Matérias » Rússia

Enterrada viva: A história de Natalya Pasternak, a russa que foi ‘raptada’ por um urso

Em 2015, a mulher conseguiu sobreviver ao ataque após ter sido enterrada pelo animal

Penélope Coelho Publicado em 15/10/2020, às 11h51

Fotografia da sobrevivente Natalya Pasternak
Fotografia da sobrevivente Natalya Pasternak - Divulgação / Natalya Pasternak

Em 11 de maio de 2015, a russa Natalya Pasternak, na época com 55 anos, saiu para colher seiva de bétula com sua amiga e seu cachorro, em uma floresta próxima à cidade de Tynda, na Rússia.

Aquele já era um local conhecido pela mulher que visitava a região há anos, sem nenhum perigo. Contudo, o fatídico dia mudou para sempre sua história, em uma dolorosa luta para sobreviver depois de ter sido atacada e enterrada viva por um urso.

O ataque

Em entrevista ao jornal The Siberian Times, Natalya deu detalhes do incidente na época. Conforme explicou, tinha acabado de telefonar para sua filha e que estava se preparando para voltar pra casa quando percebeu a presença do animal selvagem.

A mulher afirmou que seu primeiro instinto foi correr, no entanto, decidiu voltar para ajudar sua amiga, que sofria de problemas auditivos e não tinha entendido a gravidade da situação.

Fotografia de Natalya Pasternak no hospital / Crédito: Divulgação / Natalya Pasternak

 

“Em seguida, meu cachorro começou a vir em minha direção, talvez porque eu estava gritando, e o urso veio também [...] O urso começou a se lançar sobre mim, mordendo minhas pernas", contou Pasternak.

Na hora do ataque, a única sensação que a vítima tinha em mente era de que esse seria o seu fim. Ela tentou com todas as suas forças lutar contra o animal, mas, não obteve sucesso. Sua amiga tentou ajudá-la atacando o urso, porém, ele não largava Natalya. Logo em seguida, a mulher foi arrastada pelo animal para dentro da floresta.

Guardada como alimento

Após levar sua vítima para longe, o animal começou a enterrar a russa, a fim de guardar seu corpo para se alimentar dele depois. “[O urso] começou a me cobrir com lama, galhos e folhas. Eu fui seu almoço e estava pensando: 'Ele vai chamar seus companheiros ursos para virem me comer?'”, revelou Pasternak ao The Siberian Times.

Com muita dor e repleta de ferimentos graves, a mulher não teve forças para se desenterrar sozinha. Por um curto período de tempo ela pensou que o animal havia desistido dela, já que ele havia sumido.

Contudo, logo o seu pior pesadelo se concretizou com a volta do animal. “Ele voltou e agora estava lambendo o sangue do meu pescoço e roendo minhas pernas. Tentei cobri-las, mas, o urso mordeu meu braço. A dor era terrível”, relatou.

Uma esperança ressurgiu em Natalya após ouvir barulhos de tiro, os disparos vinham do protetor da fauna da região, Sergei Ivanov. O homem se aproximou e atirou no animal. “Olhei e vi uma mulher quase completamente enterrada. Apenas o rosto ensanguentado e um braço estavam do lado de fora, mas, ela estava viva e respirando. Ela estava consciente”, disse Ivanov em entrevista para uma emissora de televisão de Tynda.

O animal capturado / Crédito: Divulgação / Tynda TV

 

A vítima foi imediatamente encaminhada para o hospital mais próximo, repleta de mordidas e arranhões. A amiga de Natalya por sua vez, conseguiu correr para buscar ajuda e apresentou alguns machucados em suas costas.

Já a recuperação da mulher 'raptada' pelo urso, foi extremamente longa e muito dolorosa, com marcas que ficarão com ela para sempre. O laudo médico revelou que a russa teve a orelha danificada; seu couro cabeludo e pescoço ferido, além de machucados na virilha; lacerações no braço e nas pernas. 

Pasternak ainda foi submetida a uma cirurgia de transplante pele em suas panturrilhas, quadril e cabeça. Contudo, apesar do sofrimento, o que verdadeiramente parece importar para ela é sua vida. “Eu estou viva e isso é o mais importante. Não tenho palavras suficientes para descrever o quanto sou grato aos médicos e caçadores”, contou Natalya na época de sua recuperação.


+Saiba mais sobre o reino animal por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Ocean: A Visual Encyclopedia, de DK Publishing (2015) - https://amzn.to/31L941I

Animals: A Visual Encyclopedia, de DK Publishing (2012) - https://amzn.to/33TNk6r

Life Lessons from the Heart of Horses: How Horses Teach Us About Relationships and Healing, de Kathy Pike (2021) - https://amzn.to/31JdYMA

Animal Kingdom: A Collection of Portraits, de Randal Ford (2018) - https://amzn.to/33QdKWN

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W