Matérias » Crimes

Flordelis: Entenda o caso que escandalizou o país nos últimos dias

Em 2019, uma história cheia de traições, envenenamentos e incestos culminou no impiedoso homicídio de Anderson do Carmo

Pamela Malva Publicado em 29/08/2020, às 08h00

Fotografia de Floredelis e Anderson
Fotografia de Floredelis e Anderson - Divulgação/Youtube

Um ano e dois meses de puro silêncio até que o nome do pastor Anderson do Carmo voltar às manchetes. No dia 16 de junho de 2019, mais de 30 tiros foram disparados contra o homem em um caso que chocou o país.

Meses mais tarde, a Operação Lucas 12, em referência ao capítulo bíblico de mesmo nome, desmascarou outros integrantes do assassinato. No total, onze familiares e amigos do pastor foram indiciados pelo Ministério Público do Rio de Janeiro.

Entre os acusados, o nome mais surpreendente é o de Flordelis dos Santos de Souza, a esposa da vítima. Além dela, mais cinco dos 55 filhos do casal foram indiciados e presos pela Polícia Civil do Rio de Janeiro, no dia 24 de agosto de 2020.

Fotografia de Fordelis / Crédito: Wikimedia Commons

 

O buraco é mais embaixo

Após meses de investigação, as autoridades cariocas perceberam que o Caso Anderson do Carmo era muito mais amplo do que imaginavam. Além do homicídio, a família do pastor ainda teria outros segredos para esconder.

Matriarca de uma família reconhecida por seus valores, Flordelis é pastora, cantora e deputada federal do Rio de Janeiro pelo PSD desde 2019. Na sociedade carioca, ela é famosa pelo grande número de filhos — sendo quatro biológicos e 51 adotados.

Dentro de sua casa, no entanto, a vida era um pouco diferente do que Flordelis mostrava nas redes sociais. Segundo as investigações, a família está cercada por traições, tentativas de assassinato e incesto. Para o delegado Allan Duarte, responsável pelo caso, inclusive, eles são uma grande “organização criminosa”.

A enorme família de Flordelis / Crédito: Divulgação

 

Família criminosa

O castelo de cartas da deputada começou a cair logo depois do assassinato de Anderson, quando dois filhos do casal foram indiciados pelo crime. O ex-PM Marcos Siqueira Costa também foi preso por uma suposta participação no homicídio.

Nesse sentido, as investigações mostraram que Lucas César dos Santos, filho adotivo da mulher, teria sido o responsável por comprar a arma do crime, enquanto seu irmão, Flávio dos Santos Rodrigues, teria sido o executor dos 30 tiros que mataram Anderson.

Agora, em agosto de 2020, mais cinco filhos de Flordelis e uma neta da pastora foram presos pela Operação Lucas 12. Entre as acusações estão homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio e associação criminosa majorada.

Fotografia do pastor Anderson do Carmo / Crédito: Divulgação/Youtube

 

Venenos e traições

Também ficou claro, durante as recentes investigações, que a casa da enorme família guardava mistérios insólitos. Um deles, o mais chocante, diz respeito à supostas relações incestuosas entre os integrantes do grupo.

Filha biológica de Flordelis com seu primeiro marido, Simone dos Santos Rodrigues teria namorado Anderson do Carmo quando os dois eram adolescentes. Mais tarde, quando ele virou seu padrasto, ela teria tentado envenená-lo por diversas vezes. A própria Flordelis já teria sido mãe adotiva de Anderson, antes de se casar com ele.

Quanto aos envenenamentos, a investigação sugere que diversas substâncias foram usadas conta o pastor. Nesse sentido, tanto Simone e Flordelis, quanto Marzy, uma filha adotiva do casal, tentaram intoxicar Anderson por pelo menos seis vezes desde 2018.

Foto de Floredelis de Anderson tirada três dias antes do assassinato / Crédito: Divulgação

 

Um crime planejado

Atualmente, o inquérito aponta Flordelis como a mandante do homicídio. Mesmo assim, ela ainda não foi presa, já que conta com imunidade parlamentar. Segundo Gilberto Kassab, presidente do PSD, no entanto, a deputada será desfiliada do partido.

O caso contra a pastora se baseia em diversas demonstrações de raiva que ela fez contra o marido. Em mensagens encontradas pela polícia, Flordelis chegou a pedir ajuda para um dos filhos. “André, pelo amor de Deus, vamos pôr um fim nisso. Até quando vamos ter que suportar esse traste no nosso meio?”, ela escreveu.

Agora, graças a Operação Lucas 12, os 11 acusados — que incluem a esposa do ex-PM preso pelo assassinato — devem responder pelo homicídio triplamente qualificado. No caso da deputada, a Polícia Civil espera pela autorização da Câmara para que possam emitir o mandado de prisão contra Flordelis.


+ Saiba mais sobre crimes por meio das obras disponíveis na Amazon:

A Anatomia da Violência: As Raízes Biológicas da Criminalidade, Adrian Raine (2015) - https://amzn.to/2X8dLlC 

Famigerado!: a História de Luz Vermelha, o Bandido que Aterrorizou São Paulo nos Anos de 1960, Gonçalo Junior, 2019 - https://amzn.to/2JLfeGQ

Arquivos Serial Killers. Made in Brazil e Louco ou Cruel, de Ilana Casoy (2017) - https://amzn.to/2IUCmST

Casos de Família: Arquivos Richthofen e Arquivos Nardoni: Abra os arquivos policiais, de Ilana Casoy - https://amzn.to/2ppHCXA

O pior dos crimes: A história do assassinato de Isabella Nardoni, de Rogério Pagnan (2018) - https://amzn.to/35CT56O

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W