Matérias » Curiosidades

A filha que recebeu uma mensagem enviada pelo pai em uma garrafa 30 anos depois

O homem, já falecido, lançou o frasco no oceano há décadas com uma nota cômica destinada a sua esposa

Isabela Barreiros Publicado em 06/10/2020, às 16h42

A mensagem encontrada em uma garrafa antiga
A mensagem encontrada em uma garrafa antiga - Divulgação/BBC

Mensagens em garrafas jogadas ao mar são itens presentes na maioria dos filmes que retratam naufrágios ou até mesmo o abandono de uma ou mais pessoas em uma ilha afastada. Encontrar e ler esses textos poderia significar salvar a vida de alguém que estava perdido, principalmente em águas distantes.

Isso, porém, já aconteceu na vida real, embora pareça fictício encontrar esse pequeno recipiente, que pode percorrer oceanos enormes e jamais ser descoberto novamente. As coincidências acontecem no mundo da realidade, e, em 2011, um caso extraordinário desse tipo ocorreu nos Estados Unidos, trazendo lembranças de um pai já falecido para uma filha. 

A mensagem na garrafa

Como encontrar garrafas que contém mensagens no oceano é uma situação comum na nossa imaginação, e, algumas vezes, na realidade, existem pessoas que tentam encontrá-las como uma espécie de hobbie bem peculiar e raro. Esse é o caso do professor de inglês do estado de Kentucky, Clint Buffington.

Em 2011, ele foi responsável por descobrir um artefato desse tipo, a aproximadamente 3.200 km no sul de do estado norte-americano de Nem Hampshire, no arquipélago das ilhas de Turks e Caicos. No entanto, a ideia do docente não era apenas fazer as descobertas simplesmente: ele também tinha como principal intuito encontrar os remetentes ou até mesmo os destinatários das notas escritas.

E o recipiente da mensagem, uma garrafa de Coca-Cola muito antiga, que ele havia achado naquele ano era excepcionalmente especial. Nela, estava escrito: "Devolver ao [endereço] Ocean Boulevard, 419 e receber uma recompensa de US$ 150 de Tina, dona do Beachcomer". 

O papel amarelado deixava claro onde estaria a pessoa responsável por aquilo. Naquela época, um jornalista do Seacoast Online, o jornal local da região, entrou em contato com a mulher que atualmente vive e comanda o hotel Beachcomber, descrito na nota perdida, Paula Pierce. A história, por mais incomum que possa parecer, tinha ainda um tom cômico. 

A história

A garrafa que continha a mensagem / Crédito: Divulgação/BBC

 

A Tina da qual a mensagem falava com tanta certeza era a mãe de Paula. Ela herdou o hotel, localizado na cidade costeira de Hampton Beach, no estado de New Hampshire, nos Estados Unidos, de seus pais, que já são falecidos.

Segundo a própria Paula, quem escreveu o recado foi seu pai, Paul, provavelmente em algum momento entre as décadas de 1960 e 1980, para fazer uma piada com sua esposa, Tina, mãe da jovem. Ele usou a grafia errada do nome do hotel e ainda afirmou que deveriam procurar a mulher para conseguir uma recompensa, que, no final, não foi dada a ninguém.

"Foi como entrar em contato com o passado. [A mensagem] pulou da página na minha cara e parecia a letra do meu pai", afirmou Paula em uma entrevista realizada na época para a CBS, rede televisiva estadunidense. 

A nota escrita por seu pai há pelo menos 30 anos causou um enorme choque na filha — e também muita saudade. Seus pais são ambos falecidos, sua mãe tendo morrido na década de 1980, pouco tempo depois da garrafa ser lançada ao mar. Isso fez com que ela pensasse também não se tratar de uma coincidência.

"Me deu arrepios, eu comecei a chorar [quando soube da mensagem]. Sinto como se eles estivessem me mandando uma mensagem mesmo", disse Paula. Em entrevista também à televisão, o professor responsável pela importante descoberta, Clint Buffington, declarou: "uma mensagem do passado como esta tem uma importância especial e estou feliz de fazer parte disso".

É possível afirmar, portanto, que essas histórias de fato acontecem na vida real. Nesse caso especificamente, descobrir uma mensagem dentro de uma antiga garrafa ainda causou uma grande alegria na vida de uma filha, que sente falta de seu falecido pai. Por mais incomum que possa parecer, o responsável pelo achado conseguiu unir quem enviou e quem deveria receber a nota.


+Saiba mais sobre temas relacionados por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

Naufrágios, de Akira Yoshimura (2003) - https://amzn.to/2VNBpkZ

O Naufrágio do Goilden Mary, de Charles Dickens (2016) - https://amzn.to/2XXFXry

Livro dos Naufrágios: Ensaio Sobre a História Trágico-Marítima, de Angélica Madeira (2005) - https://amzn.to/2VuOTTR

Três destinos, de Nora Roberts (2019) - https://amzn.to/2XTfECZ

Todo naufrágio é também um lugar de chegada, de Marco Severo (2019) - https://amzn.to/2KmQMvv

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W