Matérias » Crimes

Farsa de 32 anos: a múmia de Sogen Kato, o homem mais velho de Tóquio

Famoso por sua idade avançada, isso mudou quando as autoridades foram até sua casa e se depararam com uma cena bizarra

Penélope Coelho Publicado em 11/04/2020, às 08h00

Imagem ilustrativa de um corpo mumificado
Imagem ilustrativa de um corpo mumificado - Divulgação

Sogen Kato nasceu em 22 de julho de 1899, ele era considerado uma das cinco pessoas mais velhas do Japão. O homem estava prestes a bater os recordes por longevidade no país, em 2010 quando, supostamente, completaria 111 anos. No Japão, a veneração por idosos é comum, por isso, as autoridades acharam que era a hora de fazer uma visita para aquele que era conhecido como o homem mais velho de Tóquio.

Eles já haviam tentado falar o homem anteriormente, entretanto, sua família teria inventado diversas desculpas para que isso não acontecesse. Eles diziam, por exemplo, que o senhor Kato não queria ver ninguém. Dessa vez, os policiais insistiram — já que queriam parabenizá-lo pelo seu aniversário. 

Em julho de 2010, as autoridades conseguiram entrar em sua casa localizada em Adachi, Tóquio. A filha do senhor Kato os impediu de entrar e foi uma verdadeira batalha para que eles conseguissem. Um tempo depois, quando eles finalmente puderam adentrar o local, descobriram a mentira que a família do homem tentou esconder por tanto tempo.

Município de Adachi, Tóquio, onde o corpo de Kato foi encontrado / Crédito: Wikimedia Commons

 

A verdade

Seu Kato estava morto, as autoridades descobriram seus restos mortais em sua cama, usando pijama e coberto por uma manta. As análises posteriores dos legistas concluíram que o homem provavelmente já havia morrido há 30 anos, em novembro de 1978, aos 79 anos de idade. Mas, a autópsia não conseguiu identificar a causa da morte. Até então, todos acreditavam que o idoso morava com sua filha de 81 anos, o genro de 83 anos e os netos, de 49 e 53 anos.

No dia seguinte à visita, a neta de Kato disse para um conhecido que seu avô havia se trancado em seu quarto no primeiro andar da casa, há 32 anos, e que eles não podiam abrir a porta. “Minha mãe disse: 'deixe ele lá”, contou a mulher.

Uma ilustração de onde o corpo mumificado de Kato foi descoberto / Crédito: Wikimedia Commons

 

A farsa foi sustentada por tanto tempo pela família de Kato por um motivo: o dinheiro. Durante esse período, eles recebiam uma pensão alimentícia num valor considerável em nome de Kato. Além de mais um valor que era depositado para ele, depois da morte de sua esposa.

Em novembro de 2010, o Tribunal de Tóquio condenou a mãe e a neta do senhor Kato por cometeram um crime malicioso com motivo egoísta. A neta de 53 anos, Tokimi Kato, teve a sentença de dois anos de reclusão e elas tiveram que devolver todo o dinheiro da pensão.

Idosos Japoneses

O Japão tem uma grande população mais velha, depois da descoberta da múmia de Sogen Kato, as autoridades locais perceberam que eles tinham um sistema muito fraco e registros ruins. Depois desse caso, eles resolveram investigar outros idosos que também estavam nessa lista, e descobriram mais algumas mentiras bizarras.

Durante uma investigação nacional foi descoberto que a polícia não sabia se as mais de 234 mil pessoas que estavam na lista de idosos com mais de 100 anos, ainda estavam vivas. Se estivessem, mais de 77 mil delas teriam mais de 120 anos, o que a polícia estranhou. Depois do senhor Kato, os registros são feitos de maneira mais cautelosa.


+Saiba mais sobre o assunto por meio das obras disponíveis na Amazon:

História do Japão, por Kenneth Henshall (2008) - https://amzn.to/2xea3Ms

Hiroshima e Nagasaki: 32 Curiosidades Sobre o Maior Bombardeio Atômico da História, de Editora Mundo dos Curiosos (ebook) - https://amzn.to/2Uwxs5i

História secreta da rendição japonesa de 1945: Fim de um império milenar, de Lester Brooks (2019) - https://amzn.to/2NYoWYq

História concisa do Japão, de Brett L. Walker (2017) - https://amzn.to/2RMhosT

Descobrindo a arqueologia: o que os mortos podem nos contar sobre a vida?, Alecsandra Fernandes (2014) - https://amzn.to/3b378FC

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7