Matérias » Personagem

Há 50 anos, Jimi Hendrix era encontrando sem vida em Londres

Neste dia, em 1970, o maior guitarrista de todos os tempos era encontrado asfixiado com o próprio vômito

Caio Tortamano Publicado em 18/09/2020, às 00h00

O guitarrista Jimi Hendrix
O guitarrista Jimi Hendrix - Getty Images

Era 17 de setembro de 1970 quando Jimi Hendrix e sua namorada, Monika Dannemann, estavam em uma festa privada na cidade de Londres. Regado a muita droga e bebida, como era costume em seu dia a dia, Jimi decidiu voltar para o hotel onde a namorada estava hospedada.

Não se sabe ao certo o que aconteceu quando chegaram no hotel. A morte de Hendrix, em 18 de setembro, logo nas primeiras horas do dia, é envolta em informações incertas. Monika ligou para a ambulância por volta das 11 horas da manhã, assim que encontrou Jimi sujo com seu próprio vômito sem responder a nenhuma tentativa da namorada em acordá-lo.

Dannemann afirmou que seu namorado havia consumido nove comprimidos, usados por ela para dormir. Misturados com o álcool, resultaram num forte refluxo no rapaz de 27 anos, que se sufocou com o próprio vômito.

Dia anterior

Em interrogatórios a respeito da morte do rapaz, Monika mudou a versão da história algumas vezes, esquecendo e adicionando detalhes. Foi possível concluir que os dois acordaram tarde em 17 de setembro e se dirigiram até um banco.

Uma das últimas fotos de Jimi Hendrix, um dia antes de morrer / Crédito: Wikimedia Commons

 

Durante o dia, discutiram algumas vezes, muito por conta dos ciúmes que Dannemann sentia por toda a atenção que era dada para Hendrix, a qual ele, muitas vezes, retribuía. Pela madrugada, depois de muitas o artista levou a companheira até a festa do amigo e parceiro de negócios, Pete Kameron. Lá, ele usou um tablete de anfetamina. A desgraça estaca feita.

De volta para o hotel, Dannemann passou a única testemunha dos momentos finais do artista. De acordo com ela, eles comeram um sanduíche de atum assim que chegaram. Uma hora depois, Hendrix reclamou de sua insônia, e perguntou se podia tomar um dos barbitúricos que a namorada usava.

Monika Dannemann e Jimi Hendrix / Crédito: Divulgação

 

Ela recusou, mas acabou tomando um por volta das seis da manhã, enquanto o guitarrista estava acordado. Por volta das dez horas, deu uma leve acordada e olhou para o lado da cama. Acreditando que Hendrix estava dormindo, decidiu sair para comprar cigarros. Quando voltou, se deparou com a lenda do rock sem vida.

Clube dos 27

A morte trágica e precoce de Jimi Hendrix o inseriu em um bizarro e seleto grupo de artistas, que tem um triste fato em comum: todos morreram aos 27 anos de idade. Além de Hendrix, Janis Joplin, Kurt Cobain, Jim Morrison, Brian Jones — um dos membros fundadores dos Rolling Stones — e, recentemente, Amy Winehouse, faleceram de maneira trágica com somente 27 anos. O legado desses nomes, entretanto, é eterno.


+ Saiba mais sobre Jimi Hendrix por meio das obras disponíveis na Amazon:

Jimi Hendrix por ele mesmo, de Jimi Hendrix (2014) - https://amzn.to/2GJhQ66

Hendrix: The Illustrated Story, de Gillian G. Gaar (2019) - https://amzn.to/2GIlvkE

Room Full of Mirrors: A Biography of Jimi Hendrix, de Charles R. Cross (2006) - https://amzn.to/2GDKjuf

Jimi Hendrix: As historias por trás de cada canção, de David Stubbs (2014) - https://amzn.to/2Ugnyo2

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W