Matérias » Brasil

No dia da Consciência Negra, Fundação Palmares ignora município onde viveu Zumbi

A instituição, que costumava promover eventos culturais , decidiu mudar sua postura este ano

Redação Publicado em 20/11/2021, às 12h16

Acesso à Serra da Barriga
Acesso à Serra da Barriga - Divulgação / Iphan

A Serra da Barriga, localizada em União dos Palmares (AL), é um importantíssimo local histórico, já que foi lá que se estabeleceu o Quilombos dos Palmares, onde viveu Zumbi. Porém, neste dia 20 de novembro, data em que é celebrada a Consciência Negra, o município não conta com qualquer apoio da instituição que costumava promover eventos no local: a Fundação Cultural Palmares.

Conforme afirmou a secretária de Cultura de União dos Palmares, Elizabete de Oliveira Silva, a única realização da instituição foi manter aberto um parque que está sob sua administração.

Quando era o mês da Consciência Negra, a fundação sempre trazia atrações e ajudava o município com ações e grupos culturais. Neste ano não foi dado nada, apenas o parque vai estar aberto", declarou 

De acordo com informações do UOL, o parque que recebe visitas de pessoas do mundo todo foi inaugurado no ano de 2007, na região do alto da Serra da Barriga e tem como objetivo recriar o histórico local da República dos Palmares, onde viveram negros refugiados, além de indígenas e brancos.

Apesar da falta de apoio da fundação, o Estado e a prefeitura local, juntamente ao movimento negro, realizaram uma grande programação para celebrar a data."É lamentável e é um descaso com a Serra da Barriga e com a história do 20 de novembro, com o Dia da Consciência Negra".

"Como conhecemos o gestor que está na Palmares [Sergio Camargo], não é uma surpresa para o movimento negro. É mais uma demonstração de que ele não se preocupa com aquilo que é função da autarquia", disse a jornalista Valdice Gomes, que coordena o projeto "Vamos Subir a Serra".