Black Friday Amazon 2021
Matérias » Rússia

Experimento russo do sono: A lenda urbana que há anos circula na internet

Lenda urbana conta a narrativa de um grupo de prisioneiros submetido a um experimento cruel na URSS

Redação Publicado em 20/11/2021, às 10h00

Josef Stalin
Josef Stalin - Domínio público / Desconhecido

Há vários anos, circula pela internet uma lenda sobre um suposto experimento do sono que teria sido promovido pelos russos ao final da década de 1940, quando a Segunda Guerra Mundial já havia chegado ao fim.

Diz a narrativa que cinco prisioneiros de um gulag sofreram verdadeiras atrocidades nas mãos de um grupo de pesquisadores. Estes teriam prometido às cobaias humanas a possibilidade de obter liberdade caso sobrevivessem a 30 dias em uma câmara de gás psicotrópico, que os impediria de dormir ao longo de todo o período. 

A lenda

Segundo o site Russia Beyond, repercutindo a narrativa, no quinto dia a situação acabou saindo de controle, com os participantes bloqueando o canal de observação e surtando dentro da câmara. Desesperados, eles gritavam e gemiam, implorando para serem retirados daquele local, mas nada era feito.

Prisioneiros de um Gulag trabalhando na construção do Canal do Mar Branco / Crédito: Domínio público / Desconhecido

 

Depois de alguns dias, percebendo o silêncio, o grupo de cientistas decidiu interromper a liberação da substância entrar no local. Havia sangue por toda parte e os prisioneiros, enlouquecidos com o horror ao qual foram submetidos, haviam arrancado a pele de seus corpos. 

Porém, mesmo com todo o sofrimento que haviam passado, aqueles homens imploravam para que o gás fosse religado, já que eles “deviam ficar acordados”.

Soldados que acompanhavam os pesquisadores teriam tentado conter as cobaias, mas elas tinham uma força fora do comum e acabaram matando alguns deles.

Após certo tempo, os cinco prisioneiros se acalmaram. Um deles, foi instruído a dormir e acabou vindo a óbito ao fechar os olhos, enquanto os demais teriam morrido enquanto tentavam fugir.

Prisioneiro alemão junto a soldado russo / Crédito: Wikimedia Commons / Bundesarchiv

 

Quando restava somente um participante, um dos pesquisadores se voltou para ele e questionou gritando: “O que é você?!”.

Coberto de sangue e com um bizarro sorriso no rosto, o corpo respondeu: “Somos você. Somos a loucura que se esconde dentro de todos vocês, implorando para ser libertada a qualquer momento de sua mente animal mais profunda. Nós somos o que você esconde em suas camas todas as noites. Nós somos o que você esconde em silêncio e paralisia quando vai para o refúgio noturno onde nós não podemos pisar."

Ao final da fala, o cientista, aterrorizado com o que vira e ouvira, deu um tiro na cabeça do homen , que morreu imediatamente.

Josef Stalin na década de 1920 / Crédito: Wikimedia Commons / Desconhecido

 

Lenda urbana

A história não passa de uma lenda urbana que foi criada em um fórum on-line que desafiava os usuários a escreverem a narrativa mais assustadora. Mais tarde tornou-se popular ao ser publicada pelo site CreepyPasta.

Mesmo após mais de dez anos de sua criação, a lenda ainda permanece popular entre os fãs de histórias do gênero, com diversas publicações com títulos como “o Experimento Russo do Sono aconteceu de verdade”.

Segundo o jornalista Gavin Fernando, o "Experimento Russo de Privação do Sono" é a "história mais viral do Creepypasta na internet, com um total de 64.030 compartilhamentos”.