decidiu oficialmente o destino do casal. Como eles haviam cumprido as exigências do acordo naquele período de dois anos, o processo foi extinto.

As informações do acordo não foram reveladas à mídia, mas sabe-se que o consenso foi proposto pelo Ministério Público e aceito pela Justiça.

Kléber Melo, o marido, toca a barriga de Maria Verônica / Crédito: Divulgação/Youtube

 

“Com o acordo, o processo ficou suspenso durante dois anos mediante algumas condições que foram cumpridas pelos dois. (A extinção da possível punição) é algo que estava sendo aguardado. Os dois cumpriram exatamente o que havia sido determinado e não tinha outra solução a não ser essa decisão”, afirmou Enilson de Castro, advogado do casal, conforme repercutido pelo G1 no ano de 2014.

Depois da repercussão nacional, Verônica e Kléber se mudaram do apartamento em que estavam para uma casa, também em Taubaté. A pedagoga teve que vender a escola infantil em que era dona em função da falta de alunos — consequência da fama negativa que atraiu para si.

Bastidores

A apresentadora Chris Flores, na época apresentadora do Hoje em Dia, contou como revelou a farsa da mulher durante entrevista ao programa do Danilo Gentili em 2017. Flores explicou que muitos duvidavam da história diante do tamanho da barriga — ela até brincou que tinha vontade de chutar. 

“Meu amor, eu já fiquei grávida, eu sei como é uma mulher grávida. Você não está com o nariz inchado, pé inchado. Ela ficou ofendidíssima. Aí eu falei: 'então faz o seguinte, desce só um pouco do vestido aqui para mim'. Aí ela falou 'não, porque minha barriga está horrorosa, toda queimada, toda cheia de estria'. Eu já estava procurando um alfinete… mas eu não poderia falar que ela não estava grávida, porque ela poderia estar grávida de um e com espuma por cima. Aí eu comecei a inventar história na minha cabeça… ‘será que ela engravidou de outro, escondeu do marido?’ Vai saber…”.

Mas se engana quem pensa que o episódio dos bastidores acabou dessa maneira. Foi após esse contato inicial que o clima esquentou, deixando a falsa gestante enfurecida. “Ela começou a me humilhar, falando que ia embora. Tanto que, no início do programa eu não estou, mas depois eu falei ‘tá bom, vamos fazer uma boa ação, ela pode estar precisando’. Ela ganhou tudo para as quatro crianças que estavam na barriga dela e ela não queria devolver depois. Quando ela saiu do ar, eu falei com um repórter que ia acompanhar ela até Taubaté. Eu falei ‘vai pra Taubaté e descubra, porque essa mulher não está grávida e eu quero desmascarar ela’. Dito e feito. No mesmo dia, ele foi no médico e descobriu que aquela ultrassonografia não era dela, ela tinha roubado da internet”, explicou Cris, que hoje engloba o programa Fofocalizando, do SBT.

Quanto ao destino da mulher, bom, no Programa da Maisa, do SBT, exibido em dezembro de 2019, Flores explicou que a grávida de Taubaté continua morando na mesma cidade e estava prestes a viajar para um retiro espiritual na Europa.


+ Saiba mais sobre crimes brasileiros por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

A Vida Do Ives Ota - O Mensageiro Da Paz, de Ota Iolanda Keiko (1999) - https://amzn.to/3cf2qEQ

Suzane: assassina e manipuladora, de Ullisses Campbell (2020) - https://amzn.to/2WFlLso

O pior dos crimes: A história do assassinato de Isabella Nardoni, de Rogério Pagnan (Ebook) - https://amzn.to/2WD1tQj

Indefensável: O goleiro Bruno e a história da morte de Eliza Samudio, de Paula Sarapu e outros (Ebook) - https://amzn.to/2WCFvg5

Os Crimes Mais Cruéis do Brasil: Conheça os casos que mais chocaram o país, de Editora O Curioso (Ebook) - https://amzn.to/2SNqdnI

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W