Matérias » Bizarro

Há 240 anos, uma misteriosa escuridão trocava o dia pela noite na Nova Inglaterra

Em plena Guerra de Independência, o céu curiosamente se escureceu, criando as mais bizarras expectativas do fim do mundo

André Nogueira Publicado em 19/05/2020, às 09h45

Dia Sombrio
Dia Sombrio - Wikimedia Commons

Em meio à guerras revolucionárias pela independência dos EUA (1775-1783), os estados da Nova Inglaterra (noroeste do atual país, incluindo Maine, Vermont, Nova Hampshire, Massachusetts, Connecticut e Rhode Island) presenciou um fenômeno assustador: o escurecimento do céu em pleno dia. O evento, também visível no sudeste do Canadá, durou quase um dia e levou a um grande temor social.

Segundo relatos da época, naquele 19 de maio de 1780, velas foram necessárias para enxergar em pleno meio dia. A escuridão, que tomou do Maine à Nova Jersey, ficou conhecida como Dia Sombrio, que teria durado até o meio daquela noite.

O primeiro relato que notou esse escurecimento bizarro ocorreu em Nova York, onde faltou iluminação natural desde o nascer do Sol. Em Massachusetts, é relatado o fenômeno desde às 10 horas da manhã, mas em geral, o pico da escuridão foi notado ao meio dia, quando realmente parecia tratar-se de plena noite. Em algumas cidades, o auge durou até às 17h30.

Mesmo que, por exemplo, em Harvard, fosse notada uma dissipação do evento a partir das 13h, o dia permaneceu densamente nublado e com má iluminação até que o tempo passasse. Como consequência, o ambiente em geral passou por anormalidades, como ocorre em casos de eclipse: pássaros confusos revoaram, galos cantaram no meio do dia e sapos ficaram na ativa muito mais cedo que o usual.

Em vermelho, a Nova Inglaterra / Crédito: Wikimedia Commons

 

Reação popular

Em meio àquela sociedade puritana altamente religiosa, o escurecimento do céu causou grande alvoroço, criando interpretações das mais diversas. Um membro da casa legislativa de Connecticut, Abraham Davenport, passou a defender que aquele se tratava do anúncio do fim dos tempos: o arrebatamento do Juízo Final.

A hipótese do Dia do Julgamento se tornou a mais famosa da Nova Inglaterra, sendo inclusive comemorada e altamente disseminada naquele episódio. Ao mesmo tempo, focos de histeria coletiva se formaram no desespero de não compreender os eventos que se seguiam. Não dá para esquecer que o local era o foco da guerra que era travada entre o movimento independentista e os colonizadores britânicos.

No campo religioso, essa questão foi plenamente discutida, inclusive após o ocorrido. Entre os adventistas, por exemplo, foi questionado se aquele era o anúncio do retorno de Cristo, que ocorreria em breve, sendo que os mais conservadores tinham a forte crença de que a escuridão era uma profecia bíblica pré-arrebatamento.

Dúvidas eternas

Em geral, o Dia Sombrio gerou mais dúvidas que conclusões na Nova Inglaterra, e por muito tempo não se soube ao certo o que ocorrera nos EUA naquele ano. Alguns especulavam se tratar de um revés de guerra do Reino Unido, ou mesmo uma punição divina ao evento de insubordinação dos colonos. Porém, mais tarde, interpretações seriam realizadas.

Gravura do dia virando noite / Crédito: Divulgação

 

Estudos  contemporâneos de dendrocronologia revelam que aquele ano foi marcado por grandes incêndios florestais que podem estar na raiz da explicação do evento. Um provável motivo para o escurecimento do céu seria uma associação entre a fumaça das queimadas na atmosfera e um bloqueio no céu causado por uma névoa espessa com alta concentração de nuvens.

Esses incêndios poderiam ter marcado o mês de maio de 1780, gerando a escuridão sem o conhecimento da população, que não soube reagir ao fenômeno. Essas causas podem ser traçadas em paralelo a, por exemplo, um evento parecido ocorrido em São Paulo em 2019, quando uma condição de alta concentração de nuvens na atmosfera se chocou com inimagináveis quantidades de fuligens dos incêndios clandestinos na Amazônia, gerando escuridão.


+ Saiba mais sobre o tema pelas obras disponíveis na Amazon:

Atmosfera, Tempo e Clima, de Roger Barry e Richard Chorley (2012) - https://amzn.to/3cGAAl8

Tempo e Clima no Brasil (2009) - https://amzn.to/2zbFsAg

Meteorologia e Oceanografia, de Paulo Roberto Valgas Lobo (2019) - https://amzn.to/2LCXrlQ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W