Matérias » Entretenimento

“Eu sou o rei do mundo!”: Cena curiosa de Titanic foi improvisada

Mesmo marcando a cultura pop, a cena com DiCaprio na proa do navio não foi planejada e desagradou o ator

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 10/10/2021, às 10h00

Cena de Titanic (1997)
Cena de Titanic (1997) - Divulgação / 20th Century Studios

24 anos depois do lançamento do icônico e clássico filme que reproduz o desastre do navio Titanic, ainda existem curiosidades sobre sua produção sendo reveladas.

Indo do processo de casting dos dois atores principais da obra a histórias sobre os bastidores de cenas que se tornaram exemplos de romance na cultura pop, Titanic, de 1997, ainda esconde muitos de seus detalhes.

A história de uma cena lendária

Leonardo DiCaprio e Danny Nucci / 20th Century Studios

 

No programa de rádio da emissora BBC 1, Movies That Made Me, em 2019, o diretor do longa-metragem, James Cameron, revelou a verdade por trás de uma das cenas mais marcantes de Titanic. Segundo ele, Leonardo DiCaprio, intérprete de Jack Dawson, não gostou da ideia que resultou em “Eu sou o rei do mundo!”, que não havia sido planejada.

Como uma ideia de última hora, Cameron solicitou que o ator falasse a frase, enquanto se apoiava na borda de uma grua, contudo, DiCaprio não gostou da ideia.

Tendo que gravar a cena rapidamente, antes que o sol sumisse, o artista não demonstrando entusiasmo com o cenário, segundo relatado pelo diretor.

“Só diga ‘Eu sou o rei do mundo!’, só estique seus braços e celebre o momento” foi o que James Cameron disse para Leonardo DiCaprio em relação às instruções para aquela cena, o que foi respondido com muitos “O quê?” através de um walkie-talkie pelo qual os dois se comunicavam ao gravar. 

Junto com DiCaprio se encontrava Danny Nucci, que atuou como Fabrizio, melhor amigo de Jack em Titanic. Os dois estavam cansados diante do dia inteiro de filmagens - além de realmente terem de correr para conseguirem a gravação do pôr do sol perfeito.

DiCaprio e Titanic: um relacionamento conturbado

Leonardo DiCaprio e Kate Winslet / 20th Century Studios

 

Vale lembrar que o ator, na verdade, não foi o primeiro a ser selecionado para o papel de Jack Dawson e nem tinha certeza se realmente queria fazer parte de Titanic. 

Anteriormente a DiCaprio, o papel estava quase nas mãos de Matthew McConaughey, com quem Kate Winslet até fez uma audição, como relembrou a atriz em 2017, ao entrevistador Stephen Colbert

Além disso, a estrela falou sobre a sua experiência nas audições e depois com a recepção da obra: “Nunca disse isso em público antes. Eu fiz um teste com Matthew, o que foi completamente fantástico. Não teria sido toda essa coisa de ‘Jack e Rose, Kate e Leo’”.

A seleção foi feita a mão pelo diretor James Cameron, que escolheu o ator por seu visual juvenil, que realmente parecia ter vinte anos, idade do personagem.

Mesmo depois de ter sido escolhido para participar do que viria a ser um dos maiores filmes da humanidade, Leonardo DiCaprio não tinha certeza sobre ser o intérprete para o protagonista do longa-metragem.

O momento em que DiCaprio fez a última decisão também é uma curiosidade interessante: foi ao lado de Claire Danes - sua metade no par romântico do filme Romeu + Julieta de 1996 -, que recusou o papel de Rose.

Segundo a artista, durante papo no podcast Armchair Expert de Dax Shepard em 2020, o ator escolheu fazer parte de Titanic depois de pensar muito.