Matérias » Personagem

Há 30 anos morria Luís Carlos Prestes, o Cavaleiro da Esperança

O militante comunista foi uma das figuras políticas mais importantes da esquerda radical brasileira, acreditando nos seus ideais até o fim de sua vida

Isabela Barreiros Publicado em 07/03/2020, às 09h00

O militante Luís Carlos Prestes
O militante Luís Carlos Prestes - Memórias da Ditadura

Porto-alegrense nascido em 1898, Luís Carlos Prestes foi um ícone da esquerda radical brasileira. Filho mais velho de um pai militar que tivera papel de destaque na proclamação da República, ficou órfão aos 10 anos, quando já morava com os pais no Rio de Janeiro. Chegou à patente de capitão do Exército, mas seu envolvimento com a militância comunista fez com que fosse afastado do Exército.

Foi no Rio Grande do Sul, para onde fora transferido já como capitão, que ele participaria de um levante armado em solidariedade a tenentes rebeldes paulistas, que após o fracasso de um levante em 1924, estavam cercados no oeste do Paraná. Mesmo com poucos recursos e armas, Prestes organizou um grupo de 1,5 mil homens, a Coluna Prestes.

Crédito: WIkimedia Commons

 

Entre 1925 e 1927, o grupo exigia demandas como o voto secreto nas eleições, obrigatoriedade do ensino secundário e a defesa da educação pública no país. Ligado ao tenentismo, o movimento também reivindicava justiça social no Brasil.

Outra organização importante liderada por Prestes surgiu com o descontentamento causado pela Revolução de 30. Emergindo em pelo menos três capitais brasileiras, a Intentona Comunista tinha como intuito destituir o então presidente Getúlio Vargas, que havia chegado no poder por meio de um golpe de Estado.

Isso acontecia durante um período de crescente instabilidade e polarização, acima de tudo, internacional. De um lado, estava o nazi-fascismo europeu, que crescia, sobretudo, na Alemanha e na Itália, e do outro, pelo socialismo da União Soviética. 

Foi perseguido tanto na ditatura do Estado Novo quanto na militar. Na primeira, perdeu Olga Prestes, sua companheira de longa data, ao nazismo de Hitler, sendo morta nas câmaras de gás da Alemanha. Foi perseguido politicamente, condenado a 30 anos de prisão e exilado na União Soviética. Só pode retornar ao Brasil com a Lei da Anistia, em 1979.

Olga Benário / Crédito: WIkimedia Commons

 

Durante toda sua vida e até ao final dela permaneceu fiel aos seus ideais ligados ao marxismo-leninismo. Não chegou a criar seu próprio partido, mas apoiou candidaturas como a do também gaúcho Leonel Brizola. Continuou ainda a militar por diversas causas, mas como autônomo, sem a filiação a qualquer partido ou organização.

Em 1990, seus problemas de saúde começaram a se agravar. Naquele ano, foi internado em uma clínica na cidade do Rio de Janeiro devido à insuficiência renal e princípio de desidratação. Em março, piorou consideravelmente, ficando novamente no hospital durante vários dias.

Mas não resistiu. Faleceu no dia 7 de março de 1990, na capital fluminense, e em  seu enterro, foi acompanhado por uma multidão que queria prestar suas últimas homenagens ao Cavaleiro da Esperança. Naquele dia, a Justiça Eleitoral concedeu o registro oficial ao Partido Comunista Brasileiro (PCB), pelo qual Prestes lutou tanto.


+Saiba mais sobre Luís Carlos Prestes através de importantes obras

Luís Carlos Prestes, de Daniel Aarão Reis (2014) - https://amzn.to/2q5R9na

Comunistas Brasileiros. Luiz Carlos Prestes e a Política, de Anita Leocádia Prestes (2010) - https://amzn.to/2NrbLOF

Anos Tormentosos, de Luís Carlos Prestes (2002) - https://amzn.to/2q6rpXW

Viver É Tomar Partido, Anita Leocadia Prestes (2019) - https://amzn.to/2qROYE0

Luiz Carlos Prestes: um comunista brasileiro, Anita Leocadia Prestes (2017) - https://amzn.to/32Q2K7K

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.